Home Sobre Mim Resenhas Colunas Contato Parceiros

Resenha: Ouse Crescer


Título: Ouse Crescer • Autora: Taha Mohr • Editora: Sextante • Páginas: 240 • Ano: 2016

 Eu ainda estou iniciando minha vida profissional e todos sabem que esse é um momento difícil, principalmente se você for mulher, porque infelizmente ainda vivemos em um mundo em que na maioria das vezes não temos voz ou não sabemos usá-la por diversos motivos.
 E por essa razão esse livro chamou a minha atenção, porque no meio disso tudo, essa leitura promete ser um guia para mulheres aprenderem a "ousar crescer", a deixarem alguns hábitos errados para trás e usar sua voz.
 E realmente esse livro traz dicas muito bacanas e aborda assuntos bem interessantes, sendo que provavelmente você vai se identificar com muita coisa escrita nele, porque foi feito por uma mulher, que trabalha com mulheres e entende as dificuldades que toda mulher passa, por essa razão, se você for mulher dê uma atenção especial para essa resenha e livro.


 Tara Mohr, a autora, trabalha com programas de liderança e coaching para mulheres e durante esses trabalhos ela percebeu que as mulheres ousam pouco na vida, mesmo quando possuem todos os recursos para  isso. Logo ela decidiu trazer o programa "Ouse Crescer" onde traz dicas e meios para as mulheres se empoderarem e crescerem pessoalmente e profissionalmente
 Nesse livro a leitora vai encontrar diversos assuntos interessantes que vão fazê-la refletir muito, pois a maioria de nós não ousa crescer e atrapalha seu próprio crescimento por conta da forma com que fomos criadas.
 Aqui a autora aborda desde aquela nossa voz interior, a nossa censora, que sempre nos faz duvidar de nós mesmas até as duas palavras diferentes para medo no livro sagrado dos judeus. E ela sempre está nos ensinando como lidar com cada assunto abordado de uma forma tão direta que parece que estamos conversando com uma amiga ou professora que está fazendo de tudo para abrir os nossos olhos.


 De cara devo confessar que essa não foi uma leitura rápida e nem muito fluída, porque é muita coisa abordada no livro e são assuntos interessantes que te fazem parar para pensar mesmo e tentar aprender o que a autora está tentando te ensinar, logo acaba exigindo uma atenção maior e consequentemente isso pode tornar a leitura um pouco mais lenta, como foi comigo.
 No entanto, isso não foi um ponto negativo para mim, pois se eu tivesse feito a leitura em um ritmo mais rápido, talvez não tivesse prestado tanta atenção nos ensinamentos do livro e esse é aquele tipo de livro que deve ser lido devagar. (mas nada te proíbe de ler rápido, ok?)

"Na mente das mulheres em todo o mundo se encontram as sementes das soluções para a mudança climática, a pobreza, a violência,  a corrupção. Para mim, a conclusão é a seguinte: em milhões de comunidades, organizações, empresas e famílias, as mulheres sabem o que precisa ser feito. Ousar Crescer é fazê-lo."

 Como já comentei, são muitos assuntos abordados e provavelmente você vai se identificar com algum, isso se não for com a maioria, como o meu caso. Logo de cara o primeiro assunto é um aquela famosa vozinha chata que a maioria das mulheres possuem na cabeça, aquela que te te faz duvidar de tudo, que te faz achar que as coisas vão dar errado. Nesse livro conheceremos ela como nossa Censora Interior, uma parte de nós que não há como apagar, mas que devemos aprender a ignorar, pois o certo é ouvirmos a nossa Mentora Interior, que é a parte que nos incentiva e realmente nos ajuda em nossos objetivos.
 Um dos capítulos que gostei muito foi o sobre o medo, onde a autora nos traz as duas definições de medo segundo os judeus; o Pachad, medo irracional, das coisas imaginadas, oriundo da ansiedade e o Yirah, um medo mais positivo, que sentimos quando as coisas estão encaminhando bem e durante esse capítulo aprendemos a lidar com cada um desses medos.


