Home Sobre Mim Resenhas Colunas Contato Parceiros

Resenha: Anita


Título: Anita • Autor: Thales Guaracy • Editora: Record • Páginas: 224 • Ano: 2017

 Eu não costumo sair muito da minha zona de conforto literária, mas às vezes fico curiosa com alguma obra e tento dar uma chance, e foi o caso de "Anita", uma obra que não é do tipo que eu costumo ler, mas que me deixou animada.
 No entanto, eu devo confessar que a leitura dessa obra foi extremamente arrastada e por isso demorei muito para concluí-la, sendo que durante a leitura fui ficando cada vez mais desanimada, mas não achem que essa obra é ruim, pois não é, mas não foi algo que funcionou comigo.


 Esse livro vai falar sobre Anita Garibaldi, companheira de Giuseppe Garibaldi que participou ao lado do marido de várias batalhas no Brasil e na Itália, entre as batalhas participou da Revolução Farroupilha.
 O livro é narrado em terceira pessoa e vamos conhecer Anita através dos olhos de Giuseppe, a única pessoa que conheceu essa mulher por completo e testemunhou toda a sua vida revolucionária.

"Os homens deviam evitar a guerra, detestar a guerra, mas na verdade a amam, precisam de guerras como alimento, para evitar que suas vidas se desperdicem no tédio."

 "Anita" é um romance ficcional que tem como plano de fundo contextos e personagens reais, uma história para recontar de uma forma mais romântica a vida dessa grande revolucionária.
 No entanto, durante a leitura é fácil perceber que a imagem que o autor nos passa de que Anita é protagonista da história não é correta, pois o que temos é relatos de Giuseppe sobre sua vida e batalhas, e Anita parece ser apenas uma parte disso.
 Essa foi a minha primeira decepção, pois queria ter visto a Anita como protagonista do livro e por conhecermos a personagem através da visão de Giuseppe, eu não consegui ter uma conexão com Anita.


 No entanto, apesar disso é fácil admirar a mulher retratada, pois vemos em várias cenas o quanto ela é corajosa e determinada, e apesar de não conhecer a real história de Anita Garibaldi, creio que o autor tenha conseguido expressar bem essas características dela na história. 
 É interessante acompanhar os relatos sobre as diversas batalhas em que Giuseppe esteve, mas confesso que por eu não ser uma grande fã de histórias assim, eu fiquei extremamente entediada em muitos momentos.

"Anita aos 29 anos: não mais a moça que Giuseppe encontrara em Laguna, ansiosa por vida; era mãe, que sentia o vazio de ter deixado os filhos, guerreira calejada, amante sem brida, mulher sem medos."

 Outro ponto que não me agradou muito foi a forma como tudo foi narrado, eu preferia que fosse em primeira pessoa, pois assim iria me conectar melhor com os personagens, mas o real problema para mim foi os diálogos estarem "dentro" do texto e o livro não ser dividido em capítulos.
 E por conta disso, como já comentei, a leitura foi extremamente arrastada, na verdade eu cheguei até a abandonar esse livro por algum tempo, pois a leitura não fluía de jeito nenhum.
 Mas apesar da leitura não ter funcionado muito bem, eu achei muito interessante a ideia do autor e creio que para quem gosta de história irá ser uma leitura bem agradável. No entanto, foi grande erro o autor ter deixado a Anita em segundo plano na história, pois o título faz o leitor achar que vai encontrar uma história com essa heroína como protagonista e não encontrar isso é extremamente decepcionante.


 A diagramação do livro está ótima, começando pela capa que está muito bonita e por dentro tudo está muito agradável também, pois encontramos folhas amareladas que ajudam na leitura.
 Para mim a leitura foi muito arrastada e tediosa, mas para quem curte o gênero talvez seja uma leitura fluida, pois a escrita do autor é boa.


 "Anita" foi um livro que eu quis ler para sair da minha zona de conforto, mas que me decepcionou em alguns pontos e creio que talvez venha a decepcionar outros leitores também, mas ainda assim eu recomendo a leitura, pois de qualquer forma é uma leitura interessante.

(livro recebido em parceria com a editora)

Deixe um comentário:

  1. Oi Larissa!

    Que livro lindo, apesar de também não ser um livro que habitualmente eu leria, mas gostei da resenha, achei bem construída, mesmo que você não tenha gostado tanto!

