Home Sobre Mim Resenhas Colunas Contato Parceiros

Resenha: Eu estive aqui


 Eu já li um livro da Gayle e fui decepcionada com a história, por isso não tinha muita empolgação em ler outro, mas acabei pegando "Eu estive aqui" para ler e não me decepcionei, foi uma história bem melhor do que a primeira que li da Gayle.

Título: Eu estive aqui  • Autora: Gayle Forman  • Editora: Arqueiro  • 
Páginas:
240  • Ano: 2015


 Em "Eu estive aqui" iremos conhecer Cody, uma garota que está devastada por conta do suicídio da sua melhor amiga, de certo modo ela se sente culpada, pois como melhor amiga devia saber o que estava acontecendo com Meg, mas ela não sabia e estava distante da amiga.
 Cody viaja para a cidade onde Meg estava fazendo faculdade para pegar seus pertences, lá ela começa a descobrir algumas coisas e suicídio não é algo que sua amiga faria, então a garota decide que irá investigar a morte de Meg e tentar descobrir qual foi o motivo.
 No meio de toda essa investigação, Cody irá conhecer muitas pessoas e entre elas está Ben McCallister, o cara por quem Meg era apaixonada e é ele quem irá ir até o final com Cody para descobrir o que realmente aconteceu com Meg.


 Eu gostei da história, mas confesso que não fui realmente conquistada, a Cody é uma personagem interessante e cativante, ela é decidida e vai até o final, mas não consegui me apegar a ela.
 O Ben é um personagem que eu não gostei tanto assim, o achei bem egoísta em alguns momentos, o típico personagem masculino que tem todas aos seus pés e quando não tem, vocês já sabem o que acontece.
 O romance do livro eu não gostei muito também, foi bem clichê o desenvolvimento dele, aquela coisa de no começo se "odiarem" e depois se "amarem", definitivamente eu estou cansada de histórias assim.


 No entanto, o assunto que o livro aborda é muito bom, falar sobre suicídio é difícil e criar uma história sobre também, por isso gostei da história, porque a autora soube criar uma trama em que o leitor vai descobrindo aos poucos o motivo da personagem ter se matado e todo o drama que ela vivia para isso.
 Além disso a autora nos traz uma história real, ela foi baseada em Suzy Gonzales, uma garota que na mente de todos nunca cometeria suicídio, mas que cometeu, assim como Meg, por isso a história se torna mais interessante ainda.


 A capa do livro eu acho interessante por que segue um certo padrão com o outro livro da autora, mas confesso que não gosto tanto assim e também não acho que representa bem a história.
 Por dentro o livro está bem simples, não há detalhes nos capítulos, sendo que eles são curtinhos, o que proporciona uma leitura mais fluida. O texto está em um ótimo tamanho para leitura, além disso as folhas são amareladas.


  Embora o livro tenha pontos negativos que não me agradaram, ao todo foi uma ótima leitura, pude aprender bastante com ela e tirar belas lições, e é por isso que recomendo a leitura para todos, acho que todo leitor irá conseguir tirar pelo menos uma lição/aprendizado dessa história tão triste e que acontece com frequência.

(livro recebido em parceria com a editora)

Deixe um comentário:

  1. Olá,
    A autora abordou um tema bem complicado, falar sobre algo que incomoda muita gente e não é fácil de lidar.
    Quando alguém comete um suicídio, ficamos sempre querendo entender o que fez a pessoa fazer isso, até que ponto chegou!
    Sempre digo que amo histórias que nos trazem algum aprendizado e nos levam a reflexão. Pelo que eu vi, essa história faz isso!
    Beijos
    www.conchegodasletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Eu ainda não li nada da Gayle mas queria muito ler esse livro e ver o filme do outro livro dela. Eu adoro quando os capital são curtinho, isso faz minha leitura ser mais rápida e não cansa nada. Espero ter a chance de comprar esse livro ainda essé mês
    Abçs

    ResponderExcluir
  3. Oi Larissa :D
    Eu particularmente amei Se eu ficar e Para onde ela foi então Eu estive aqui entrou para a meta de leitura desse ano.
    Espero que eu goste também haha

    Beijos
    http://julianamoreire.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olá.
    Ainda não li nada da autora, mas tenho muita curiosidade quanto um. Mas não sei se leria esse, fiquei um pouco traumatzada com o tema suicídio depois que li uns livros que tratam o tema de forma mei leviana e como tenho um caso muito próximo a mim eu não gostei nada nada. Então vou esperar um pouco mais para pegar um livro com o tema novamente.
    Bejinhos

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    O que mais me chamou atenção foi ser baseado na história de uma suicida real.
    Concordo com você, escrever uma história desse tipo deve ser muito difícil, até porque é difícil de ler sobre também.
    Pena que o livro tem essa parte meio clichê, também canso um pouco disso, mas confesso que às vezes sou contagiada por romances clichês kkkk.
    bjs
    diariodeumapsicopedagoga.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Lari lindona o tema abordado do livro é de suma importância, na verdade não sei se existe um motivo real para alguém tirar sua própria vida. Uma pena que os protagonistas não te conquistaram. Vou deixar para ler em outro momento. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  7. Oi La, tudo bom?
    Também não gostei muito do livro que li da autora, foi Se eu ficar. eu gostei um pouco da protagonista mas a história não conseguiu me ganhar de verdade sabe... Por isso não tenho vontade de ler outros títulos da mesma... não teria a mesma paciência que você. Mas enfim, quem sabe um dia...

