Home Sobre Mim Resenhas Colunas Contato Parceiros

Resenha: Filhos de Lilith

capa_o_despertar_filhos_de_lilithTítulo: Filhos de Lilith
Autor(a): Elaine Velasco
Editora: Madras Teen
Gênero: Literatura Nacional / Romance
Páginas: 160
Sinopse: Alice não se lembra de seu passado, de quem era ou de onde veio. Fatos por ela desconhecidos sobre sua antiga família humana e sua ascendência a ligam diretamente a Lilith, a mãe dos súcubos e íncubos, senhora do inferno, esposa de Lúcifer e rainha das bruxas, tornando-a objeto de desejo de todas as criaturas da noite. Tudo que Alice sabe é que seu corpo anseia desesperadamente por sangue e prazer. E, para saciar-se, está disposta a tudo. É assim que Carol a encontra, no centro de São Paulo, e oferece-lhe abrigo, proteção e esclarecimentos. Entretanto, há também um antigo clã de vampiros interessados na garota, que não hesitará em tentar aliciá-la, usando como artifício o belo e sedutor João Eduardo. Batharyal, um notório anjo caído, rei dos ladrões, também possui seus próprios planos para a confusa Alice e entrará nessa disputa. Porém, uma estranha força a mantém ligada a seu criador, o excêntrico íncubo Alejandro, que, conhecendo-a como ninguém, não hesitará em lançar mão de sua maior fraqueza – o amor por um humano.

 Eu estava bem animada para ler esse livro, então quando ele chegou o peguei para ler na mesma hora, mas infelizmente a leitura não me agradou tanto, teve algumas coisas que não gostei e vou explicar o motivo.


 Esse livro conta a história de Alice, uma personagem de outro livro da Elaine que eu infelizmente ainda não li, mas pelo o que parece essa personagem é muito cativante e então a autora decidiu escrever um livro para ela, mas se trata de um livro independente, por isso não é preciso ler o outro livro.
 A Alice é uma vampira recém criada que está muito assustada e não lembra de praticamente nada sobre a sua vida, ela acabou salvando a vida de Melissa e então a garota decidiu ajudar Alice.
 A vampira está vivendo na casa de Carlos (namorado de Melissa), um ex-colega que no passado era completamente apaixonado por ela e por quem Alice está sentindo algo a mais, mas então um dia a garota acaba atacando ele e foge para viver sozinha, mas ela encontra outra vampira, Carol, e as duas passam a viver juntas.


 O livro é bem curto, mas eu não consegui me envolver com a história, por isso acabei demorando para concluí-la, mas a escrita da autora é agradável, só que a história em si não conseguiu prender a minha atenção.
 A Alice é uma personagem que não conseguiu me conquistar de modo algum, várias das atitudes dela me deixaram bem irritada e a personalidade dela não foi interessante para mim, pois em alguns momentos ela tinha humanidade e sentimentos, já em outros era completamente indiferente e não sentia absolutamente nada. E essa é uma das razões por eu não ter gostado tanto assim do livro, visto que ele conta a história de Alice.
 A Carol é uma personagem bem descontraída e que me fez rir várias vezes, para mim ela foi a personagem mais bacana da história toda, mas teve partes em que eu senti que era para ela ser engraçada e acabou soando algo forçado por causa das palavras e gírias utilizadas.
 Os outros personagens não possuem tanto destaque na história, há o Sebastian que é quem criou a Carol, mas ele não aparece tanto quanto poderia. Tem o João Eduardo, o vampiro que inicia um romance com Alice e eu devo comentar que esse romance acontece bem rápido e esse personagem parece ser apenas interesseiro e falso.


