Home Sobre Mim Resenhas Colunas Contato Parceiros

Resenha: O caminho para casa


Título: O caminho para casa • Autora: Kristin Hannah • Editora: Arqueiro • Páginas: 352 • Ano: 2017

 Eu sempre li bons comentários sobre essa autora e tinha muita curiosidade com suas histórias, mas nunca peguei nenhum livro dela para ler, só que sempre tive um pressentimento que iria amar a história e foi justamente o que aconteceu quando li esse livro, o meu primeiro da autora e posso adiantar que não será o único/último.


 Em "O caminho para casa" vamos conhecer Jude, uma mãe extremamente dedicada que vive em função dos seus gêmeos, Mia e Zach. Ela sempre quer ter tudo sob controle em relação aos filhos, tanto que praticamente já "escreveu" todos os caminhos deles.
 Do outro lado vamos conhecer Lexi, uma garota que sofreu muito no passado, que por ter uma mãe viciada em drogas foi criada em vários lares adotivos temporários e acaba indo morar na mesma cidade dos gêmeos.
 No primeiro dia de aula de Lexi, ela conhece Mia e se torna sua melhor amiga e quando Zach e Lexi se apaixonam, o trio se torna inseparável. Tudo estava indo bem, até que as festas do último ano de ensino médio começam a acontecer e Jude fica aflita com a possibilidade dos seus filhos se meterem em confusão.
 Um dia os três adolescentes decidem ir em uma festa, mas prometem à Jude que não irão beber, acontece que acabam descumprindo essa promessa e essa escolha acaba mudando completamente a vida deles.
 Agora cada um terá que enfrentar as consequências daquela noite e tentar se perdoar e seguir em frente com o que restou.

"Era isso que todas aquelas pessoas que pregavam o pensamento positivo não compreendiam: há coisas que nunca podem ser recuperadas."

 Eu vou confessar que o livro começa bem morno, embora seja triste conhecer a situação de Lexi, tanto que para mim do meio para o fim a leitura foi mais fluída, pois fui mais envolvida nessa parte.
 A Lexi é uma personagem extremamente cativante, o tipo de garota que sofreu muito, mas que soube enfrentar isso sem se revoltar e se tornar uma pessoa má, ela sempre coloca os outros em primeiro lugar e isso foi bonito de ver, mas ao mesmo tempo me irritei em alguns momentos com ela, porque ela sempre se deixava de lado, como se não se achasse importante.
 Mia é um doce de garota, era do tipo incompreendida e solitária, mas depois que conhece Lexi acaba desabrochando e virando uma personagem muito divertida e animada, mas em alguns momentos a achei um pouco mimada, embora no minuto seguinte ela mudasse. As atitudes da personagem foram muito admiráveis, sempre pensando no irmão e na melhor amiga, mesmo quando para isso devesse se colocar um pouco em segundo plano, pois a sua intenção sempre foi a felicidade dos três.
 Zach é um irmão incrível, sempre pensando na felicidade da irmã e dos pais, e por conta disso acabava se deixando de lado também, pois seus interesses sempre vinham por último e confesso que algumas vezes me irritei com a falta de atitude dele.
 E então temos Jude, uma mãezona incrível e carinhosa que ama muito seus filhos, mas que às vezes acabava se tornando um pouco rígida demais e projetava o futuro dos filhos pelo o que ela achava certo e não pelo o que faria seus filhos felizes. E apesar disso ser algo chato, o leitor consegue compreender perfeitamente a personagem, mesmo que não seja mãe/pai.
 Há outros personagens interessantes na história também, como: Miles, o pai dos gêmeos, ele é um homem maravilhoso que se mostra muito forte durante toda a história e que tem um caráter admirável. E também há Eva, tia-avó de Lexi que acolhe a menina e cuida dela como se fosse sua filha.


