Home Sobre Mim Resenhas Colunas Contato Parceiros

Filme: Universo no Olhar


 Oioi, gente! Aqui estou eu novamente para indicar um filme para vocês, essa indicação não é muito conhecida, tanto que acredito que poucas pessoas conhecem, mas é um filme muito interessante e por isso vale a pena vocês lerem o post. Vamos lá?


 "Universo no Olhar" é uma ficção científica que fala sobre os olhos e o quanto eles são únicos, apesar das cores dos olhos de algumas pessoas serem parecidas ou até mesmo iguais, há algo que difere, cada pessoa possui uma iris única.


 O filme começa com Ian, um cientista que se dedica ao estudo dos olhos e por isso é fascinado por eles, tanto que tem a mania de sempre fotografar os olhos das pessoas.
 Ele está em uma festa a fantasia, lá ele encontra uma garota que o atrai e os dois acabam ficando juntos ali, mas a garota some e ele não sabe nada sobre ela, apenas tem a foto que tirou de seus olhos.
 Desde então ele está a procura dela, até que um dia ele começa a seguir alguns sinais e eles o levam até uma fotografia dos olhos dessa garota e então ele descobre quem ela é e seu nome é Sofi.


 Eles então se encontram, a garota é muito espirituosa e diz que os sinais foram mandados por ela, ela fala sobre várias coisas sobre esse assunto, mas Ian é cientista e só acredita em fatos, logo não liga muito para o que a garota diz.
 Os dois estão muito felizes juntos, mas isso não vai ser por muito tempo, Sofi acaba morrendo (isso não é spoilers, está na sinopse do filme) e para superar isso Ian se casa com sua assistente de laboratório.
 Agora Ian é um homem casado, que está preste a ser pai e que conseguiu concluir uma pesquisa muito importante, o que o tornou um cientista muito famoso.


 Assim que o filho de Ian nasce, o hospital decidi fazer um teste de iris na criança para cadastrá-la no sistema e algo muito curioso acontece, ao ser analisada a iris do bebê, as informações de um outro homem aparecem, o que de início parece apenas um erro no sistema, mas que não é bem assim.
 Então uma médica liga para Ian e diz que precisa fazer alguns testes com seu filho, pois o mesmo apresenta alguns sinais de autismo, mas esse teste é um tanto estranho e então Ian e sua mulher decidem investigar mais sobre isso.


 É um filme muito curioso que faz com que a gente questione muitas coisas e é uma história muito bem elaborada, ela vem falar sobre reencarnação de uma forma científica, o que é extremamente interessante.
 Geralmente as pessoas no meio científico são bem descrentes e o filme vem para questionar isso e mostrar que todos precisamos ter alguma fé em coisas que embora não sejam fatos, existem.


 Uma parte que gostei muito no filme foi quando Sofi estava no laboratório de Ian e o questiona sobre um experimento que ele estava fazendo com uma espécie de minhoca cega, nesse experimento ele conseguiu fazer com que a minhoca enxergasse.
 Então Sofi diz que embora a minhoca não conseguisse enxergar a luz, a luz é algo que existe e alguns seres a enxergam, mas não é porque a minhoca não enxerga que não existe.
 Com isso ela quis fazer uma comparação com o mundo espiritual, dizer que embora a gente não o enxergue, ele existe e há pessoas que o enxergam.
 Sofi é uma personagem que não fica o filme todo, na realidade ela morre cedo, mas que vem para mostrar para Ian que há muitas coisas na vida que a ciência não compreende e não explica, mas essas coisas são reais e é preciso nos permitir sentir e viver essas coisas, mesmo que elas questionem tudo o que a gente acredita.


 Esse é um filme que me tirou da minha zona de conforto, eu não costumo ver e nem ler histórias assim, mas eu fui completamente conquistada, porque é uma história complexa, que fala sobre um assunto delicado e que me fez questionar muitas coisas e refletir bastante sobre tudo.
 É um filme que eu achei incrível, diferente de tudo o que já tinha visto, essa história possui um lindo romance, mas vai muito além disso, aborda temas muito interessantes e curiosos.
 É aquele tipo de filme que vai te fazer parar e ficar pensando sobre durante um bom tempo, porque traz mensagens espirituais muito bacanas e tem um choque entre a ciência e o mundo espiritual.


