Home Sobre Mim Resenhas Colunas Contato Parceiros

Resenha: A esperança é uma torta de maçã


Título: A esperança é uma torta de maçã • Autora: Sarah Moore Fitzgerald • Editora: Galera Junior • Páginas: 175 • Ano: 2016

 Eu fiquei curiosa com esse livro antes mesmo de ver quem era a autora, pois achei o título bacana e adoro livros juvenis. Então quando li que a autora era a Sarah, a mesma do livro "De volta a Blackbrick" eu fiquei ainda mais animada, porque gostei muito dessa obra e apesar de não achar o "A esperança é uma torta de maçã" melhor, também gostei muito, pois é uma história tão linda quanto a do outro livro.


 Em "A esperança é uma torta de maçã" iremos conhecer Oscar Dunleavy, um garoto muito bacana que faz as melhores tortas de maçã do mundo, as mesmas parecem mágicas, pois elas possuem o poder de alegrar as pessoas.
 Ele é vizinho de Meg e os dois são melhores amigos, mas ela precisou mudar para a Nova Zelândia e ficará 6 meses longe, ideia que não agradou a garota, mas Oscar a convence que tudo pode ser muito divertido e que ela precisa aproveitar.
 No entanto, as coisas para Oscar começam a ficar bem difíceis, cada vez mais está difícil conviver com o silêncio e a tristeza de seu pai, por algum mal entendido Meg parou de responder os emails dele e para piorar, sua nova vizinha não é quem parece ser.
 Com todos os problemas que começam a aparecer na vida de Oscar, o garoto fica cada vez mais depressivo e foge desaparecendo e deixando todos preocupados, mais ainda quando encontram seus pertences no litoral.

"Para ele, todo mundo era capaz de perceber quando alguém precisa de ajuda, mas poucos realmente se dão ao trabalho de ouvir seus instintos, e essa era a única diferença entre ele e muitas outras pessoas."

 De cara o leitor vai ser cativado por Oscar, pois ele é um garoto extremamente amável, sempre ajudando as pessoas e mesmo estando triste com a mudança da amiga, ele se esforça para fazê-la ver o lado bom. Mas além disso, o personagem ainda tenta se manter alegre mesmo vivendo com um pai que é muito triste e silencioso por conta de ainda estar de luto pela morte da mulher. 
 Só esses pontos já são o suficiente para deixar um garoto deprimido, mas outras coisas acontecem e então o personagem perde a esperança, e durante tudo isso eu sentia meu coração apertado.
 Meg é uma garotinha muito bacana também, mas por um mal entendido acaba deixando seu amigo sozinho e por conta disso também acaba se culpando pelo o que aconteceu. Ela não desiste de tentar descobrir os motivos que levaram seu melhor amigo a fazer o que fez e isso mostra o quanto a amizade deles era sincera e bonita.
 Então temos Paloma, a nova vizinha de Oscar, ela chega como quem não quer nada, sendo uma personagem até mesmo legal, mas com o passar da história vamos conhecendo melhor a personagem e vendo a sua verdadeira personalidade, algo que vai revoltar o leitor, pois a garota é uma megera.
 Há outros personagens na história como Stevie, o irmão de Oscar, que apesar de estar preso em uma cadeira de rodas, é uma pessoa muito feliz e que nunca desistiu do irmão. Também temos Barney, um senhor que perdeu a mulher e quem Oscar salvou a vida ao dar uma torta de maçã, ele é muito importante na história.


 A história começa em uma reunião de oração por Oscar, pois o garoto já estava praticamente dado como morto e então vamos acompanhando a história pelo ponto de vista de Meg e o de Oscar.
 É um grande mistério o real motivo que levou Oscar a desistir de tudo, mas com o decorrer da história o leitor vai descobrindo vários motivos que fizeram com que o personagem se desesperasse a ponto de fazer o que fez.

"No final  das contas, você nunca deve perder contato com as pessoas que são importantes na sua vida. Não existe desculpa para fazer isso."

 É uma história relativamente curta, mas bem construída que liga todos os pontos e que vai despertar vários sentimentos no leitor, por exemplo eu ri em alguns momentos, fiquei feliz com algumas atitudes dos personagens, me emocionei em algumas partes e senti muita raiva em várias outras.
 E é muito interessante os assuntos que a autora abordou nesse livro, embora ela não tenha se aprofundado muito em alguns, a forma como os trabalhou foi bacana. Aqui nessa história vamos ver a dificuldade em lidar com a morte, como a inveja pode destruir alguém, a que ponto uma pessoa deprimida pode ir e várias outras coisas, mas principalmente vamos conhecer uma amizade muito bonita e uma história cheia de esperança.


