Home Sobre Mim Resenhas Colunas Contato Parceiros

Resenha: A última guerra


Título: A última guerra • Autores: Luiz Bras & Tereza Yamashita • Ilustradores: Gustavo Piqueira e Samia Jacinto Editora: Biruta • Páginas: 110 • Ano: 2008

 De início o que eu preciso falar é que "A última guerra" se trata de um livro com uma história bem simples e curta, mas muito impactante que vai chocar o leitor e fazê-lo refletir sobre tudo o que está sendo narrado.


 Nesse livro vamos conhecer Miguel, um garoto que pode ter 12, 13 ou 11 anos, nem ele mesmo sabe, isso tudo por causa da guerra, depois dela ele não tem mais noção de tempo, ele está completamente sozinho e não tem mais aniversários, então como ele vai saber a própria idade, não é mesmo? E é ele quem vai nos narrar tudo o que está acontecendo.
 Miguel narra de uma forma que parece uma conversa com o leitor, ele vai nos contando o que aconteceu e como se sente, mas como é apenas uma criança tudo é muito direto e ele não mede suas palavras, logo fala daquela forma bem sincera que só as crianças conseguem.
 De início o garoto não quer papo com o leitor, até o manda parar de ler, isso porque agora ele não confia em mais ninguém, a guerra faz isso com as pessoas, ela as torna inseguras e desconfiadas.
 Agora o pequeno Miguel está sozinho, ele vive com o que dão para ele comer ou até mesmo rouba, a única coisa que ele possui é uma mochila que encontrou algum dia por ai, mas o que ele não imagina é que essa mochila contém algo muito importante que vai mudar a vida dele.


 Eu gosto muito de histórias sobre guerra, porque elas sempre me emocionam e trazem coisas para pensar, além de sempre possuírem personagens cativantes e fortes, como é o caso dessa história.
 A gente não conhece muito sobre Miguel, ele não fala muito sobre ele mesmo e é uma história curta, mas o leitor se sente cativado pelo garoto logo no início, ele é forte e determinado, e a sinceridade dele é admirável, ele joga coisas na cara do leitor que vão te fazer ficar chocado e pensando sobre.


 Quando digo que essa história é curta é porque ela é realmente curta, não há muito texto, não tem uma história muito complexa e detalhada, mas é tão impactante que chega a ser admirável a forma como os autores conseguiram criar algo tão belo e reflexivo com tão poucas palavras.
 No meio da história há muitas ilustrações, sendo que não são imagens que o leitor vai parar e admirar achando lindas, elas são estranhas e confusas, logo causam um sentimento estranho de desespero no leitor, mas elas combinam com a história.
 Como comentei é um livro com pouco texto, logo a leitura é super rápida, dá para concluir em uma hora ou até mesmo em menos tempo, sem contar que o leitor se sente envolvido e curioso com a história de Miguel, então ele fica ansioso para saber tudo.
 Esse livro tem uma diagramação incrível com folhas de várias cores, o que é lindo, mas que no decorrer da leitura me causou um certo incomodo, porque as cores estavam me dando um pouco de dor de cabeça.
 No entanto, é realmente maravilhosa essa diagramação, sempre fico apaixonada pelo trabalho da editora com seus livros e como é uma leitura curta, as cores não vão te incomodar por muito tempo, pois a história acaba rapidamente.


 Esse é um dos livros mais difíceis que já resenhei, porque ele possui uma história curta que não dá para falar muito sobre, mas ele me causou muitos sentimentos e acredito que tenha esse poder em praticamente todos os leitores.
 É um livro que joga na sua cara que você está bem e deve aproveitar isso, porque nunca se sabe quando isso pode acabar e isso faz o leitor refletir sobre como está vivendo sua vida.
 O final do livro é tão incrível quanto a história em si, é algo surreal e feliz, mas algo que também vai fazer o leitor refletir muito. Ou seja, basicamente esse livro vai fazer o leitor refletir sobre a vida da primeira até a última página.
 Enfim, eu estou completamente apaixonada por esse livro e admirada com tudo, nada que eu fale na resenha poderá explicar o quanto esse livro mexeu comigo e para você ter noção do quanto a obra é admirável só lendo você mesmo, mas não posso deixar de falar que vale MUITO a pena conhecer esse livro.

(livro recebido em parceria com a editora)

Deixe um comentário:

  1. Olá
    Livro da Editora biruta sempre me interessa porque eles capricham demais em suas edições. Sou apaixonada mesmo! Não conhecia essa obra, mas já fiquei curiosa por conta da premissa. Deve ser uma leitura rápida mesmo, mas pelo que pude perceber, também é bem marcante.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Nossa! Eu não conhecia o livro e gostei muito da premissa. Eu também gosto de livros que falem sobre guerra e acredito que esse seria uma das leituras mais intensas sobre. Parece ser uma história forte e pelas suas impressões eu acredito que seja impactante mesmo.

    ResponderExcluir
  3. A capa do livro é intrigante e pelo que percebi pelas tuas fotos, a arte gráfica está bem caprichada também. Fiquei pensando na mensagem que o livro traz e quero ler o mais rápido possível.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi amoreca... já coloquei na lista de desejados...
    Através da resenha, muito bem desenvolvida e das fotos belíssimas, pude perceber que se trata de um livro que nos faz refletir sobre a vida, isso me instiga.