 "Universo no Olhar" foi um filme fantástico para mim, é difícil falar sobre ele porque é uma história bem complicada que me causou diversas reflexões e ainda causa, mas é um filme que vale muito a pena e eu recomendo para todos.

Deixe um comentário:

  1. Oi Larissa, eu realmente nunca tinha ouvido falar desse filme. Fiquei bem curiosa sobre o desenrolar dos fatos, especialmente sobre a questão dos olhos e de como Ian superou a morte de Sofi. Por suas descrições, as coisas parecem bem complicadas, pelo menos no meu ponto de vista sabe... imagino mesmo que traga várias reflexões. Fiquei curiosa e vou procurar para assistir esse filme.
    beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Ola Lari lindona não conhecia o filme, mas gostei muito da premissa dele, e a forma como os fatos vão acontecendo devem prender a atenção. Fiquei bem intrigada com o filho de nosso casal e o mistério que o está rondando. Dica anotada. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  3. Lari, semana passada eu iniciei uma coluna sobre séries e filmes no Blog, tô ficando em filme cult ou cinema de primeira, e acredito que esse seja o cult que eu precisava pro momento. Amei a indicação, amei. Quando eu resenhar deixo aqui pra você.
    Bjs
    Tayletitshine.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Nunca tinha ouvido falar de nada sobre, mas cara, amei conhecer! Li do inicio ao fim, presa a leitura mesmo, amei Sofi, fiquei curiosa quanto à história do filho de Ian :) vou procurar pra assistir

    Peixinhos, Gabbe!
    Tem post novo, fanpage pra curtir e um insta muito legal *-*
    Blog: Talo de Maçã ♥ |Fanpage ♥ |Instagram ♥

    ResponderExcluir
  6. Oi
    Não curto ficção científica e confesso que esse filme não chamou minha atenção no momento.
    Mas gostei muito das suas impressões e dá para perceber que vale a pena sim dá uma conferida.
    Anotei a dica para uma futura oportunidade.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Ainda não conhecia o filme, mas achei a premissa fantástica!
    Essa questão das íris sempre foi uma coisa que ficou muito em minha mente.
    Um ponto que me deixou bem curiosa foi a questão da minhoca cega.
    Apesar de não ser algo que costume ver com frequência, fiquei bem curiosa com esse filme!
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  8. Oi *--*

    Como eu não conhecia esse filme ainda?????? Adoro esse ator e já assisti alguns filmes dele. A premissa do filme é muito boa e fiquei bem curiosa principalmente por trazer questões reflexivas e ter tirado da sua zona de conforto. Com toda certeza irei assisti-lo.

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Eu adoro filmes que me tiram da zona de conforto, por isso to sempre vendo cinema francês, belga, russo e recentemente o meu queridinho cinema alemão. Tem muita coisa de qualidade por ai que Hollywood esmaga e não deixa ninguém ver. Tenta pelo menos. Eu não conhecia esse filme e fiquei muito curiosa a respeito deles. Os protagonistas parecem ter uma quimica bem bacana e o livro parece abordar questões importantes. Acho que vou adorar. :D

    valeu pela dica. :D
    beijo!

    ResponderExcluir
  10. Oiee ^^
    Eu ainda não conhecia esse filme, mas achei a premissa muito interessante, pois nunca vi livro/filme/série que tratasse de algo parecido ou igual. Achei a história muito original, gostei. Não é bem a minha zona de conforto também, mas é bom sair dela de vez em quando e conhecer filmes novos, né? Dica mais do que anotada :)
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Eu ainda ñao conhecia o filme e á princípio ele não me despertou interesse, não estava curtindo muito a premissa dela. Mas quando cheguei na parte do exame da criança eu me interessei. Fiquei curiosa para saber o porque disso ter acontecido e saber o que vai dar no final.

    ResponderExcluir
  12. Oie Lari! Não conhecia este filme, mas este ator principal é familiar para mim, vou pesquisar sobre ele haha. Gostei da premissa do filme, esta parte de laboratório sempre me encantou, as pesquisas, as técnicas, as descobertas, pena que não sou boa nas matérias para seguir carreira de algo que admiro!