    ResponderExcluir
  8. Adorei a resenha, o tema é um pouco polemico as pessoas não gostam de falar sobre o assunto mais o livro tem uma lição e tanto, fiquei louca pra ler.
    Beijos

    Blog Segredos da Cáh
    Instagram
    Facebook
    Canal do You Tube

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Oi Lari, até agora só li um livro da autora e até que gostei. Sobre eu estive aqui, achei o enredo bem interessante, mas o que me fez colocar na lista de leitura com certeza foi o fato de se basear em uma história real. Amo esse estilo e com certeza irei ler esse em breve.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  11. Oi Lari, até agora só li um livro da autora e até que gostei. Sobre eu estive aqui, achei o enredo bem interessante, mas o que me fez colocar na lista de leitura com certeza foi o fato de se basear em uma história real. Amo esse estilo e com certeza irei ler esse em breve.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  12. Eu não li nada da Gayle ainda, na verdade, por ela ter caído no gosto de todo mundo é um dos motivos para me manter distante, pois eu sempre, sempre me decepciono com com a maioria dos livros modinhas, são raros os que me agradam. Por isso nem me interessei por esse livro quando a Editora encaminhou o pedido no lançamento dele, nem li a sinopse, passei direto... rsrs... então essa é primeira resenha que leio dele... rsrs... pelo que disse, o livro tem uma carga interessante, mas ao final creio que terminaria com a mesma visão que teve. Seria um livro bom, mas não tão excelente quanto pregam os ávidos por ai... rsrs.. Não sei se leria, mas ao menos já sei o que posso esperar dele caso um dia tenha a oportunidade de lê-lo.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  13. Olha até hoje estou com receio de fazer a leitura desse livro por ser algo pesado seilá, mas mesmo assim eu quero ler, porque adoro os livros da Gayle e ela sempre desenvolve muito bem suas tramas. Mas gostei da sua sinceridade e percebi que a personagem não te envolveu tanto como deveria, isso é bem chato e acontece infelizmente, mas se a trama como um todo te envolveu isso de alguma forma já ajuda, porque quando se torna uma leitura arrastada ai sim é insuportavel. Agora esse lance de investigação me chamou atenção e por isso deve ser interessante acompanhar, mas vou ver ainda quando irei ler e ainda estou com receio até de ler o novo livro e de ser algo ainda mais pesadinho sabe? Mas queria muito ter a coleçào da autora na estante, embora eu goste mais dos romances, mas não sei ainda, vamos ver...

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/01/50-fatos-literarios-sobre-mim.html

    ResponderExcluir
  14. Olá; ótima resenha. Ainda não li nada da autora, mas tenho vontade de ler. Talvez começasse por esse livro, já que ele aborda um tema que me interessa muito em leituras.

    ResponderExcluir
  15. Oiii!

    Eu adorei essa leitura. Acho que a autora foi bem feliz utilizando um caso real e hoje como ela conquista um numero muiito grande de leitores, alertar sobre esses grupso é ótimo.
    A narrativa foi simples e me deixou bem encantada pois li em poucas horas.
    Gostei da sua resenha :D

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  16. Olá!

    Sou apaixonada pela Gayle Forman, já li quase todos os livros, e sou apaixonada pela escrita dela. Eu estive aqui está em segundo lugar no meu ranking melhores da Gayle.
    Eu super me envolvi com a estória, e acredito que ela soube tratar do tema com perfeição e realismo. E por ter colocado um pouco de suspense na estória, isso deixo a leitura muita rápida. Amei super!

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. toda vez que eu vejo uma boa resenha desse livro lembro que eu perdi uma promoção maravilhosa da saraiva porque perdi o boleto da Saraiva na mudança, mas tudo bem... Terei outras oportunidades. Virei fã da autora depois de ler Se eu ficar, mas meu livro preferido dela é Apenas um dia.
    Essa história de suicídio sempre acaba me deixando curiosa. Uma coisa que você comentou e me chamou a atenção foram os capítulos curtos... Eu gosto disso

    ResponderExcluir
  18. Minha relação com a Gayle Forman foi amor à primeira lida... Gosto de todos os livros que li dela e esse em especial, tenho um carinho enorme porque ela abordou um tema muito pesado, não se escondeu mediante os argumentos e trouxe muita maturidade para a protagonista. Como você muito bem colocou na resenha, acho difícil ler este livro e não tirar um aprendizado.
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Oiee ^^
    Falar sobre suicídio é mesmo difícil, mas achei que a Gayle conseguiu fazer isso com uma história muito bonita. Sou uma grande fã dela, e gostei muito desse livro ♥ O fato de ter sido baseado numa história real, e também de poder ser a história de centenas de pessoas faz com que a história seja ainda melhor ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br/2016/01/novidades-de-janeiro-josy-stoque.html

    ResponderExcluir
  20. Olá!

