Home Sobre Mim Resenhas Colunas Contato Parceiros

Resenha: Achados & Perdidos


Título: Achados & Perdidos • Autora: Brooke Davis • Editora: Record • Páginas: 251 • Ano: 2016

 De cara esse livro chamou a minha atenção, por conta dessa capa linda que me passou a ideia de uma boa história, mas eu não tenho o hábito de ler nada sobre uma leitura que irei fazer, logo eu não sabia o que esperar da história, só que confesso que acabei encontrando uma história diferente do que imaginei que encontraria, mas eu fui muito conquistada por esse livro mesmo assim.


 Em "Achados & Perdidos" vamos conhecer Millie Bird, uma garotinha que coleciona coisas mortas e que apesar de ter apenas 7 anos, lida bem com a morte e sabe que todos irão morrer um dia.
 Então um dia ela escreve Pai no seu livro de coisas mortas, pois seu querido pai estava doente e acabou falecendo, isso mexeu muito com a mãe de Millie, tanto que um dia ela deixou a filha em uma loja e mesmo prometendo que voltaria, não voltou.
 Millie se encontra sozinha agora, apenas esperando que sua mãe volte, até que ela conhece Karl, o Digitador, um senhor um tanto peculiar que digita no ar e ele resolve que vai ajudar Millie a encontrar a mãe.
 Por fim, para se unir aos dois personagens aparece  Agatha, uma mulher que vive trancada dentro de casa desde que seu marido faleceu, mas ao ver a situação de Millie não consegue ficar indiferente e decide ajudar também.
 Agora esse trio um tanto quanto estranho, onde há um velho fugitivo que digita tudo, uma garota de 7 anos abandonada e uma mulher louca que registra tudo no seu Caderno da Velhice irão embarcar em uma jornada para encontrar a mãe de Millie.


 Foi impossível não ser conquistada pelos personagens principais, os três são muito cativantes, começando por Millie, que é uma criança muito inteligente que conquista logo no início. Então temos Karl, um senhor bem engraçado que vai render boas risadas e que dá vontade de abraçar por ser tão amável. E também temos Agatha, uma mulher doida de pedra, que grita com todo mundo e que foi quem me fez rir muito mesmo.
 Mas os personagens não são cativantes só por conta da personalidade deles, mas também pela história que cada um tem e que a autora apresentou de forma direta, mas só ao longo da história que tudo vai sendo revelado mesmo.
 É muito bonito ver a relação dos três, eles mal se conhecem, mas estão determinados e durante a história vamos notando como essa relação vai se tornando cada vez mais forte e bonita.


 A jornada dos personagens é engraçada, eles passam por poucas e boas, aprontam muito, até mesmo entram em brigas. No entanto, confesso que não fui convencida em alguns pontos, sendo mais especifica, os personagens fizeram coisas que ao meu ver teriam algumas consequências e muitas vezes passou batido.
 Além disso, eu me senti um tanto perdida em alguns momentos da leitura, acredito que uma parte por eu não ter realmente me jogado de cabeça na história, mas também porque é um tanto confusa a narrativa.
 Mas embora esses pontos incomodem, eles não tornam a história menos interessante, os assuntos que a autora abordou são ótimos e a forma com que ela trabalhou eles também foi bacana.

"Havia apenas o nada. No mundo da pontuação, ele podia bem ser um hífen - flutuando entre uma coisa e outra, não exatamente necessário."

 O abandono é um ponto bem impactante em uma história, ainda mais quando estamos falando de uma criança de apenas 7 anos, logo o leitor vai se emocionar com a situação de Millie, mais ainda porque a menina é uma criança inocente que se culpa pelo ocorrido.
 Mas a história não aborda apenas isso, ela também fala sobre a morte e o quanto isso impacta a vida das pessoas, nos fala sobre amor e principalmente sobre amizade e superação.
 E tudo isso é trabalhado de uma forma simples e direta, o que torna a leitura mais leve, embora não menos emocionante.


 Essa é uma leitura fluida e fácil, mas por conta dos diálogos serem entre aspas, eu acabei me enrolando algumas vezes, junto com o fato de que muitas vezes não conseguia identificar quem era o personagem que estava falando no momento.
 Mas apesar disso, eu ainda li o livro relativamente rápido, sendo que uns dos pontos que ajudou nisso foi os capítulos serem curtos e a diagramação estar agradável, trazendo folhas amareladas e um ótimo tamanho na fonte dos textos.


 "Achados & Perdidos" foi uma leitura que teve alguns pontos negativos, mas que no geral me conquistou bastante, pois traz personagens carismáticos e humanos, com histórias emocionantes que passam boas mensagens para o leitor.
 Enfim, não foi uma história que me fez chorar, como diz a capa, mas me fez rir bastante e também me fez me sentir um pouco mais sábia, logo eu recomendo a leitura, pois acredito que há grandes chances da história também te conquistar, mas não é uma história super extraordinária, portanto, é bom ler sem grandes expectativas.