 Os vampiros nesse livro são como os mais antigos, eles não brilham no sol, eles se queimam mesmo e até tem sarcófagos para eles dormirem. E eles podem sobreviver sugando a energia sexual de outra pessoa, o que achei estranho e diferente.
 A autora conseguiu ser ótima na hora de explicar sobre os diferentes tipos de seres sobrenaturais, ela explica de forma bem rápida e de fácil compreensão.
 Durante toda a leitura ficamos um tanto curiosos para saber mais sobre Alice e o que está acontecendo no seu mundo, pois o mesmo está entrando em guerra por causa de uma criatura que surgiu, além disso a Alice e sua família possuem uma ligação com Lilith, então é de se esperar que muitas coisas ainda aconteçam com a personagem.
 Teve uma parte do livro que a autora quis falar sobre o aborto e isso não me agradou, achei que nessa parte a autora foi corajosa, mas ao mesmo tempo infeliz, pois ela quis mostrar uma coisa e acabou passando outra para vários leitores. 


 A diagramação do livro está ótima, a cada troca de capítulos podemos ver um detalhe junto com o número do capítulo, a fonte do texto está em um tamanho agradável, assim como o espaçamento do texto e para facilitar ainda mais a leitura as folhas são amareladas. A arte da capa está muito bonita, achei a mesma bem chamativa e a fonte utilizada para Lilith é bem diferente e bonita.
 Enfim, esse livro não me conquistou tanto quanto eu esperava, senti falta de uma protagonista mais cativante e forte, também de uma história mais envolvente, mas eu recomendo a leitura do livro para quem gosta de livros sobrenaturais e tenha ficado curioso com a história de Alice.

(livro recebido de parceria com a editora)

Deixe um comentário:

  1. Eu gosto de livros finos! Pois assim terminamos mais rápido... Não curto muito romance e ainda mais quando isso que você falou acontece, me dá uma preguiça e não consigo terminar de ler. A capa é bonita e compreendo o pq dessa nota.

    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
  2. kkkk Eles não brilham no sol e sim queimam (Mas ainda amo o Edward). Sugar a energia sexual de outra pessoa é muito estranho também kkkkkkk
    Tenho certeza que esse é um livro para não desgrudar até o final.
    Ameiiiiiiiiiiiiii a resenha

    ResponderExcluir
  3. kkkk Eles não brilham no sol e sim queimam (Mas ainda amo o Edward). Sugar a energia sexual de outra pessoa é muito estranho também kkkkkkk
    Tenho certeza que esse é um livro para não desgrudar até o final.
    Ameiiiiiiiiiiiiii a resenha

    ResponderExcluir
  4. primeira vez que vejo uma resenha positiva sobre esse livro '-'

    ResponderExcluir
  5. Olá! Que pena você não ter gostado tanto do livro. Pelo que li da sinopse, o enredo parece prometer muito!!

    ~Glaucia Matos - www.leitorait.com

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Não curto livros com essa temática, então essa é uma leitura que eu não faria. Confesso que o fato de já ter lidos várias resenhas negativas sobre ele também não me anima a lê-lo.
    Ótima resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá, Larissa. Quando a editora anunciou que iria lançar esse livro eu fiquei bem feliz, primeiro por que a capa é linda e segundo por que a sinopse parecia trazer um bom livro. Mas só vi comentários negativos até agora, NENHUMA resenha positiva. Uma pena! :(
    Beijo,
    http://www.pactoliterario.com/

    ResponderExcluir
  8. Olá
    Uma pena o livro não ter lhe agradado, mas eu gostei da história e achei Alice maravilhosa.
    Adorei sua sinceridade na resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. eu tava muito animada pra ler mas por causa do ocorrido da editora com os parceiros peguei abuso de qualquer livro que eles lancem...
    E agora que vc expõe esses pontos negativos no livro, a vontade diminuiu...

    ResponderExcluir
  10. Oi Larissa!
    Acho terrível quando a gente lê um livro com o qual não se identifica, pelo o que eu entendi faltou carisma à personagem, né?

    B-jussss!
    http://www.quemlesabeporque.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi Larissa! Puxa, que pena que vc não conseguiu se envolver com a história. Acho que eu sentiria o mesmo, a sinopse não me prendeu...

    ResponderExcluir
  12. Eu não gosto de livros com temas sobrenaturais, principalmente quando falam de vampiros, então eu infelizmente não leria.
    Bjs, Isa
    http://pausaparaconversa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Eu sou apaixonada por temas sobrenaturais, mas confesso que esse livro em particular não conseguiu atrair a minha atenção. O enredo é interessante, mas não é algo que eu gostaria de por na minha estante.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Esse lance de lilith já esta meio que manjado pra mim kkk mas você me deixou curiosa.

