Home Sobre Mim Resenhas Colunas Contato Parceiros

Resenha: Nossa Música


Título: Nossa Música • Autora: Dani Atkins • Editora: Arqueiro • Páginas: 368 • Ano: 2017

 Eu já li outros livros dessa autora e fui completamente conquistada, por essa razão fiquei muito animada quando vi esse lançamento, mas como sempre faço busquei saber o mínimo possível sobre a história e novamente a autora conseguiu me cativar.


"Nossa Música" inicia-se com dois acidentes diferentes envolvendo dois homens, um deles passa mal em uma loja e o outro cai em um lago congelado depois de salvar uma criança e um cachorro, ambos estão em estado grave.
 Logo depois vamos conhecer Ally e Charlotte, anos atrás as duas poderiam ter sido ótimas amigas, mas por causa de David, o primeiro amor de Ally, isso não foi possível. Hoje, Charlotte é esposa de David e Ally de Joe, e as duas estão na mesma sala de espera temendo pela vida de seus maridos.

"Eu gostava de matemática, sempre gostara, mas nem eu seria capaz de montar um cálculo que desse conta da probabilidade de me encontrar dividindo a sala de espera de um hospital com a mulher que era dona de uma parte do coração do meu marido, uma parte que eu nunca conseguira conquistar."

 Essa foi uma leitura que me comoveu muito, pois apesar de haver uma certa previsibilidade na história, a autora construiu algo real e por essa razão muitos leitores podem não gostar do rumo que a história segue, pois é injusto e doloroso.
 Charlotte é uma personagem que muitos odiaram, pois ela foi o motivo da separação de Ally e David anos atrás, mas eu consegui entender a personagem e até fui cativada por ela. A mesma também era apaixonada por David e tentou se manter afastada, mas sabemos muito bem que quando as pessoas estão apaixonadas é difícil se manter afastado. 
 Ally é uma mãe incrível e uma mulher incrível, por essa razão é fácil ser cativado por ela, em momento algum a personagem é egoísta, sempre toma boas atitudes e por essa razão o leitor acaba sofrendo junto com ela.
 David foi o personagem que menos me cativou, pois o achei um "frouxo", ele dizia amar muito Ally, mas eu não consegui ver esse amor todo, visto que ele simplesmente a deixou ir e preferiu ficar com o seu orgulho.
 Já Joe foi amor à primeira vista, o cara entrou em cena e eu já fui cativada na mesma hora, pois é aquele personagem bondoso, trabalhador, educado, divertido e outras n qualidades, sem contar que é um tremendo de um herói.


 É tudo narrado do ponto de vista de Ally e Charlotte, sendo a narração intercalada entre o presente e o passado, por essa razão o leitor vai ter a oportunidade de conhecer melhor as duas personagens e através das lembranças delas conhecer os dois personagens masculinos.
 E é nesse ponto que eu devo comentar que a autora falhou, pois o leitor acaba conhecendo pouco sobre os dois personagens masculinos, principalmente Joe que merecia mais destaque.

"Você pensa que tem o controle de sua vida, acredita que é você quem toma todas as decisões, e então algo assim acontece e você se dá conta de que é apenas uma minúscula peça em um jogo de xadrez, sendo movida de um lado para o outro ao capricho de alguma coisa ou alguém muito maior. Livre-arbítrio? Eu nem mesmo tinha certeza se ainda acreditava nisso."

 A relação de David e Ally não me convenceu muito, pois eu não consegui ver o amor de David pela personagem, mas é nítido ver o quanto Ally o amava e por eles serem jovens na época, é possível entender um pouco o motivo de não ter dado certo.
 Já a relação de Ally e Joe é linda, pois os dois personagens são ótimos e combinam muito bem, mas o leitor não vai saber muito sobre a vida deles, é tudo passado muito por cima.
 Agora a relação de Charlotte e David também é bonita, confesso que para mim pareceu que David sempre amou mais Charlotte do que Ally por conta da forma como tudo foi contado e Charlotte sempre amou David porque ele foi seu herói.