    Apesar de você não ter sido muito cativada pela leitura, acho que é uma leitura que eu faria. A estória parece ser muito interessante e acho que é um alerta para ficarmos atentos AA pessoas que gostamos e enxergar os sinais para tentar ajuda-las e evitar que o pior aconteça.imagino que talvez eu goste do romance do livro, mas pode ser que em alguns momento eu o ache forçado. Ainda desejo ler esse e outros livros da Gayle.

    Beijinhos!

    www.cantinhocult.com

    ResponderExcluir
  21. Olá,

    Eu li esse livro numa tarde. Confesso que não gostei de nenhum dos personagens. Cody é sem vida. Ben é egoísta ao extremo e os demais...são o resto.

    Eu gostei bastante do tema abordado: Suicídio e Depressão. Foram bem elaborados e demonstrados aos leitores.

    Beijos!
    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/01/resenha-o-ultimo-dos-canalhas.html

    ResponderExcluir
  22. Oie! A autora aborda um tema bem polêmico e doloroso para algumas pessoas, mas o fato de ela não ter feito isso da melhor maneira faz com que eu perca a vontade de ler. Não sei se a protagonista chamaria minha atenção, pois não curto muito esse assunto de "investigação com as próprias mãos". E seus comentários sobre o romance também me deixaram com um pé atrás pois, realmente, estão saindo tantos livros onde os personagens se odeiam e logo se amam que o assunto está ficando chato, cansativo. Dos livros da autora, o que eu tenho mais curiosidade em conhecer é Se Eu Ficar. ♥ Adorei a sua resenha e o modo como expôs todos os seus comentários e opiniões. Que pena que teve experiências ruins com a autora e que essa leitura, apesar de não ser decepcionante, também não foi uma das melhores. Tomara que as próximas leituras sejam maravilhosas!

    Beijos,
    Fernanda F. Goulart,
    Império Imaginário.

    ResponderExcluir
  23. Oi!
    Eu desencantei com a autora com o primeiro livro dessa série, é chato, parado e não tem nada de emocionante como todos viviam dizendo.
    E mesmo as pessoas falando que as continuações são boas fico sem querer pegar, afinal peguei um trauma dela. srrsrs
    O tema desse livro parece bem interessante, e importante, uma pena que algumas coisas na história atrapalham bem o desenvolvimento maior do livro.

    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir
  24. Dessa autora eu li apenas o livro Se eu ficar. Ao contrário de você, gostei da obra, embora tenha achado a história muito triste. Li antes de ver o filme, então não conhecia a história e levei um choque na hora do acidente. Se este livro é melhor do que Se eu ficar, então creio que vale a pena arriscar a leitura (ainda que não tenha sentido muito entusiasmo da sua parte pelo livro). A minha única dúvida é quanto ao tema, pois me parece meio pesado. Claro que acho importante que se discuta mais sobre o suicídio, pois há pesquisas que apontam um aumento significativo de casos desse tipo. Mas é, certamente, uma leitura para se fazer em um momento certo. Quanto às capas, achei as duas muito feias!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  25. Só li uma duologia da autora e já me deparei com altos e baixos suficientes, o primeiro foi meia boca e o segundo amei demais! Gosto de livros que trazem essas temáticas mais pesadas, principalmente se trazem a impressão de serem reais. Que pena que o romance do livro não te convenceu pois ele poderia ser bem usado para aliviar a trama.
    Já a capa eu gostei de ter usado um fundo preto e só.
    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Bom, eu também fiz uma leitura da Gayle que foi frustrante e até hoje não tive coragem de ler mais nada da autora, mas é bom ouvir de alguém que também já se decepcionou que fez uma nova boa leitura.
    Vou pensar em dar uma chance, e vou tentar com eu estive aqui porque ele é escrito com base numa história real.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  27. Olá!
    Eu nunca li nada da autora porque nunca nada me chamou atenção. O livro parece ser bom, mas não é tudo aquilo que eu vi os fãs falavam.
    Suicidio é um tema complicado e eu leria esse livro por tratar desse tema, e nada mais.
    Também acho que a editora deveria ter caprichado mais na capa. Não gosto do fato dela ser parecido com a do outro livro da autora.
    Beijos, Tabatha
    http://aproveiteolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Oie Lari!!
    Puxa fazia muito tempo que não dava uma passadinha pelo Srta Bookaholic, o blog está lindo!
    Confesso que quando os livros da Gayle começaram a serem lançados por aqui fiquei super empolgadas em lê-los, porém a empolgação foi se perdendo com o tempo. Até tentei ler Se eu ficar algumas vezes, mas a leitura não fluiu. Meio que desisti dos livros dela por enquanto. Mas vamos ver se me animo no futuro.
    bjs

    ResponderExcluir

 
Criado por: Bruna Borges || Todos os direitos reservados || Tecnologia do Blogger