Home Sobre Mim Resenhas Colunas Contato Parceiros

Resenha: Uma vez na vida

Título: Uma vez na vida
Autor(a): Marianne Kavanagh
Gênero: Romance
Editora: Única
Páginas: 288
Sinopse: Tess e George são duas partes de um todo, almas gêmeas. Para a sorte deles, seus amigos em comum sabem que eles são feitos um para o outro. O problema é que eles não se conhecem e, sempre que a oportunidade aparece, a vida chacoalha os dois para longe. E agora? Se todos têm uma alma gêmea, como o destino faz para uni-los? Acompanhe a história divertida e apaixonante de Tess e George durante uma década de encontros malsucedidos, frustrações românticas e uma dúzia de recomeços. “Uma Vez Na Vida” é uma comédia romântica moderna e inteligente sobre amizade, destino e oportunidades perdidas e reconquistadas!

 Romance é o meu gênero literário favorito e eu já tinha lido alguns comentários positivos sobre esse livro, por isso fiquei bem animada com ele, mas confesso que o li sem saber quase nada sobre a história e que infelizmente o livro não conseguiu me agradar tanto quanto eu imaginei.


 Em "Uma vez na vida" conhecemos Tess, uma garota que acredita em almas gêmeas, mas que não namora a sua alma gêmea e sim um cara quase que perfeito que a faz até mesmo questionar o motivo dele estar com ela.
 Sua melhor amiga diz que encontrou a alma gêmea de Tess e que os dois precisam se encontrar, mas todo encontro é um quase, eles nunca chegam a realmente se ver, mas se são almas gêmeas irão se encontrar algum dia, não é?
 Sua alma gêmea é George, um músico que está passando por momentos difíceis com a sua banda, pois a agenda não está muito organizada e eles não estão conseguindo chegar em lugar nenhum.
 Mesmo com amigos em comum, Tess e George nunca se viram, mas ambos sabem sobre a existência do outro e sobre todos acharem que eles são almas gêmeas e que juntos estarão finalmente completos. Mas parece que a cada ano a vida os distancia mais, será possível eles se encontrarem algum dia para descobrir se essa lenda de almas gêmeas realmente é verdadeira?

"Não é possível que alguém tenha que batalhar tanto para encontrar sua alma gêmea."

 O começo do livro não conseguiu me prender muito, por vezes achei a leitura um tanto chata, pois não acontecia nenhum grande acontecimento, basicamente era só uma narração sobre a vida de Tess e de George, e as vidas deles não são muito interessantes.
 Depois de alguns capítulos o livro foi me conquistando e a leitura se tornando mais envolvente e animada, pois com o decorrer das páginas fui conhecendo os personagens e querendo ver logo um encontro entre Tess e George.


 A Tess é uma personagem divertida e que sabe o que quer, ela não se faz de coitadinha e encara tudo o que vier, também não é aquela personagem boba e confusa, por isso ela acaba conquistando o leitor.
 O George é um personagem calmo e sonhador, mas que para mim não teve uma personalidade muito cativante, teve partes em que eu queria sacudi-lo para ver se ele tomava uma atitude, mas por vezes ele não tomava.
 O personagem mais cativante foi a Kirsty, ela é a melhor amiga de Tess e é uma pessoa muito engraçada e decidida, ela não se deixa abalar pelas coisas, está ali do lado de Tess sempre que é preciso e torna a história mais divertida.

"As coisas são como são. Às vezes, a vida é uma merda."

 O livro aborda toda essa questão de almas gêmeas e isso é algo muito romântico e interessante, mas eu confesso que não gostei tanto da forma como isso foi retratado no livro, pois creio eu que para você saber que é a pessoa certa você precisa conhecer ela e não é algo que saibamos só de olhar.
 O romance de Tess e George não foi algo bem construído, os dois sabiam o básico que poderiam saber sobre o outro e como todos falaram que eles eram almas gêmeas, eles sentiram que eram e pouco importou todo o desenvolvimento desse romance.