 A diagramação desse livro está simplesmente linda, começando pela capa que possui a textura emborrachada e uma arte linda que segue o mesmo padrão das outras obras da autora. 
 Já por dentro tudo está muito agradável, temos folhas amareladas e um ótimo tamanho na fonte dos textos, sendo que não há detalhes nas trocas de capítulos e é sempre identificado qual personagem está narrando e se é no passado temos identificação de quantos anos atrás.

"Existe uma necessidade de união quando algo tenebroso se aproxima. Mas, às vezes, não importa quantas pessoas amadas estejam ao nosso lado, o golpe derruba você."

 É bem doloroso acompanhar essa história, pois em momento algum o leitor sabe se os personagens masculinos vão sobreviver e por essa razão acaba sofrendo junto com as personagens femininas. Além disso há diversas lembranças sobre os personagens e algumas revelações.
 Muitos leitores podem achar a história um tanto previsível, mas para mim a mesma seguiu um rumo interessante e me emocionou muito a ponto de me tirar algumas lágrimas, sem contar que a mesma traz mensagens lindas para o leitor.


 Devo confessar que esse não é o meu livro favorito da autora e que é aquele tipo de livro que muitos podem odiar enquanto outros podem amar, por essa razão eu recomendo essa história para quem gosta do gênero.
 Enfim, "Nossa Música" é mais uma obra delicada e sensível da Dani Atkins que vem nos narrar uma história dolorosa sobre superação do passado.

(livro recebido em parceria com a editora)

Deixe um comentário:

  1. Ola
    Eu achei a história emocionante, mas também não chega a ser meu livro favorito dela, nem de longe. Claro que a sensibilidade é enorme, e as mensagens repassadas aos leitores são lindas mesmo. Adorei poder conferir as suas impressões, ainda mais pela identificação com a minha própria opinião.
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  2. Oi tudo bem?
    Estou bem curiosa com a leitura desse livro desde que lançou mas não tinha lido nada sobre ele, gosto de livros com um bom drama e acredito que vou encontrar nesse. Adoro essa edição a capa ta maravilhosa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde!
    Esse parece ser um daqueles livros com uma história previsível e triste, mas que cativa o leitor para que a acompanhe até o fim.
    Fico em dúvida se inicio a leitura ou não, já que ouvi comentários bem diversos sobre a obra.
    Enfim, acho que vou dar uma chance a esse livro, mas não agora, pois não estou em um momento de ler tramas com muito drama. Sempre gosto quando o autor constrói bem seus personagens, de forma que até mesmo o mais insuportável nos cativa.
    Abraços.

    Livroterapias

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Eu adoro a Dani Atkins ❤️
    Estou muito ansiosa para ler esse livro e espero gostar. Acredito que essas histórias podem acabar sendo previsíveis, mas eu sempre gosto hahahaha
    Beijos!

    Books & Impressions

    ResponderExcluir
  5. Oi Larissa! Tudo bem?

    É um livro que tem me ganhado a cada crítica lida, por questões físicas e pelos personagens que até então me deixaram curioso para conhece-los, pois do pouco que já vi me agradou bastante.

    Adorei a resenha!

    Grande abraço,
    www.cafeidilico.com

    ResponderExcluir
  6. Oie! Tudo bem?

    Eu já li bastante resenhas sobre esse livro, ainda não tive a oportunidade de lê-lo, mas se for igual ao outro que li da autora, com certeza irei gostar do que encontrarei na história!

