Home Sobre Mim Resenhas Colunas Contato Parceiros

Resenha: Sugar

SugarTítulo: Sugar
Autora: Vanessa de Cássia
Editora: Madras Hot
Gênero: Hot
Páginas: 128
Sinopse: Sugar - Flora é uma professora de Inglês muito dedicada, esforçada e carente. Ela é uma devoradora de livros e os vê como seu refúgio. Busca constantemente nas histórias a sua própria história! Maravilhada com esse novo universo de livros eróticos, ela se vê tentada a buscar diversas aventuras, até que... sua campainha a desperta para novas sensações... Sabe aquele vizinho deliciosamente quente e impossível de resistir? Bem, justamente aquele que vem com uma placa pendurada em seu tanquinho perfeito escrito: PERIGO! E seu sistema interior avisa: CORRA! Mas sua força e desejo fazem justamente o contrário... Te empurra e te incentiva a cair num precipício de prazer... Te deixa de joelhos só para apreciar a melhor vista! E que vista... Agora me diga, se seu vizinho lindo de morrer batesse em sua porta pedindo um copo de açúcar em troca de prazer, o que faria? Abra a porta de sua imaginação, e descubra o que Flora fez...! Ela escreveu sua história... Num conto pra lá de açucarado... Com um começo arrebatador... Um meio recheado de prazer... E um final pra lá de feliz – docemente sedutor!

 Eu não sou fã de livro hot, porque a maioria parece a mesma coisa e não traz nada para a vida do leitor, é aquele tipo de história que você lê por ler, porque sabe que dificilmente vai ter uma mensagem importante ou algo que te faça refletir, por essa razão eu quase sempre dispenso qualquer livro desse gênero.
 "Sugar" é um livro que eu jamais iria comprar para ler ou até mesmo emprestar, pois só de olhar para a capa já sabia que não seria uma leitura que me agradaria, mas acabei recebendo da editora mesmo depois de cancelar a parceria e vou cumprir a minha parte falando sobre o livro.


 Nesse livro conhecemos Flora, uma professora de inglês que está carente ao extremo e para piorar tem um vizinho muito bonito, então sua amiga empresta 50 tons para ela ler e em um dia que a carência bate muito forte Flora decide que irá ler e usar sua calcinha vibratória para ter algum prazer que faz tempo que não tem.
 Tudo está indo bem, Flora está nua e pronta para sentir prazer, mas então seu vizinho bate em sua porta pedindo por uma xícara de açúcar e ainda por cima ele quer entrar no apartamento dela.
 Flora tenta resistir, mas ele acaba entrando e diz para ela que em troca do açúcar irá lhe dar prazer, ela quer recusar, mas ele é tão lindo que ela não sabe como, além disso ela está carente e atraída por ele.
 Logo os dois começam a se "pegar" e desse dia em diante se encontram com frequência, mas é tudo por sexo, não querem que role sentimento, mas com o tempo isso fica impossível para Flora, pois ela o quer só para ela.

"Acho que não há nada pior do que mulher insatisfeita, infeliz e com dúvidas, ela sempre acaba se culpando por algo que é apenas da mente dela."

 Outro motivo por eu não gostar de hot é porque a maioria não tem um romance bem desenvolvido, acontece de uma hora para a outra e de repente eles estão apaixonados e se amam loucamente.
 E é isso que acontece com Flora e seu vizinho, eles mal se conhecem, mas topam transar um com o outro porque estão atraídos, com o tempo eles se apaixonam, só que eles continuam mal se conhecendo, porque quando se encontram rola sexo e mais nada e então eu me pergunto: Como amar alguém sem conhecer nada sobre a vida dessa pessoa? É possível amar alguém só porque ele é atraente e transa bem? Eu acho isso fútil e esse desenvolvimento ruim no relacionamento de Flora com seu vizinho foi algo que não me agradou.
 Eu não esperava um romance arrebatador e emocionante, mas esperava pelo menos um relacionamento mais bem desenvolvido entre os personagens e não algo rápido e superficial como foi.