(livro recebido em parceria com a editora)

Deixe um comentário:

  1. Olá Larissa
    Terminei de ler esse livro faz poucos dias e para mim foi uma leitura bem proveitosa. E claro, foi ótimo poder conferir suas impressões a respeito. Também não me fez chorar, mas impossível não se divertir né? Concordo muito com sjas suas considerações..
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Oi.

    Quero muito ler esse livro. Ele me parece ser muito engraçado, leve e envolvente. Além de me parecer super delicado ao tratar a questão de abandono. Eu não gosto de diálogos em aspas, me irrito, confesso, mas eu espero não me perder também. Adorei suas considerações e espero ler logo. <3


    beijos! =)

    ResponderExcluir
  3. Essa chamada "uma história que vai fazer você rir, chorar e se sentir um pouco mais sábio" me deixa muito curiosa! Também não tenho o hábito de ler nada sobre os livros que vou ler, mas esse já está em minha wishlist. Que bom que te conquistou! Já estou mais confiante.
    beijos
    whoosthatgirrl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, Larissa

    Eu tenho um pouco de receio de ler essa história por conta da idade da Millie. Não sei, talvez eu possa não me identificar com ela, sabe? Isso tem acontecido bastante quando os personagens são novinhos. Mas não há como negar que a história parece ser muito emocionante, uma lição mesmo. E já morro de ódio da mãe dela por tê-la abandonado! :(
    Que pena que houve essas pequenas ressalvas, mas acontece.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Eu adorei este livro e foi um dos melhores que eu li este ano. Confesso que o dialogo entre aspas, me atrapalhou no inicio, mas depois eu peguei o ritmo e quando o livro acabou, senti saudade dos três personagens principais.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá
    Estou louca para ler esse livro.A questão da morte e do abandono são coisas delicadas de se lidar, mas parece que a autora soube tratar muito bem de uma forma leve e que no final pode até nos trazer uma lição. Queria entender a cabeça dessa mãe, por que pelo amor de Deus abandonar a filha quando ela mais precisa? ( coração de mãe aqui fica indignado com umas coisas dessas)
    Pretendo em breve ler o livro ❤

    ResponderExcluir
  7. Olá Larissa,
    Adorei conhecer sua opinião sobre esse livro.
    Já li muitas opiniões sobre esse livro e tenho muita curiosidade em relação a essa obra. Acho que a menina ter sido abandonada é terrível, sério, algo que não deveria acontecer com ninguém. Graças aos céus ela encontrou pessoas boas que podem ajudá-la. Consigo entender essas coisas que você diz que foram difíceis de aceitar. Acho que poderia achar isso também.
    Vou, apesar dos pontos negativos, anotar a dica, pois acho que posso gostar.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    Desde que vi que esse livro seria lançado, fiquei muito curiosa para fazer a leitura.
    As aventuras vividas pelos personagens com certeza prenderiam muito minha atenção e estou feliz em saber que algumas delas são bem engraçadas.
    Sem contar que é uma leitura leve e fluida, o que me dá ainda mais vontade de querer mergulhar na obra.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Já tinha visto esse livro, mas essa é a primeira resenha que leio dele. Fiquei chocada quando soube que a mãe da Millie a abandona, mas que bom que ela encontra pessoas boas e dispostas a ajudá-la em seu caminho. dica anotada!
    http://www.virandoamor.com/

    ResponderExcluir
  10. Que engraçado, toda vez que eu vejo alguma opinião, sempre me deixa indecisa. Algumas falam só dos pontos negativos, outras engrandecem os pontos positivos... Enfim. Gostei muito de saber a sua opinião. Parece mesmo ser um livro leve, mas que trata de assuntos bem pesados. Fico imaginando a maneira que isso foi desenvolvido no decorrer da história.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia esse livro, mas adoro histórias que me façam rir. E pra ser bem sincera, foi o único ponto que me atraiu no livro, fora a capa que é uma graça. Mas não gostei muito do plot. Irei pesquisar mais um pouquinho antes de decidir pela leitura ou não.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?!
    Achei a premissa do livro muito interessante e o desenvolvimento parece melhor ainda! Uma velhinha doida, um senhor imaginativo e uma criança deixada pela mãe irresponsável e idiota parece uma soma muito boa de resultado para uma excelente história!
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oie!!!
    Fiquei com uma dúvida: você nem lê a contra capa e/ou as orelhas do livro que vai ler? Se sim te acho muito corajosa por mergulhar de cabeça em rumo ao desconhecido, o que no mundo literário pode significar ler muita coisa boa, mas também ler algumas estórias muito ruins.
    Agora sobre o livro; pelo que entendi ao longo da jornada para encontrar a mãe de Millie vamos conhecer um pouco mais da própria estória do velhinho simpático e da velhinha louca de pedra e junto com o fato do abandono (esquecimento?) da própria Millie vamos nos emocionar e rir bastante? Bem pra mim o livro cumpre o que promete na capa e tem tudo pra ser uma boa leitura!
    Valeu pela dica!
    Bjinhos ;)
    Elaine M. Escovedo
    Caminhando Entre Livros
    Http://www.caminhandoentelivros.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro mas talvez leia... :) Ainda que não pareca fazer muito o meu estilo! Ainda bem que gostaste!