    Bjss

    ResponderExcluir
  7. Olá Larissa,
    Tenho lido muitas resenhas parecidas com a sua no quesito não ser o melhor da autora, apesar de ter emocionado. Eu não li esse livro ainda, mas tenho vontade, pois gosto do que ela escreve. Espero não me decepcionar, mas espero, igualmente, sofrer com essa leitura.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Eu, ao contrário de você, se eu leio o livro de um autor e gosto da escrita, eu procuro pelos outros títulos, mas não procuro saber mais da história, como ler uma resenha por exemplo, porque assim, eu sinto que eu fico mais envolvida com a história, sem criar expectativas. Eu coloquei esse livro na minha lista, porque achei muito interessante e fiquei muito curiosa para saber sobre o passado dos casais, o que aconteceu pra chegar nesse ponto. Quero muito ler!
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Que capa linda desse livro!
    A história parece interessante mas não faz meu genero.Gosto de personagens que nos cativa ou nós fazer odiar,esse livro parece ter disso.
    Gostei da sua resenha e vou procurar saber mais sobre esse livro.

    bjs

    ResponderExcluir
  10. Olá...
    Adorei sua resenha!
    Acho a capa desse livro tão linda <3
    A premissa também é legal e fico feliz que a leitura tenho sido bacana pra voce e tenha te comovido, apesar da previsibilidade.
    Bjo

    ResponderExcluir
  11. Olá!

    Há tantas coisas que eu quero dizer sobre esse livro, mas vamos por parte. EU SOU LOUCA PARA LER ELE. Adoro a autora e já sei que posso esperar grandes emoções desse aí, porque esse é o estilo dela. Outra coisa, essa capa é tão maravilhosa que eu compraria o livro só pra tê-la enfeitando minha estante. Enfim, mal posso esperar pela minha vez de ler essa gracinha.

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Tenho visto muitas resenha sobre esse livro e, como você disse, alguns amam e outros detestam. Fico feliz que você tenha gostado e se emocionado com o livro, mesmo ele não sendo o seu favorito da autora, pois é muito ruim quando um livro não atende às nossas expectativas né?
    Eu nunca li nada da autora, mas tenho receio de começar com esse e acabar não gostando. Como tem muitas pessoas que criticaram, fico com medo de não gostar também e acabar perdendo o interesse em conhecer os outros livros da autora.
    De qualquer forma, vou deixar a dica anotada para ler futuramente.
    Ótima resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oii!
    Já tinha ouvido falar desse livro, mas tive um pouco de receio de iniciar a leitura. Fico muito feliz que você tenha se comovido com o livro, até pq imagino que essa seja a proposta mesmo. Por outro lado, alguns traços dos personagens que vc mesma apontou me deixam muito com o pé atrás! Por exemplo, o tal David, que é um "frouxo", sinto que ele me deixaria muito irritada no meio do livro e que, por conta disso, talvez alguns romances propostos não iriam me convencer.
    Mesmo assim, vou deixar o livro em standby, vai que eu acabo me comovendo com a história também?
    Beijos!

    www.beyondbluedoors.com

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Gosto bastante de livros assim, que falam sobre a superação do passado. Foi bom saber que a estória em si te comoveu, mas ainda fico com um pé atrás para iniciar a leitura.
    Primeiro porque fico com raiva de personagens "frouxos". Então acredito que eu seria uma dessas pessoas que odiaria o livro.
    Porém irei dar uma chance futuramente.

    ResponderExcluir
  15. Olá!!

    Eu já vi essa capa algumas vezes, mas ainda não tinha lido uma resenha. Devo dizer que não conheço a autora então posso está falando besteira, mas me lembrou a JoJo pelo modo da história e tal. Eu gosto de livros nessa tematica, porém estou em um momento muito fantasia então vou guardar a sua dica e voltar a ela quando chegar o momento de conferir essa história. Parabéns pela resenha.

    Beijos e sucesso!!

    ResponderExcluir
  16. Eu pensei em solicitar o livro, mas a Dani gosta de escrever histórias melodramáticas demais e eu não estou em uma vibe para isso no momento.
    Confesso que não importa quantas resenhas eu leia, eu nunca entenso direito quem fica com quem e pq ciclano largou beltranho... hahahaha
    Não sei se chegarei a ler o livro... vamos ver.

    Beijos

    ResponderExcluir

 
Criado por: Bruna Borges || Todos os direitos reservados || Tecnologia do Blogger