 Os temas abordados no livro são muito interessantes e a autora abordou de uma forma incrível e muito sensível, tanto que provavelmente o leitor vai se emocionar muito durante a leitura desse livro.
 No entanto, fica complicado falar sobre esses assuntos, pois poderiam ser considerados spoilers, mas alguns dos assuntos tratados são: vício em drogas, abandono, perdas, maternidade, amor, amizade e principalmente perdão.
 Essa história transborda sentimentos do início ao fim, pois a autora conseguiu realmente escrever tudo com muita delicadeza e sensibilidade, sendo que a história traz um final simplesmente maravilhoso sobre perdão e é impossível o leitor não se emocionar.


 A diagramação do livro está muito agradável, começando pela capa que está simplesmente linda, embora esteja bem simples. Por dentro temos folhas amareladas, um bom tamanho na fonte dos textos e um pequeno detalhe de flor nas trocas de capítulos.
 Sobre a leitura do livro, devo comentar que não foi muito fluída no começo, mas com o passar das páginas fui ficando cada vez mais envolvida com a história e consequentemente a leitura começou a ter um ritmo mais rápido.

"Talvez o tempo não curasse as feridas, exatamente, mas criasse uma espécie de armadura, ou uma nova perspectiva. Uma forma de lembrar com um sorriso, e não com um soluço."

 Esse é um livro que me conquistou completamente, embora eu confesse que não foi uma leitura de todo imprevisível a mesma conseguiu me surpreender em vários momentos e a autora criou seus personagens de uma forma tão humana e cativante que foi difícil me despedir deles.
 "O caminho para casa" foi um livro que me causou várias emoções, ele me cativou tanto ao ponto de eu não querer terminar a leitura e os assuntos abordados foram desenvolvidos de uma forma que me emocionou muito, mas infelizmente não posso comentar muito sobre tudo isso, porque seriam spoilers e consequentemente se torna difícil transmitir o quanto essa obra é maravilhosa.
 Por fim, eu só posso reforçar novamente que essa é uma bela obra e que vale muito a pena ser lida, por isso recomendo muito e espero que vocês se emocionem tanto quanto eu.

(livro recebido em parceria com a editora)

Deixe um comentário:

  1. Esse livro é muitoooo bom! Amo mesmo, e adorei como você falou dele :)

    ResponderExcluir
  2. Esse livro é lindo!
    Adoro o drama gerado pela Kristin, acho que ela tem um jeito muito peculiar de abordar os temas e nos faz pensar bastante, sou mega fã dessa autora!
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  3. Hey!

    Eu ainda tenho minhas dúvidas se eu vou gostar do estilo de escrita dessa autora.. Estou com dois livros dela aqui, mas o único jeito de descobrir é lendo né haha

    Beijos
    ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      Eu achei muito bom e só vejo elogios sobre as obras dela, então creio que há grandes chances de você também ser conquistada.

      Excluir
  4. O livro parece bom, algo que transborda sentimentos não parece mesmo ser ruim, haha. Eu não conheço a autora, nem sua escrita. Talvez não flua tão bem pra mim. Mas eu me arriscaria nessa leitura mesmo assim ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mariana
      É um bom livro para quem curte um drama bem desenvolvido!

      Excluir
  5. Foi o primeiro livro que li dá autora e confesso não estava preparada para as emoções que senti no livro. Kristin é ótima sabe como contar uma história e envolver o leitor em dramas que pode ser reais. Esta nova capa esta linda.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bacana ver que também foi seu primeiro livro da autora o/ Realmente ela é ótima para envolver a gente em seus dramas e essa capa está linda demais.

      Beijos :*

      Excluir
  6. Não conhecia a autora, mas pelo título e pelo o que você falou é uma bela obra, que está indo para minha lista de desejados. Não sei por que mas sinto que é uma história que irá me fazer chorar, por tratar de tantos temas fortes. Amei sua resenha e espero ler esse livro em breve. Beijos do Wes ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Wes
      Fico feliz em ver que curtiu a resenha. Bom, esse livro é ótimo e creio que você vá gostar, mas há chances de acabar chorando mesmo kkkk

      Beijos :*

      Excluir
  7. Oi.