 A autora também vai abordar alguns assuntos mais "polêmicos" e profundos como o fato das mulheres ao longo da história terem sido "obrigadas" a sobreviver por meio da aprovação dos outros e por conta disso hoje os elogios são tão importantes para as mulheres e há essa necessidade de agradar. Além disso, sempre fomos ensinadas a depender de alguém e devemos sempre ser uma boa menina, do tipo atenciosa e gentil, sem nunca "perturbar" alguém com nossa opinião.
 Com essa nossa "necessidade"  de aprovação muitas não sabem lidar com feedbacks negativos, mas uma das lições que a autora nos dá é que os feedbacks na maioria das vezes não refletem os nossos méritos, mas as preferências de quem os dá.


 "Ouse Crescer" foi uma leitura realmente muito agradável e interessante para mim, pois trouxe assuntos que me fizeram refletir muito e pude aprender algumas coisas com essa leitura.
 É nítido ver o quanto a autora trabalhou para trazer um livro tão bacana para as mulheres, afim de ajudá-las a romper as barreiras que a impedem de crescer, sem contar que podemos notar com tudo o que lemos que a Tara sabe o que fala e melhor ainda, sabe o que ensinar.
 Esse é aquele tipo de livro que devemos ler várias vezes, porque em apenas uma leitura você não vai aprender tudo o que pode e realmente vale a pena, porque é uma leitura rica em conteúdo que toda mulher deve fazer.
 Enfim, eu não esperava gostar tanto desse livro quanto gostei, é realmente muito interessante a leitura e por essa razão eu recomendo para todas as leitoras, pois creio que vá ajudar muitas a ousarem crescer.

(livro recebido em parceria com a editora)

Deixe um comentário:

  1. Confesso que não sou muito de ler mas adorei saber a tua opinião
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderExcluir
  2. Sei bem como o mercado de trabalho pode ser cruel com aa mulheres, principalmente eu por ter estudado e trabalhar em uma área predominantemente masculina.
    Gostei da dica, mas não sou muito de ler livros de auto ajuda.

    ResponderExcluir
  3. Oie! Tudo bem?
    Não sou fã de auto ajuda, e por mais que o livro não fosse não o leria, faltou algo nele que me chamasse a atenção para realizar a leitura, mas fico feliz que tenha gostado da leitura!
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Não é meu tipo de livro, mas parece trazer boas dicas e lições.
    Espero que tenha curtido bastante a leitura. ^^
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  5. Não é o meu tipo de leitura favorita, mas a sua resenha me deixou com aquela sensação que se eu vier a ler, agregará bastante na minha vida. Achei curioso a abordagem do medo sob a perspectiva de culturas diferentes e fiquei interessadíssima nisso.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Apesar de ser um livro para mulheres, achei bem interessante os temas abordados. Parecem bom.

    ResponderExcluir
  7. Oiii
    Não gosto de livros de autoajuda. Por mais interessante que este possa parecer (concordo que nós não temos voz mesmo) mas não tenho a dita paciência para a leitura.

    Vícios e Literatura

    ResponderExcluir
  8. Olá ♥
    Já vi essa capa passando no meu feed do instagram, e já vi algumas resenhas também. Tenho que confessar que não é meu gênero favorito, e mal tenho costume de ler, mas me interessei muito pelo livro. As vezes n´s mulheres nos calamos ou detemos a nossa voz com medo do que vão achar, e sei que nesse livro fala algumas coisas sobre isso. Tenho certeza que vou me identificar com vários temas citados no livro assim como você. Parabéns pela resenha♥
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oie!
    Esse é um livro que foge dos que eu estou acostumada a ler.
    mas é uma leitura essencial, ainda mais por ajudar a encontrar essa voz interior, que muitas vezes não a deixamos sair. Gostei dessa dica.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  10. Oie, gosto desse tipo de livro que nos traz aprendizados, e principalmente abordando um tema tão importante, que são as mulheres, e seus receios e etc. Fiquei com vontade de ler e concordo com você que muitas vezes com esse tipo de livro a gente precisa ler várias vezes para absorver tudo.