  Paulo, o vizinho, é o típico homem sem vergonha que nunca amou ninguém, que só quer saber de sexo e diversão, ele é forte, bonito e galanteador, logo a maioria das mulheres caem de amores por ele, ou seja, ele é aquele clichê do bad boy perfeito.
 A Flora não é uma mulher perfeita, tanto que ela nem acreditou que Paulo realmente quisesse ela, ou seja, ela é aquela personagem coitadinha que não chamava a atenção dos homens e de repente tem um deus grego nas mãos e com isso se torna uma submissa e faz o que ele quiser.
 Como já falei Flora não é uma mulher perfeita, mas então parece que ela se torna a mulher perfeita e atrai os homens da academia de Paulo, dois deles ficam enlouquecidos por ela e eu achei toda essa situação bem forçada.
 Paulo pisou na bola com Flora e ela quis ser vingar, por esse motivo foi até a academia de Paulo para provocá-lo, ela conseguiu, mas para mim foi algo altamente infantil, assim como o que Paulo fez para que Flora tivesse essa atitude.

"Mandy, entenda uma coisa, nunca o que você lê em livros terá em sua vida real; pode chegar bem próximo, mas os livros existem para nossa imaginação ir além, nos transportar para um mundo perfeito, e isso, nós sabemos que não existe!"

 É um livro curto e que possui uma leitura bem fluida, por isso terminei o livro depois de poucas horas, mas não me senti envolvida com a história e muito menos conquistada por ela, eu apenas li rápido porque é um livro de fácil leitura.
 A Flora é professora de inglês e por isso tem algumas frases em inglês no livro, o que devo confessar que achei meio desnecessário, mas nada que atrapalhe a leitura, foi mais birra minha mesmo. O problema é que a tradução do que é dito está no final do livro e não na página em que está a palavra, o que é chato, tudo seria mais fácil com a tradução na mesma página. 
 O último acontecimento do livro eu achei altamente desnecessário e uma atitude completamente infantil e sem nexo de Paulo, fiquei tentando entender o motivo da autora ter escrito o que escreveu, porque foi uma coisa sem sentido algum.


 "Sugar" é um livro que não conseguiu me conquistar nenhum pouquinho, achei várias das cenas forçadas e os personagens não possuem uma personalidade bem construída para cativar o leitor.
 Eu li esse livro sem expectativa alguma e consegui me decepcionar ainda, o que é uma pena, porque novamente tive uma decepção com um livro hot nacional, por isso provavelmente irei manter distância desse gênero.
 Ao todo eu realmente não gostei do livro, achei a história muito fraca e não teve aprofundamento nenhum na personalidade dos personagens ou na vida deles, o que tornou o livro para mim algo que não valeu a pena.
 Enfim, eu não recomendaria esse livro para ninguém pelo simples motivo dele não acrescentar em nada na vida do leitor e não ser um livro bem desenvolvido, mas se a pessoa gosta do gênero e quer algo para passar o tempo, talvez esse livro seja uma ótima dica.


(livro recebido de parceria com a editora)

Deixe um comentário:

  1. A capa é bonita! Mas ela não me chamou muito a atenção e você sabe muito bem que nós leitores, sempre lemos de acordo com a opinião do outro... Como você não gostou, tô meio em dúvida se leio ou não, pois estou saindo da minha zona de conforto.

    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
  2. Não curto livro hot, acho muita apelação. :/ kkkk
    Beijos :*
    - http://contosdeescritores.blogspot.com.br/2015/08/resenha-se-eu-ficar-gayle-forman.html#comment-form

    ResponderExcluir
  3. Olá :) Gostei muito da sua opinião, admirei a sua sinceridade, ;) Minha opinião é semelhante a sua, eu também não curto livros nesse estilo, raramente faço leituras de livros "quentes", só gosto se o livro tiver conteúdo, ou seja, não seja somente sexo. Esse livro não chamou a minha atenção. :/ Beijos! (Love seu blog <3 :3 )
    Blog: http://my-stories-wonderful-books.blogspot.com.br/
    Página: https://www.facebook.com/BlogWonderfulBooks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Gaby.
      Eu também dificilmente leio porque para falar a verdade a maioria é só sexo :/