"Não dá pra controlar quando é que você vai encontrar sua alma gêmea."

 Durante o livro todo vamos acompanhando a vida dos dois e demora mais do que metade do livro para que eles finalmente se encontrem e a história realmente comece a ficar mais animada.
 O livro é separado por capítulos que representam os anos em que a história está acontecendo e confesso que isso foi algo que não me agradou, porque a mudança se tornava meio drástica e por vezes o que estava sendo contado ali não era de fato importante.
  Além disso, os diálogos do livro são representados por aspas e isso é foi um ponto bem negativo, pois a narrativa se tornou mais confusa.


 A diagramação do livro está bem simples e bonita, nas trocas de capítulos encontramos um pequeno detalhe antes do texto começar e a fonte do texto está em um ótimo tamanho, além disso as folhas são amareladas, o que facilita bastante a leitura.
 A capa do livro é bonita, o azul é bem chamativo e a fonte escolhida também está bem bonita, e o amarelo utilizado no subtítulo do livro se destaca bastante, só essas mãos que não me agradam muito, mas ao todo a capa é muito bonita.


 Ao todo o livro me proporcionou uma leitura bem agradável, mas eu confesso que a história não conseguiu me conquistar tanto assim. Agora quem gosta dessa coisa de destino e almas gêmeas vai gostar bastante do livro, pois é isso que ele aborda. 
 Mas eu recomendo que essa leitura seja feita sem grandes expectativas, pois o livro não causa grandes emoções, ele possui uma história bem calma e leve, sem grandes acontecimentos ou reviravoltas extraordinárias.

"Na maioria das vezes, a única coisa que nos impede somos nós mesmos."

(livro recebido de parceria com a editora)

Deixe um comentário:

  1. Olá, gosto bastante de romances mas essa coisa de demorar para os personagens se encontrarem me irrita um pouquinho, fiquei curiosa com o livro mas já sei que não devo criar muitas expectativas (valeu a dica) mas ainda pretendo ler.

    http://vocedebemcomaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. bem, não curto gênero romance, e essa capa parece mais um livro de auto-ajuda... :s
    Acho que a ideia foi mal construída, pela resenha dá pra notar isso... e eu não leria... =/

    ResponderExcluir
  3. Oi Larissa, realmente o livro não me chamou atenção pela premissa, pois não acredito muito nisso e realmente, diálogos entre aspas também me incomodam muito e já tive que ler alguns livros assim. Bjs

    Território nº 6

    ResponderExcluir
  4. Oi, Larissa-flor!
    Eu li uma resenha sobre esse livro que me empolgou bastante. Por isso, acho bom ler a sua opinião para baixar um pouco a minha expectativa, haha. Eu acho que a história, apesar de parecer um pouco lenta, continua com um forte apelo para mim. Será que a alma gêmea pode ser encontrada assim? Haha.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, Lari!
    Sua resenha ficou legal e sincera, gostei de seus argumentos, mas tirando a capa, não curti mais nada do enredo, quando li a sinopse, já sabia que é não era algo que iria curti muito, sua resenha só me deu essa certeza.

    ResponderExcluir
  6. Oi Larissa!
    O livro não me chamou atenção alguma... Não acredito nessa coisa de alma gêmea e tudo o mais e pelo que você disse do começo do livro, eu pularia fora logo... Esse livro, definitivamente, não é pra mim T_T
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  7. Depois dessa resenha estou dando graças a Deus por largar essa leitura
    Comecei a ler e achei a mesma coisa que vc começo chatoooooo
    Aí tive que largar. Mesmo gostando muito de romances esse não em agradou :/