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Ainda não tinha ouvido falar do livro, mas ao conferir a sua resenha minha curiosidade foi atiçada. Tenho vários receios e dúvidas sobre ser mulher e tipos de comportamentos, então creio que esse livro iria me ajudar bastante a superá-los e realmente "crescer", ser alguém na vida. Adoro livros com temáticas tão importantes como esse e com certeza o lerei um dia.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Que bom que gostou e acabou achando tão interessante a leitura. Confesso que mesmo assim não me interessei, já faz muito tempo que minha censora interior não tem vez e que não dependo da aprovação dos outros para acreditar de verdade em mim mesma. O que achei interessante foi essa diferenciação dos dois tipos de medo, bem legal.

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bom?
    Livros assim raramente são leituras rápidas mesmo. Temos que absorver bem os conteúdos e as dicas que nos são passadas e isso demanda mais tempo. Não é um gênero que costumo ler, mas, por ser mulher e estar me inserindo também no mercado de trabalho, vou dar uma chance a esse livro. Fiquei bem curiosa para ler esse capítulo sobre o medo.

    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem com vocês?
    Não sou fã de auto ajuda, na verdade sou muito cismada com esse tipo de livro que para mim só ajuda o autor a ganhar dinheiro. Além disso, faltou algo nele que me chamou atenção para ler. Que bom que gostou da leitura. Beijoss

    ResponderExcluir
  15. Oiee
    Infelizmente, esse não é um gênero que me interesse. Porém, pela sua resenha, deu pra perceber que pra quem tá iniciando sua vida profissional, pode ser uma leitura bem instrutiva.
    Que bom que pra você foi bem proveitosa.
    Bjo

    ResponderExcluir
  16. Oie! :)
    Ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre esse livro, mas com certeza é um livro que todas as mulheres devem manter na estante, tudo que contribui para o nosso crescimento pessoal e profissional é muito bem-vindo! Com certeza a autora traz ótimas dicas e ensinamentos, uma leitura para ser lida devagar com certeza.
    Parabéns pela resenha!

    Beijos!
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Que bom que esse livro te ajudou, as coisas vão dar certo pra você linda, não é meu tipo de gênero literário favorito mas gostei. Um abraço !

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Não gosto de livros de autoajuda, mas esse seria um livro o qual eu daria a oportunidade para ler, gostaria de entender mais dessa perspectiva da autora de uma "voz boa" e uma "voz ruim", que é uma coisa que me deixou intrigada. Quero ver também quais são os temas abordados e como ela os aborda; sem contar que essa capa é muito bonita e atraente, espero ter a oportunidade de conhecer todo esse mundo.
    Beijos,Lari.
    Segredosdeumacerejeira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Oie
    Eu não sou fã de auto ajuda e por isso não me interessei em ler esse livro.
    Vou mostrar essa resenha para uma amiga que gosta.
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Oi, Lari

    Adorei a sua resenha, apresentou muito bem o livro que, por sinal, eu nem conhecia. Achei a abordagem super pertinente e tenho certeza que muitas pessoas poderão se beneficiar desse livro, mas eu não curto não-ficção, então vou deixar passar.

    Beijo

    ResponderExcluir
  21. Não sabia que esse livro era voltado para o crescimento profissional das mulheres, deve ser bem interessante para se trabalhar com grupos de mulheres que estão se inserindo no mercado de trabalho, como você!

    O vi meio por cima, como é meio... autoajuda, eu acreditei, não me interessei muito, mas agora com sua resenha, acho que cabe e muito no mundo de hoje!

    Ótima resenha!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  22. Olá, não conhecia o livro ainda, mas gostei do foco no profissionalismo da mulher, e que tudo isso se desenvolva de uma maneira tão envolvente durante o livro. Adorei a resenha, mas não sei se seria uma leitura que eu faria, afinal acho que é mais voltado para um tipo de leitor.

    ResponderExcluir

 
Criado por: Bruna Borges || Todos os direitos reservados || Tecnologia do Blogger