      Beijos :*

      Excluir
  4. Vou te dizer que não me sinto confortável com livros nessa temática, a maioria não tem um bom desenvolvimento e realmente não traz muitas coisas pra nossa vida.

    http://criativosounao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olha, eu discordo de você, um bom livro erótico traz coisas beeeeeeeeeeeeeeeeeemmmmmmmmmmmmmm interessantes para vida da leitora do leitor e fins... rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrrrsrsrs quanto ao enredo de Sugar, me pareceu mais um livro clichê.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lilian.
      Talvez tragam, mas até hoje não encontrei nenhum que realmente tenha valido a pena ler, ao todo só li livro erótico que não acrescentou em nada na minha vida, por essa razão tenho essa opinião, mas vale ressaltar que eu disse a maioria, não todos, ok? kkkkkk E sobre Sugar, é realmente bem clichê :c

      Excluir
  6. é justamente pelos motivos que vc citou que eu desanimo com livros hot... sempre 'mais do mesmo', e a premissa desse não me parece diferente do que já espero ver nesse tipo de livro... então, passo a leitura... xD
    bjs

    ResponderExcluir
  7. O enredo do livro é um clichê daquelas bem chatinhos estilo '50 tons de cinza' pelo que notei, por isso você não se empolgou com a leitura de uma forma que ele valesse mais estrelinhas na sua opinião, porém muitos hots tem uma história bacana, não julgue eles ainda, você pode se surpreender.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paac, impossível não julgar um pouco quando você só leu hots ruins, né? kkkkk Mas em momento algum eu generalizei, apenas disse que vou manter distância por enquanto porque a maioria é ruim mesmo.

      Beijos :*

      Excluir
  8. Olá!
    Eu também não curto livros hot pelo mesmo motivo que você. As histórias (em sua maioria) são pouco desenvolvidas e o livro inteiro é sexo sexo sexo sexo, mas história cadê?!
    Esse é definitivamente um livro que não tenho a intenção de ler.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi Larissa, tudo bem?
    Eu fujo de qualquer livro Hot seja nacional ou não!
    Sugar só pela capa já não me agrada e a premissa é incrivelmente tosca! Vizinho que troca xícara de açúcar por sexo, sério mesmo?
    Os autores deveriam colocar a cabeça pra pensar um pouquinho antes de escrever qualquer coisa. Porque dá pra um livro ser Hot e ao mesmo tempo ter uma história bacana pra acompanhar...

    Beijo :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  10. Larissa, eu já teria fugido de cara desse livro. Vc foi corajosa demais, cara. Eu sei muito bem que existe livro hot bom, como em qualquer outro gênero literário. Mas a porcaria se prolifera tanto nesse gênero, que fica difícil de achar. Muito cansativo esse festival de clichês e personagens mal- construídos. Espero que seu próximo livro seja melhor :-*

    ResponderExcluir
  11. Oiii.
    Ainda não conhecia esse livro nem a autora, mas achei a premissa bem interessante, gosto muito das leituras leves e dos livros hot moderado. Parabéns pela resenha, ficou otima.
    Bjs♥
    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oiii.
    Ainda não conhecia esse livro nem a autora, mas achei a premissa bem interessante, gosto muito das leituras leves e dos livros hot moderado. Parabéns pela resenha, ficou otima.
    Bjs♥
    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Geralmente livros hot não tem mesmo uma história completamente evoluída e que 'acrescentam algo na vida do leitor', são leituras pra passar o tempo mesmo, mas é claro que existem livros BONS e livros completamente sem noção mesmo.
    Estava achando o livro bacana por ela ler bastante do gênero e querer viver algo parecido, mas fiquei com o pé atras quando o vizinho pede açúcar em troca de sexo, meio estranho hahahaha.
    Se um dia eu ganhar o livro leria ele só para saber como é a história, mas a premissa até o momento não me encantou muito.