    ResponderExcluir
  15. Oi flor, li um monte de resenhas como a sua e muitas até mais negativas e cara,perdi a vontade total de ler esse livro a muito tempo, sei que irei odiar essa parte do aborto e uma história onde a autora se perde no meio da coisa toda como muitos leitores disseram não me agrada muito.

    Ótima resenha e gostei demais da sua sinceridade.

    bjs

    ResponderExcluir
  16. Oi, flor.
    Eu também avaliei esse livro negativamente, o que me deixou triste, porque tinha expectativa de realmente gostar do que a autora escreve, já que seus outros livros também atraem o meu interesse. A Alice foi uma personagem imatura, é verdade, mas o que menos gostei foi o modo como a autora tentou retratar o amor. Alice amava o namorado humano, e então o mata. Ela passa a amar o Carlos, e então mata. Ela transa com um "desconhecido" em uma boate e depois o sexo que fizeram, no escurinho e escorados na parede, é considerado "amor", porque o vampiro em questão não transa com qualquer uma. Ah, para! Eu achei que os sentimentos de todos os personagens eram levianos e superficiais. Não me prendeu, só decepcionou.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Oi Larissa, tudo bem?
    A sua é a primeira resenha negativa que vejo, tenho muito interesse nessa obra por conta das resenhas positivas que li. Lidar com um tema tão polecimo como o aborto de fato é algo corajoso, e para lidar com um tema como esse precisa-se ter muito cuidado, e,pelo visto ela não teve esse cuidado. Enfim Lari, ainda quero lê-lo, mas depois de sua resenha irei com bem mais calma e menos expectativas.

    ResponderExcluir
  18. Oi, eu curti a leitura do livro.
    E principalmente pela parte de falar sobre o aborto, porque esse é um assunto que merece sempre ser botado em pauta e a autora fez isso de uma forma legal, colocando personagens contra e personagens a favor. No fim das contas é a opinião dela e merece ser respeitada. Não entendi muito bem se o fato de você ter dado o status negativo ao livro foi por isso, porque foi o que pareceu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kris o/
      Fico feliz em ver que você gostou do livro e se você ler a resenha irá entender os motivos que me fizeram classificar o livro negativamente, sendo que sim, essa parte do aborto foi um dos motivos, pois na minha opinião não foi bem desenvolvido o que a autora quis passar e eu respeitei a opinião dela, mas não sou obrigada a gostar, né? Enfim, ao todo o livro não conseguiu me agradar por vários motivos.

      Excluir
  19. Olá; já li o livro e resenhei, e concordo bastante com a sua opinião; apesar de tudo, achei a capa bem bonita.

    ResponderExcluir
  20. Oie, tudo bom?
    Esse livro teve seus prós e contras comigo. Eu gostei da forma com que a história foi contada e dos vampiros. Mas a autora exagerou na linguagem que ficou simples demais. Além disso, algumas situações, como a parte da clínica de aborto, ficaram incoerentes e polêmicas demais.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Larissa, eu AMO histórias de vampiros (menos aquelas que se assemelham a Crepúsculo). Achei muito legal a Alice ser uma vampira recém-criada, pq essa é uma condição bem vulnerável na "vida" de um vampiro. Isso me fez lembrar a época em que eu jogava um rpg chamado Vampiro A Máskara (se vc tiver oportunidade, procure este livro!).
    Mas que triste que a história não é isso tudo o que parece, né :\ Fiquei meio decepcionada, nem sei se leio ou não.
    Um beijão,
    Mona
    www.literasutra.com

    ResponderExcluir
  22. Olá! Bom, gosto de Crepúsculo entãão...
    Bom, a Jéss já fez a resenha dele e gostei, pena que ele não lhe agradou :/
    Gosto de livros finos :D Gostei da sua resenha!

    Beijão da Lari!
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir

 
Criado por: Bruna Borges || Todos os direitos reservados || Tecnologia do Blogger