    Grande abraço,
    www.cafeidilico.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Victor!
      Fico feliz em ver que curtiu a resenha o/

      Beijos :*

      Excluir
  2. Olá, tudo bem? Esse livro parece ser muito bom, vi falarem super bem... É uma pena que deixe a desejar em alguns pontos, mas isso dificilmente não acontece, né?! Adorei a resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  3. Gosto bastante do tema desse livro, mas existem aquelas leituras que não fluem para a gente mesmo.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  4. Olá!! :)

    Devo confessar que nunca tinha lido este livro, mas o titulo soou me familiar! ahah Não faz muito o meu género literário habitual mas talvez arrisque.

    Enfim, e uma pena que tenha tido ai esses "senãos" que impediram a leitura de correr da melhor maneira!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Lari,
    Gostei bastante do post.
    Não conhecia o livro, e me interessei muito por ele. Gosto de livros que envolvem fotos históricos, e acho bem interessante a vida da Anita.
    Dica anotada.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Mesmo ela não tendo funcionado muito para você, acho legal que você tenha saído de sua zona de conforto e dado oportunidade para a obra. Eu não conhecia o livro e fiquei interessada nele, por isso vou anotar o nome.
    Bjs, rose

    ResponderExcluir
  7. Oiii, tudo bem?
    Poxa, que pena que você não curtiu tanto a leitura. Gosto bastante de livros com personagens históricos então já fiquei curiosa acerca da obra, não a conhecia. Apesar disso, acho que gostaria mais de um livro sob o ponto de vista da Anita mesmo. Dica anotada!
    Beijoss!
    Páginas Empoeiradas

    ResponderExcluir
  8. Eu ainda não li o livro, mas já estava curiosa com ele. Gostei da sua resenha e de ver os seus comentários sobre a obra, eu espero que quando eu for ler, que a leitura me agrade.

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Tenho certeza que a leitura também deva ser muito boa, porém não me chama atenção o gênero. Apesar de adorar livros históricos, já li tanto sobre Anita na época do colégio que não me atraí.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  10. Tenho vontade de ler algo sobre Anita, pois acho a história dela muito interessante, sei pouca coisa sobre ela. A achei a capa linda, e fiquei com vontade de ler. Uma pena o livro não ter te agradado, mas é assim mesmo. Desejo ótimas leituras. beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi.

    Conheço sobre a personagem somente pelo o que já ouvi fala dela e também pela série A casa das sete mulheres. Gostaria de saber mais sobre ela, mas acho que para mim seria melhor procurar através de outra fonte. Tenho medo de acabar sendo igual foi com você. Vou pensar muito antes de me decidir se compro ou não este livro.

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?

    Eu gosto muito de História e, geralmente, romances ficcionais que trazem ou são narrados a partir de fatos históricos me cativam muito. Mas, se eu lesse Anita, faria os meus apontamentos! Também estranharia muito o livro ser sobre uma mulher, mas ela não ser a protagonista. Acho que isso, inclusive, peca com a representatividade feminina na literatura. Também não sou muito fã de narrativas em terceira pessoa, pois também sinto dificuldade em me conectar com a história e as personagens. Adorei sua resenha, muito bem apresentada e defendida! :)

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Ooi!
    Não conhecia o livro, mas parece interessante, mas também é um pouco dos da minha zona de conforto e também fico com um pouco de receio de ficar muito arrastado. E, quando isso acontece, acabo tendo uma má experiência. Mas parabéns pela saída da zona de conforto!

    ResponderExcluir
  14. Olá!

    Já li uma resenha dele em outro blog e parece ser muito bom, ainda mais por se tratar de uma pessoa tão importante!

    ResponderExcluir
  15. Oie,
    Gostei da resenha, porém não curto muito esse gênero. Mais gostei do contexto da história. Ah essa capa é linda.
    bjs

    ResponderExcluir
  16. Oii.
    Preciso de leituras que saiam da minha zona de conforto, de vez em quando é bom se aventurar para encontrar novos gêneros. Eu gosto bastante da premissa desse livro sobre o Rio Grande, ainda não o conhecia, mas fiquei bem curiosa.
    Bjs Mary
    Beijinhos literários <3

    ResponderExcluir

 
Criado por: Bruna Borges || Todos os direitos reservados || Tecnologia do Blogger