    Beijão da Lari!
    Brilliant Diamond |Fan Page

    ResponderExcluir
  13. Hello!
    Que interessante! Não conhecia esse filme, mas vou procurar
    É legal esses filmes que fogem do padrão blockbuster né? Gosto bastante.
    E me pareceu bastante filosófica, até poética, a história do Ian (estou com peninha da Sofi ter morrido). Fiquei curiosa e ansiando por mais, sobre os mistérios ao redor do filho dele.
    Bj

    ResponderExcluir
  14. Oi :),
    Eu realmente nunca havia ouvido falar sobre esse filme, mas fiquei encantada com a sinopse. Eu também sou fascinada por olhos, e achei que essa ideia de misturar o lado científico com o espiritual muito interessante.
    Será que tem no Netflix?
    Beijos!
    http://caindonacultura.com

    ResponderExcluir
  15. Oie!
    Eu não tinha ouvido falar desse filme, mas fiquei curiosa com essa trama. Bem interessante o estudo que o jovem estava fazendo, até mesmo sobre o questionamento da reencarnação. COm certeza eu preciso assistir esse filme, e ver tudo o que acontece.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Não conhecia ainda esse filme, mas adorei poder ler sobre ele com esta resenha. Esta questão de reencarnação é uma coisa que sempre me faz pensar muito a respeito, pois não sei se realmente acredito ou não, e vejo que pode ter sido este mesmo o sentimento do Ian diante de tudo o que via acontecendo. Quero muito ver esse filme, com certeza me trará novos pontos de vista nos quais pensar. Beijos! ^-^

    ResponderExcluir
  17. Olá! Eu não conhecia o filme, mas achei bem interessante a proposta dada por ele. Fiquei curiosa sobre o interesse do cientista por se dedicar ao estudo dos olhos e para descobrir os mistérios por trás do nascimento de seu filho, assim como os suspeitos testes que irão fazer. Já anotei a indicação e tentarei assistir em breve, pois acho ótimo produções que transmitem grandiosos ensinamentos.

    Beijos,
    Fernanda Goulart.

    ResponderExcluir
  18. Ooi
    Não conhecia o filme, parece muito bom.
    Parece ser bem original. Já vou anotar o nome aqui!
    Antes não gostava muito de ficção científica, mas após alguns filmes incrível e haha agora amo.
    Beijoos!
    www.estantemineira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Por isso é sempre bom sairmos da nossa zona de conforto: encontramos coisas excelentes!
    Tô sempre caçando filmes, livros, documentários diferentes, e sua dica está super anotada. Parece ótimo!

    ResponderExcluir
  20. Oi Larissa, sabe que eu não conhecia esse filme ainda e sua crítica me deixou bem curiosa, ainda mais eu que adoro esses filmes que nos fazem refletir. E ele também me faria sair da minha zona de conforto, mas já que você saiu da sua e gostou, acredito que irei gostar também.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  21. Ola...

    Então pra filmes eu sou mais Terror,Suspense e Ficção Cientifica né,porém eu não vou dizer que não irei procurar para assistir até pq sou curioso gosto do novo do diferente e lendo aqui eu gostei e quero ver mais fiquei curioso vou procurar o trailer para ver,mas darei uma olhada sim adorei vlw.

    Abraços!
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Oii, tudo bem?
    Eu adorei a premissa desse filme! Eu nunca tinha visto algo igual, e o desenvolvimento dele parece ser fantastico. Eu adorei o modo como você abordou o assunto central do filme, e também a atração do personagem pelos olhos.

    ResponderExcluir
  23. De fato, não conhecia o filme, mas me parece ser muito bom, eu gosto muito do gênero. Fiquei com pena por Sofi ter morrido, mas pelo que li na sequência do seu texto, era importante que isso ocorresse para que Ian compreendesse algumas coisas. Vou ver se consigo assistir a esse filme ainda neste fim de semana, pois gostei bastante. Dica anotada!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  24. Oi Lari, tudo bem?
    Adoro filmes que me tiram da minha zona de conforto e esse parece ser um deles. Além disso, adoro ficção científica. Bem interessante a premissa de estudar a íris de cada pessoa e como o Ian chegou a Sofi por causa disso. Eu fiquei imaginando alguma relação entre a Sofi e o filho que o Ian tem com a sua esposa. Gostei de saber que o filme ainda levanta o questionamento sobre fé e ciência que sempre me chamou a atenção. Não tenho dúvidas que irei assistir o filme, a premissa é bem interessante.
    Beijos

    ResponderExcluir

 
Criado por: Bruna Borges || Todos os direitos reservados || Tecnologia do Blogger