Home Sobre Mim Resenhas Colunas Contato Parceiros

Resenha: O poder dos quietos para jovens


Título: O poder dos quietos para jovens • Autora: Susan Cain • Editora: Sextante • Páginas: 224 • Ano: 2017

 Não é segredo nenhum que eu gosto bastante do gênero autoajuda e quando vi esse livro fiquei muito animada, pois eu sou uma pessoa introvertida, então imaginei que seria uma leitura interessante para mim e realmente foi.

Resenha: O segredo de Heap House


Título: O segredo de Heap House • Autor: Edward Carey • Editora: Bertrand Brasil • Páginas: 384 • Ano: 2017

 Eu sempre gostei muito do gênero infanto-juvenil e fazia um tempinho que não lia nada desse gênero, então quando vi esse livro fiquei bem animada e para minha felicidade foi uma leitura muito bacana e estranha também, mas no bom sentido.

Hora do dorama: Ahjussi/ The Man From Nowhere


 Oioi, gente! Hoje é dia de indicação de dorama e dessa vez vim indicar um filme de ação muito bacana que conseguiu me conquistar bastante e que diferente da maioria dos doramas que indico, não há nenhum romance envolvido. Vamos lá?

Resenha: Amizade é também amor


Título: Amizade é também amor • Autor: Carpinejar • Editora: Bertrand Brasil • Páginas: 288 • Ano: 2017

 Eu já li alguns livros do Carpinejar e gosto bastante dos contos do autor, por essa razão fiquei animada com esse novo livro dele. No entanto, confesso que não fui conquistada por todos os textos, mas gostei muito da maioria, pois abordam temas bacanas.

Resenha: Dois a dois


 Título: Dois a dois •  Autor: Nicholas Sparks •  Gênero: Romance •  Páginas: 512 •  Editora: Arqueiro

 Eu sempre gostei muito dos livros do Nicholas Sparks, mas chegou um momento em que eu enjoei das histórias dele, pois convenhamos que elas possuem uma mesma fórmula, mas depois de um tempo sem ler esse autor, eu fiquei animada com esse novo livro dele.
 Mas como sempre faço, não busquei saber nada sobre a história e eu esperava encontrar algo parecido com os outros livros do autor, mas encontrei uma história diferente que me conquistou e emocionou muito, tanto que se tornou um dos meus livros favoritos.

Resenha: Nossas Horas Felizes


Título: Nossas Horas Felizes • Autora: Gong Ji-Young • Editora: Record • Páginas: 280 • Ano: 2017

 Eu confesso que quis esse livro só por causa da autora ser coreana, simplesmente porque eu gosto bastante de histórias asiáticas, mas eu não estava preparada para o que eu encontrei nesse livro e mesmo agora, depois de ter concluído a leitura faz alguns dias, eu me sinto impactada pela história.
 É difícil falar sobre esse livro, mas uma das palavras que posso usar para defini-lo é Cruel, pois é realmente doloroso acompanhar essa história e eu senti meu coração apertado durante toda a leitura, mas por outro lado também posso defini-lo como um livro incrível e isso é do começo ao fim.

Resenha: Onze leis a cumprir na hora de seduzir


 Título: Onze leis a cumprir na hora de seduzir •  Autora: Sarah MacLean •  Gênero: Romance de época •  Páginas: 336 •  Editora: Arqueiro

 Eu não costumo ler romances de época, mas desde o momento que vi o primeiro volume de "Os números do amor", eu fiquei animada e então comecei a acompanhar a história. "Onze leis a cumprir na hora de seduzir" é o volume três, o último livro da trilogia e encerrou muito bem a mesma, foi uma história que me conquistou bastante e devo confessar que sentirei saudades dos personagens, pois a autora soube criar personalidades cativantes.

Resenha: Tudo e todas as coisas


Título: Tudo e todas as coisas • Autora: Nicola Yoon • Editora: Arqueiro • Páginas: 280 • Ano: 2017

 Recentemente li um livro da autora e fui completamente conquistada, então quando vi essa nova edição de "Tudo e todas as coisas" fiquei muito animada. Mas embora essa história seja conhecida por muitos leitores, eu não sabia nada sobre ela e como costumo fazer li o livro sabendo o mínimo possível sobre sua história e para a minha felicidade, novamente a autora me conquistou.

Conto: Uma em um milhão


 Oioi, gente! Quem acompanha o blog esses dias deve ter visto a resenha de "Um menino em um milhão", um livro que me conquistou completamente a ponto de virar um dos meus favoritos e hoje o post é sobre um conto sobre Ona, aquela senhorita centenária divertida da história.
 Eu recebi esse conto com o livro e não sabia se poderia ser lido de forma independente, então acabei optando por ler depois de concluir a leitura do livro e eu acho que essa é a melhor forma, visto que no livro o leitor vai conhecer bem a Ona e ser cativado por ela a ponto de querer ler mais sobre essa Srta, mas nada impede de ler o conto antes.
 
Criado por: Bruna Borges || Todos os direitos reservados || Tecnologia do Blogger