 A diagramação está muito agradável, começando pela capa que é simples e combina bem com a história, por dentro é tudo bem simples também, mas agradável, tendo folhas amareladas.
 A leitura é bem fluida, pois a história prende a atenção do leitor facilmente e como os capítulos são curtos, a leitura tem um ritmo rápido.

"- A esperança nunca é destrutiva - retruquei, tentando manter a voz sob controle. - A esperança é o que nos mantêm vivos. - Eu estava falando sério.Você precisa tanto de esperança quanto de ar e de água. Sem ela, todos poderíamos nos jogar do píer e cair no mar escuro lá embaixo."

 Esse é um livro simples, tanto que não dá para comentar muito sobre, mas que traz uma história muito bonita e com várias mensagens para o leitor, por isso vale muito a pena ler, mais ainda crianças e adolescentes, pois eles vão aprender muito com a história.
 Enfim, essa foi mais uma história da Sarah que me cativou muito, a autora sabe trabalhar bons assuntos de forma direta e simples, e é incrível quantos ensinamentos ela traz com sua histórias curtas.

(livro recebido em parceria com a editora)

Deixe um comentário:

  1. Olá
    Essa é a primeira resenha que leio desse livro e gostei muito de poder conferir seus comentários a respeito. Compreendi que é um livro simples, mas não tenho dúvidas de que é uma trama muito bonita e que nos faz refletir também, assim despertando vários sentimentos, né?! Fiquei mega curiosa sobre os personagens e suas características mais marcantes <3
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. É gata, o lado ruim dos livros como menos de 300 páginas, eles não se aprofundam e nem desenvolvem como deveriam. Claro que eu amo, são leituras para se fazer em um dia, mas, fica esse gostinho de quero mais, rs.
    Eu não conheço a autora então não posso opinar, mas, é uma sensação ótima quando alguém lê dois livros do mesmo autor e gosta. Passa confiança.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Esse livro também me conquistou pelo titulo totalmente curioso, além dessa capa super fofa. Apesar de ser curto como você comentou, acredito que o importante mesmo é não faltar nada no enredo, até porque ninguém merece pontas soltas né? Adorei a sua resenha, está excelente.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. oie, assim como você, quando eu vi falar desse livro eu fiquei bem intrigada e com vontade de ler, e através da sua resenha fiquei desejando ainda mais, é um enredo muito promissor apesar da simplicidade, e fiquei bem intrigada em relação ao que Oscar fará. outra coisa que me deixou bastante curiosa é qual a idade dos personagens, já que em nenhum momento a sua resenha e a sinopse não deram a entender. Além disso, o tema trabalhado da depressão é bem importante. Espero ler em breve. Adorei a sua resenha.

    ResponderExcluir
  5. Antes de ler o livro, já estou conquistada pelo Oscar. Achei a ideia das tortas de maçã bem original e essa coisa meio mágica, também. As vezes a gente só precisa de uma história simples. Dica mais que anotada.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Desde que vi o lançamento da obra, fiquei bem curiosa para conferir mais a fundo as circunstâncias vividas por Oscar e Meg e também descobrir qual o paradeiro do primeiro já que desapareceu.
    Parece ser uma leitura bem agradável e com certeza também serei cativada por Oscar.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi,

    Acho que por ser um livro do selo Galera Júnior ele tem essa falta de profundidade já que o publico alvo são leitores mais jovens, que ainda não ligam muito para isso e sim para o quanto são envolvidos pelo livro. Mas é perceptível que a temática do livro é atual e bem pertinente aos jovens.
    Adorei a capa e o enredo me atraiu muito, acho que porque quando era mais ova li poucos livros para essa faixa etária, hoje quero suprir essa falta. Oscar só pela resenha já parece cativante e dá uma aflição não saber o que acontece com ele.
    dica anotada.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  8. Oi querida,
    Eu estava pensando em iniciar a leitura do outro livro da autora, mas...desisti.

    Ela tem uma forma de escrita leve e bem fofa, certa para adolescentes e jovens. A Capa é linda mas deixou a desejar no enredo da história e na premissa.

    P.S adorei a resenha e foi crucial para a minha opinião sobre a leitura ♥

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  9. Desde que eu vi a capa desse livro é que eu morro de curiosidade com ele. Acho a capa linda e a premissa é muito atraente, estou louca para ler. A trama me parece ser completamente apaixonante e envolvente, tenho vontade de entender mais e descobrir como tudo se desenvolve.