    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, Lari!
    Por tudo que você pontou na sua resenha esse livro deve ser muito chato. E fora que a capa é bem feia.
    Esse negócio de alma gêmea é bem complicado, acho que depende muito da forma com é introduzida, para ser cível.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Eu terminei a leitura aqui pensando:
    Como é que a amiga dela poderia saber que o cara era a alma gêmea dela? O.o
    Então, não leria o livro, tem super a cara de alguém que escreveu sem saber nada sobre o assunto e eu não gosto de livros assim.
    beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Larissa,
    Ao contrário de você romance não é um gênero que esta na minha lista de favoritos.
    Sempre que me proponho a ler algum livro assim procuro uma história diferente que tenha algo fora do convencional, no começo da resenha fiquei até interessada mas quando vc falou que o romance não foi bem construído fiquei com pé atras. Vou procurar mais pelo livro e quem sabe mudo de ideia ;)

    Bjs
    Coração Leitor

    ResponderExcluir
  11. Oi, Larissa.
    Eu também gosto muito de livros românticos.
    E pelo que você falou da história e da Tess e do George eu não sei mesmo se iria gostar deles.
    Mas talvez desse uma chance.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  12. Olá; desde o lançamento, eu tenho bastante vontade de ler esse livro, talvez seja por causa a capa. Pretendo lê-lo um dia, só não tive oportunidade ainda; mesmo já tendo visto várias críticas negativas sobre ele, a vontade ainda existe.

    ResponderExcluir
  13. Concordo que achar que é a alma gêmea não funciona só com isso de olha ein. rsrs
    Gostei da trama do livro, quero ler mesmo com alguns comentários seus não sendo tão positivos!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  14. Ola :)
    Então, na sinopse o livro me chamou atenção, mas após ler a resenha não fiquei tão interessada, sou uma pessoa bem impaciente, sabe? haha, se demora meio livro apenas para eles se encontrarem eu já teria abandonado a leitura :p
    www.muchdreamer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá Larissa, a historia do livro até parece ser interessante com esse tema de alma gêmea, mas eu não consegui me sentir atraída pela leitura, principalmente por ela demorar a se tornar envolvente =/ Bom que sabe algum dia eu não resolva dar uma chance a ele =)

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  16. AMEI SEU BLOG , JÁ LEU A SAGA DIVERGENTE , EU LI E AMEI , ACHO VOCÊ IRIA GOSTAR TEM UM POUCO DE ROMANCE , TOTAL FICÇÃO E AÇÃO TAMBÉM!
    BEIJOS!!
    http://beatrizpassossilva.blogspot.com.br/-> MEU BLOG

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Eu já conhecia o livro por alto mas não sabia do que se tratava.
    Gostei bastante da premissa, mas é uma pena o livro demorar para conseguir envolver o leitor.
    Ainda assim gostaria de lê-lo.
    Essa capa tá linda também, só para constar rs
    Adorei a resenha!
    Beijo!

    www.livrosdajess.com

    ResponderExcluir
  18. odeio quando os diálogos dos livros são marcados com aspas e só de ler esse ponto já não gostei muito. Eu não leria porque não curto muito romance e mesmo esse parecendo ser bem fofinho eu passo.
    bjs bjs

    ResponderExcluir
  19. Olá Lari, tudo bem?
    Eu não conhecia este livro, a capa é tão linda
    Gostei da diagramação apesar das aspas, o que não me agradaria também.
    A história em si parece ser bem interessante, e concordo com o seu pensamento sobre as almas gêmeas rs
    Adorei conhecer um pouco mais dessa história rs
    http://ocasulodasletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olá
    Mesmo não acreditando em almas gêmeas eu confesso que gosto de ler histórias aonde elas existam. Coisas que envolve destino e algo do tipo sempre me interessa na leitura.

    ResponderExcluir
  21. Oii, tudo bem?
    Bom, o livro não me interessou muito, pois achei meio louco isso de passar anos e eles nunca conseguirem se encontrar, comassim? Se dizem que eles são alma gêmeas, deveriam ao menos trocar mensagens,ligações, fotos, e não teria tanta coisa assim para impedir que toda vez que eles tentam se encontrar não conseguirem, meio sei lá isso, rsrs.

    Beijos da Jéss ♥
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir

 
Criado por: Bruna Borges || Todos os direitos reservados || Tecnologia do Blogger