    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Esse livro parece ser extraordinário e impactante. Me agradou bastante saber que o livro é curto e que não há muito texto, pois acho que nunca li nada assim. Fiquei muito curiosa para conhecer Miguel e saber o que a história tem a apresentar, pois ele deve ter passado por coisas inimagináveis.
    Anotei a dica, com certeza.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Diferente de você, não gosto de histórias sobre guerras, mas esse livro conseguiu despertar meu interesse.
    Gostei de saber que o autor conseguiu criar uma história bela e reflexiva com poucas palavras. Também gostei da narrativa ser quase uma conversa com o leitor.
    Parece ser uma história bonita, emocionante e que passa mensagens válidas para quem lê.
    Dica anotada!
    Ótima resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Adorei conhecer esse livro por aqui. Nunca tinha ouvido falar dele, é a primeira vez. E... Bom, eu gostei muito. Senti vontade de conhecer a história de Miguel, como as coisas aconteceram, como são as coisas ao seu redor, etc. E como eu também adoro histórias ambientadas/sobre/com menções de guerra, fiquei mais curiosa ainda para conhecer "A Última Guerra".
    Ah, outra coisa que eu achei bacana também é que pelo que você disse, é possível lê-lo em pouco tempo e eu adoro leituras rápidas.
    Beijos
    Historiar

    ResponderExcluir
  8. Livros reflexivos como estes, que nos colocam em questionamentos, são sempre muito bem vindos. Eu não conhecia este, e apesar de não ter gostado muito da capa, deu para perceber que o conteúdo vale a pena.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Oie...
    Adorei sua resenha!
    Achei a premissa muuuito interessante e como é um livro que fará o leitor refletir acho que é uma boa pedida pra mim, pois, ando adorando esses livros ultimamente.
    Livros que trazem a guerra como tema sempre me agradam , pois, mostra um ser humano mais real.
    Beeeijos

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Eu não conhecia o livro, mas eu ADOREI o estilo que ele é escrito. Além de gostar muito de histórias de guerras, gosto também quando o autor conversa com o leitor. E o personagem/narrador ser uma criança deve nos deixar mais triste ainda.
    Imagino que consegue passar uma boa mensagem para a gente.
    Essa trecho que você tirou a foto é bem forte! Mas já dá para ter uma ideia de como a história passa.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Então, não conhecia o livro, mas achei interessante o contexto dele e fiquei curiosa quanto a narrativa, pelo o que você disse é um livro pequeno porém possui uma história muito profunda né? Vou anotar a dica e assim que possível vou da uma conferida

    ResponderExcluir
  12. Olá,

    Confesso que não conhecia o livro, mas a diagramação dele me deixou bem interessada. Amo o assunto, penso que é um gênero muito amplo pra histórias sensacionais. Espero ter a oportunidade de lê-lo um dia.

    Abraços,

    ResponderExcluir
  13. Oi.

    Assim como você, eu me emociono muito mesmo com livros de guerra. Acho que sempre são histórias muito sensitivas.. Achei a capa desse livro muito linda e misteriosa, assim como a premissa do livro, pois por ser uma história curta, eu não entendi alguns pontos levantados, mas que fiquei curiosa, isso eu fiquei. Com certeza eu anotei a dica.


    beijo!

    ResponderExcluir
  14. Não conhecia o livro e tenho que concordar com você sobre a diagramação. Pelo pouco que você mostrou já dá para perceber que ela está incrível mesmo. Entretanto, apesar da boa resenha, acho que não leria o livro, pois, ao contrário de você, não curto histórias sobre e/ou ambientadas na guerra. Acho um período muito triste para ser explorado.
    Mas eu nunca digo nunca! ;)

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Olá.

    Eu nunca me interessei por livros com temáticas em guerra, mas agora lendo sua resenha fiquei curiosa e com muita vontade de ler. O livro realmente tem uma cada muito bonita e amei suas fotos. Apesar de ter poucas páginas, vejo que vc tirou um grande proveito da leitura. Amei!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    Eu não sabia dessa publicação desse livro, mas não sei se faria a leitura, pois não gosto de livros de guerra. Quando comecei a ler a resenha e traz que ele não sabe nem a idade, e tem pouco para comer, já começou a dar uma dor no coração.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  17. Eu também gosto muito de histórias sobre guerras, e essa parece ser muito emocionante. Essas situações difíceis envolvendo crianças sempre me tocam. Miguel parece ser um personagem bem cativante mesmo e, certamente, está cheio de motivos para não confiar em ninguém. Não gostei muito da capa, mas de resto o livro me interessou muito. Farei a leitura assim que possível.

    Tatiana

    ResponderExcluir
  18. Oi moça! Como vai?
    Passei aqui para dizer que adorei essa tua resenha e que amei o livro mais ainda! Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas agora estou muito interessada nele. Espero poder encontrá-lo dentro em breve.
    Abraços!

    ResponderExcluir

 
Criado por: Bruna Borges || Todos os direitos reservados || Tecnologia do Blogger