    Já adicionei esse livro à minha estante no Skook, estou querendo muito lê-lo e não vejo a hora de poder comprar o meu. Não sabia muito sobre ele, só tinha lido a sinopse, mas já foi o suficiente para que eu me interessasse por ele.

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Ainda não conhecia esse livro, mas, depois de ler a sua resenha, fiquei com muita vontade de ler.
    Além do enredo parecer ser muito interessante, acredito que é realmente uma leitura muito emocionante. Gostei da descrição que você fez dos personagens, pois acho que são o tipo que me cativaria e me faria gostar da história.
    Adorei sua resenha e vou adicionar na minha lista de desejados. Quero ler em breve!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      Fico feliz em ver que gostou da resenha o/ O livro é muito bom mesmo, espero que você goste também quando ler.

      Beijos :*

      Excluir
  9. eu já namorei esse livro na amazon muito tempo mas fiquei com medo de não gostar. eu não gosto de livros muito intensos e com muitas situações difíceis porque isso acaba transbordando em mim e fico de ressaca eternamente. esse ainda tá me deixando com medo mas parece ser tão cativante que não sei se conseguirei resistir.

    ResponderExcluir
  10. Larissa, que sensação boa de não querer terminar a leitura porque a história está tão boa.
    Já ouvi falar muito desse livro e até o tinha na edição antiga, mas nunca me animei em ler.
    Que bom que a história trata de tantos temas e é emocionante.

    ResponderExcluir
  11. Oie, tudo bem?
    Que capa linda mesmo! Pena que esse livro não é muito o meu estilo sabe, eu prefiro livros mais "bobinhos", que sejam mais para puro fim de diversão!
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá! Ainda não conhecia esse livro mas me encantou a capa e sinopse. E sua resenha foi muito boa. Vou anotar a indicação e espero ler em alguma ocasião dessas. super bjo

    ResponderExcluir
  13. Ólá, tudo bem?
    Eu já ouvi falar dessa autora,mas nunca li nada dela. Pelo visto estou perdendo muita coisa. Adorei a sua resenha e empolgação por esse livro. Acredito que vou conhecer a escrita da autora através dele. Além de bom ele é muito lindo. Amei.

    ResponderExcluir
  14. Oi Larissa.
    Mesmo não sendo um livro imprevisível, é bom que tenha te surpreendido em alguns momentos e o mais importante, te provocou emoções. Os temas abordados são bastante sensibilizantes.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem? Ouço falar bastante da Kristin mas nunca li nada dela. Tenho muita vontade de começar, mas a premissa que por enquanto mais me chamou atenção é O Rouxinol. Acho que esse também seria uma escolha adorável, e agora fiquei em dúvida haha Gostei de saber que o início é meio morno mas que depois melhora pois assim me esforço pra ir até o final haha Ótima resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Olá!!

    Nossa, esse livro foi um dos melhores que já li!
    Eu amei a trama e a intensidade dos sentimentos. Eu sou mãe, e consegui sentir todo o sofrimento da Jude, assim como a odiei a cada minuto pelo seu egoismo, justamente por ser mãe. É um livro extremamente reflexivo!

    Bjus

    ResponderExcluir
  17. Eu nunca li nada desta autora. Mas a conheço de tanto ver comentários sobre seus livros. Dizem ser muito sensíveis e bonito. A colaboradora do blog solicitou este livro, e adorei a capa. Fiquei bem curiosa pela trama. Gosto muito de dramas que no fazem refletir.

    beijos

    ResponderExcluir
  18. Eu nunca tive curiosidade de ler os livros da autora mesmo sempre ouvindo maravilhas sobre ele mas não sei o que esse tem de diferente, parece ser um toque de misterio e me deu muita vontade de conferir essa historia, dica anotada

    ResponderExcluir
  19. Oie!!
    Eu tenho muita curiosidade assim como vc de ler os livros da autora. A sua resenha está bem empolgante e aguçou a minha curiosidade.
    Dica mais do que annotada

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir

 
Criado por: Bruna Borges || Todos os direitos reservados || Tecnologia do Blogger