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Pelo título e pela capa eu não leria esse livro. Mas já vi algumas resenhas falando muito bem da história e a premissa me interessou.
    Fiquei curiosa a respeito de o porque o Oscar fugiu e de como ficou a vida dele nesse tempo em que a amiga vai viajar e antes dele fugir. A Meg parece ser uma pessoa muito boa e uma amiga bem leal. Gostei dela já, rsrs.
    Eu não conhecia a autora e nem sabia que ela tinha outros livros. Se eu gostar desse, talvez eu leia os outros.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/2016/10/para-que-dividir-nunca-jamais.html

    ResponderExcluir
  11. Oie...
    Adorei conhecer as suas impressões a respeito dessa obra, pois, também fui atraída por esse título carismático e por essa capa linda.
    Achei a premissa bem interessante e acho que uma leitura leve assim irá me fazer bem.
    Dica anotada!

    ResponderExcluir
  12. Olá!! :)

    Eu já tinha ouvido falar sobre o livro mas nunca o li e não sei se o farei, porque não me parece ser muito o meu género ou ate a premissa...

    Mas ainda bem que gosatste assim tanto! :) Adoro que a historia seja simples e a leitura fluida, e que te tenhas marcado! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  13. Já li alguns livros da autora (De volta a Blackbrick ainda não, infelizmente) e gostei muito, fico feliz por saber que você achou a história linda, pois essa será uma das minhas próximas leituras. Os livros dela sempre me cativam e passam boas mensagens mesmo, é muito bom saber que posso esperar o mesmo efeito dessa obra.

    ResponderExcluir
  14. Adoro leituras que fazem o leitor ter um misto de emoções, são as melhores pra mim! Gostei da trama, a leitura parece ser bem agradável e leve ao mesmo tempo. Confesso que não conhecia a autora ou o outro livro citado, mas vou querer conferir também!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  15. O livro pode ser pequeno, mas tem uma gama de emoções que prende o leitor. Não conhecia o livro, mas vou anotar a dica, pois gostei do enredo.
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Oi Lari, eu já tinha lido uma resenha desse livro, e ele me parece uma gracinha. Já me cativa pela capa, que é uma fofura. Andei lendo muitos livros juvenis nesse último mês, e quero me dedicar a outros tipos de leitura no momento. Que bom que você apreciou, tanto a Sarah quanto o Oscar parecem ser bem construídos. Dica anotada! Abraços

    ResponderExcluir
  17. Oi Lari,

    Apesar de não saber nada sobre esse livro até ler sua resenha, fiquei bem interessada nele por causa da premissa e da simplicidade que de alguma forma ele passa. Apesar de ser juvenil e eu estar buscando leituras mais adultas, eu anotei a dica para uma ocasião que eu queira ler algo do tipo. Adorei conhece-lo e sua resenha está ótima!

    beijos =)

    ResponderExcluir
  18. Oiee ^^
    Esse livro é uma coisa linda, né? Eu só achei algumas partes do final bem surreais, mas, tirando isso, adorei a história. Partiu o meu coração? É claro que sim, eu queria entrar no livro e abraçar o Oscar, além de mandar alguns personagens para .... enfim...hehe' eu gostei bastante!
    MilkMilks ♥
    Milkshake de Palavras

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Ainda não conhecia esse livro, mas achei a premissa nem interessante.
    Gostei muito da sua opinião e adorei saber que o livro é simples, mas, ao mesmo tempo, cativante. Outro ponto que me agradou muito foi saber que Oscar é um personagem extremamente amável, adoro essa qualidade em personagens.
    Anotei a dica e espero gostar tanto quanto você.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  20. Olá!!!
    Conheci esse livro logo que foi lançado e dei de cara com ele na livraria,achei essa capa linda demais e fiquei intrigada com esse titulo e me interessei de cara pela sinopse.
    Super incluido na minha lista de leitura e já bem curiosa pra saber mais de Oscar e como vai ser esse desenrolar final!!!

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2016/10/resenha-o-coracao-da-esfinge-colleen.html

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem? Eu não sei se a minha teoria está certa mais creio que se tiver o Oscar ter feito o que penso que fez não é o tipo de leitura que pretendo fazer agora pois acabei um livro que aborda o mesmo assunto e meu emocional ainda está abalado demais para mais uma história assim... Mas como não tenho certeza se é o que estou pensando vou pedir um spoilers no reservado.
    Bj

    ResponderExcluir

 
Criado por: Bruna Borges || Todos os direitos reservados || Tecnologia do Blogger