    ResponderExcluir
  14. Poxa, Larissa, você não gostou mesmo do livro.
    O que é uma pena, mas quando não se gosta de Hot é mesmo complicado.
    Eu gosto muito apesar dessa parte dos relacionamentos não bem desenvolvidos e eu iria gostar de ler.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  15. Gostei muito da sua sinceridade. Concordo com o seu ponto de vista, sem querer julgar o gênero, mas esses livros que são mais voltados para sensualidade parece não acrescentar nada... Todos me remetem a fanfictions adolescentes.

    Abraços
    http://www.oraculodeelfos.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Acredito que possa existir algum livro hot bom, mas ainda não descobri qual é. hehehehe
    Morro de preguiça, pelos mesmos motivos que você. Os autores parecem esquecer que precisa ter uma história em volta do sexo. Passo.

    Infinitos Livros

    ResponderExcluir
  17. Eu gosto do gênero, mas sinceramente, esse foi um livro que não me interessou, ainda mais lendo sua opinião. Esse eu passo!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  18. Eu gosto de NA, YA e livros que contenham hots, mas não os puro hots como esse parece ser.
    Além dessa capa ser horrível, a premissa não me prendeu. Então eu acho que assim como você não gostaria da leitura.

    Beijoos

    ResponderExcluir
  19. Tipico clichê, nossa, não fiquei muito interessado nessa história. Bom, mas adorei a sua resenha, parabéns, soube apontar todos os aspectos do livros!

    Abraços e até!

    http://lendoferozmente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Vixe, mulher, que decepção, hein! haha, eu amo livro hot, por isso já sou acostumada as cenas de sexos em excesso, porém, eu tbm gosto que o lviro realmente tenha um romance bem desenvolvido, o que concordo com voce quando diz q foi muito superficial. Eu tbm n gostei desse livro :p
    www.guildadosleitores.com

    ResponderExcluir
  21. Oi Lari,
    Concordo com você, geralmente alguns hots tendem a esquecer a parte do romance e pulam logo para sexo o que não deixa o livro legal, mas sim chato, sem uma boa história, isso acontece em Sugar e em vários outros pelo visto por isso eu tendo a dispensar esse tipo de leitura.

    ResponderExcluir
  22. Não gosto de hot, por isso a maioria não tem história e se torna chato e sem conteudo nenhum. Esse livro não leria só de olhar pela capa, na qual é bem bonita. Parabéns pela sinceridade continue assim
    http://odiariodoleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Oi, Larissa!
    Você traduziu num post todos os motivos para eu não gostar e não encarar um hot. Nunca leria Sugar! Espero que você tenha melhores experiências nas próximas leituras.

    Com carinho,
    Celly || Me Livrando

    ResponderExcluir
  24. Eu gosto dde romances hots, mas entendo plenamente o que disse sobre o gênero. Mas nesse livro o que eu não gostaria é essencialmente o instamor. Não é algo que desce pra mim, pela sua resenha eu não tenho a menor intenção de ler o livro ^^ obrigada por ser sincera.

    ResponderExcluir
  25. Não leria nunca esse livro, já basta a experiência que tive com 50 tons. Livros hot não me conquistam de forma alguma, mesmo sabendo que todo gênero tem seus livros bons e ruins, para mim esse gênero peca muito nos relacionamentos dos personagens. Tudo gira em volta do sexo e o emocional fica deixado de lado, além do mais isso de mulher coitadinha, cara deus grego e bad boy são clichês que não me conquistam. O tipo de bad boy que curto nos livros não são como vejo em muitos livros hot, gosto daqueles que possuem aprofundamento, onde eu posso entender suas ações, mesmo não concordando com elas.
    Enfim, acho que você foi muito corajosa para levar esse livro até o fim.
    Abraços

    ResponderExcluir

 
Criado por: Bruna Borges || Todos os direitos reservados || Tecnologia do Blogger