    Tem pontos negativos, claro! Realmente, e pena que não se identifique muito bem a quem pertencem as falas!... E as aspas não costumam ajudar em nada, não! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  15. Esse livro parece ser muito amorzinho. O(A) autor(a)(?) parece tratar pontos de grande carga emocional com muita delicadeza e de forma leve e fofa. Fiquei curiosa com relação ao passado e futuro dos personagens. Parece ser uma trama muito divertida, principalmente a personalidade da Agatha.
    Ótima resenha, beijos!

    ResponderExcluir
  16. Oie!
    Eu já li alguns livros assim, que esperava que iria chorar durante a leitura, mas que no fim, acabei rindo. Gostei da trama apresentada, e fiquei curiosa para poder ler esse livro. Uma ótima dica, já anotei esse nome para ler posteriormente.
    bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem? Nossa logo de cara eu odiei a mãe de Mille por ter abandonado sus filha sem entender que ela escreveu o nome do pai se forma inocente e não por maldade. Afinal apesar dela lidar vem com a morte tenho certeza que a vê de uma forma inocente aos olhos de uma criança. Apesar dos pontos negativos do livro eu fiquei com vontade de ler essas livro e saber qual será o desfecho.
    BJ

    ResponderExcluir
  18. Interessante como você mostrou os pontos negativos e positivos do livro. Mas um dos pontos negativos que você citou e que no meu ver chega a ser um pouco positivo, que é a história um pouco confusa em algumas partes, isos me faz com que eu volte atrás e releia o que não entendi, bem louco não é? rs

    ResponderExcluir
  19. Oiiiiii,

    Eu até gostei da premissa, achei um tema interessante e uma possibilidade de ver como tratar a morte e o abandono, mas sei lá os pontos negativos meio que me desanimaram um pouco rs
    Acho que vou anotar a dica e deixar para depois.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com/

    ResponderExcluir
  20. Olá, desde a primeira vez que li uma resenha desse livro eu soube que ele tinha que ser uma leitura obrigatoria para mim, os personagens parecem ser fofos e cativantes, do tipo que você quer ser amigos deles na vida real,mal posso esperar para realizar a leitura.

    ResponderExcluir
  21. Olá, tudo bom?
    Estou com esse livro em minha pilha de leitura e fiquei bem curiosa com as temáticas abordadas. Curti saber que a autora tratou de temas como perda, amizade, família e abandono de uma forma que consegue levar o leitor à reflexão. Vou passá-lo na frente da pilha, ainda que você tenha encontrado alguns pontos negativos ^^

    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  22. Ainda não conhecia o livro, mas a historia parece bem interessante, afinal, uma mãe abandonar a filha? É, não vemos muito isso em livros... O trio principal parece bem extrovertido? Enfim, a dica está anotada e irei ler assim que possível - e, espero que Millie, tenha encontrado sua mãe.

    ResponderExcluir

  23. Olá,
    Primeiramente, que capa linda! Sério! Fiquei apaixonada!Essa é minha cor favorita e me chamou muita atenção.
    E achei a resenha muito boa, também. Fiquei super curiosa em relação à história. Tenho certeza de que esse livro iria me agradar e me fazer lê-lo em questão de horas!
    Bjs

    ResponderExcluir
  24. Oii, tudo bem?
    Todo mundo tem falado super bem desse livro que eu estou curiosa para conhece-lo. Pelo que estou lendo sobre ele acho que eu vou gostar bastante, com certeza faz muito o meu estilo. Espero ter a oportunidade de lê-lo em breve.
    Adorei o post, parabéns.
    Abraços da Mary
    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Olá!
    O título do livro é muito condizente com a história. Achei esse trio muito legal e já odeio a mãe da Millie, como ela deixa uma menina sozinha. Por mais que estejamos passando por problemas não se pode fazer isso. A capa achei bem simples e se visse numa livraria não me chamaria a atenção, mas com sua resenha vou anotar a dica e ler assim que puder.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir

 
Criado por: Bruna Borges || Todos os direitos reservados || Tecnologia do Blogger