Home Sobre Mim Resenhas Colunas Contato Parceiros

Resenha: Cinderela Pop


Título: Cinderela Pop
Autor(a): Paula Pimenta
Editora: Galera
Gênero: Literatura nacional - Jovem Adulto
Páginas: 160

Sinopse: Nesta versão estendida do super conto de Paula Pimenta no Livro das Princesas, Cinderela é reinventada. Cintia é uma princesa dos dias atuais: antenada, com opiniões próprias, decidida e adora música! Mas a garota vê seu cotidiano virar de cabeça para baixo depois da separação dos pais: vai morar com a tia, se afasta do pai e, principalmente, deixa de acreditar no amor. Até que um encontro inesperado e revelador a faz rever as próprias escolhas – havia mesmo um belo príncipe em sua história, e tudo que ele mais queria era descongelar o coração da nossa gata (nada) borralheira! 

 Já fazia um tempo que eu queria ler algo da Paula Pimenta, então quando fiquei sabendo desse lançamento fiquei bem animada, mas infelizmente o livro não me agradou tanto quanto eu imaginei que iria.


 Em "Cinderela Pop" conhecemos Cintia, uma garota que não acredita no amor porque pegou seu pai traindo sua mãe na casa delas, depois disso seus pais se separaram e ela foi morar com sua tia, pois a mãe se mudou para o Japão por causa de seu trabalho.
 O namorado da tia de Cintia cuida de festas e convida a garota para tocar para ele, então Cinta se torna DJ, mas ela precisa manter isso em segredo, pois seu pai seria contra esse seu trabalho.
 Mas alguns problemas acontecem e Cintia se vê forçada a ir na festa de 15 anos das filhas da sua madrasta, o maior problema nisso é que Cintia iria tocar nesse festa, mas ela tem um plano para poder tocar, assim seu pai não vai descobrir e nem vai obrigar ela a parar de ser DJ.
 Então Cintia tenta fazer tudo como o planejado para não ser descoberta, mas ela não contava com a ideia de que iria conhecer um garoto nessa festa e que iria ficar apaixonada por ele, muito menos que esse garoto era o tão famoso Fredy Prince.

"Às vezes uma pessoa especial pode estar bem na nossa frente e não conseguimos enxergar pelo fato de ela estar escondida atrás de um disfarce, fingindo ser quem não é..."

 A leitura do livro é extremamente fluida, desde o primeiro capítulo a história prende o leitor, mas não podemos esperar grandes acontecimentos nesse livro, pois o mesmo possui uma história fraca para apenas entreter mesmo.
 O romance é bem clichê, algo bem frequente em filmes adolescentes, é aquela coisa de se apaixonar por um famoso que até então você não gostava e de uma hora para a outra. Isso não me agradou muito, pois estou um tanto enjoada de livros assim, eu prefiro um romance mais bem construído.
 Os personagens são legais, mas nenhum deles conseguiu me conquistar de verdade, a Cintia é uma garota determinada, mas que não tem uma personalidade forte e marcante, e também fiquei incomodada por ela ter se apaixonado depois de trocar apenas algumas palavras como Fredy, visto que antes ela tinha meio que um trauma de relacionamento e então de uma hora para a outra ela superou tudo.


 Mas mesmo tendo vários pontos que eu não gostei, o livro é muito agradável de ler, a escrita da autora é bem envolvente, o leitor não vai nem perceber as páginas passando, pois a leitura é realmente bem fluida.
 A diagramação do livro está ótima, as páginas são amareladas e o tamanho da fonte dos textos está muito agradável, além disso o livro possui uma capa muito bonita e chamativa, a mesma possui uma combinação de cores ótima e retrata bem a Cintia, nossa Cinderela Pop.


 Enfim, "Cinderela Pop" não conseguiu me conquistar muito, mas é uma ótima dica de leitura para quem quer algo bem leve para ler, pois a mesma não possui grandes acontecimentos, mas te proporciona um bom entretenimento.

(Livro recebido de parceria com a editora)

Deixe um comentário:

  1. Oi, tudo joia?
    Então, eu nunca li nenhum livro da Paula, eles nunca me agradaram muito pelo fato de não ser o tipo de livro que me interessa, mesmo eu tendo amigas que AMAM de paixão, eu nunca me senti motivada haha, achei a capa desse livro novo dela uma graça, bem diferente e bonita, mas acho que não leria haha;

    Beijos
    intoxicadosporlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo e ai?
      Eu sempre fui muito curiosa para conhecer os livros dela, mas depois desse eu não lerei mais nenhum, não é o tipo de livro que me agrada, sabe? Mas as capas são sempre fofas mesmo *-*

      Beijos :*

      Excluir
  2. Oi Lari!!
    então eu li Princesa Adormecida e gostei bastante, não é um livro profundo nem nada é uma leitura leve e curta, e a forma como a Paula escreve é tão fluida que passa super rápido li em uma sentada. A Cíntia aparece nesse primeiro livro também, quanto a Cinderela Pop tenho vontade de ler, esse foi o único que li na autora pretendo ler pelo menos o primeiro livro de fazendo meu filme ainda esse ano.
    bjs

    http://notinhasderodape.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Thais.
      Eu tinha curiosidade em ler Princesa Adormecida, mas depois de Cinderela Pop percebi que as histórias da autora não são para mim, então não pretendo ler mais nenhum livro dela :c

      Beijos :*

      Excluir
  3. Não é a primeira resenha que leio em que a blogueira não tenha ficado tão envolvida com a leitura deste livro, em razão disso meu interesse por ele se esvaiu a muito tempo. Quando foi lançado, até me senti desejosa por ele, mas já passou faz um tempo...rs


    CAFÉ COM LETRAS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andreza, esse livro não envolve muito, a história é bem curtinha, não tem nada muito impactante, sabe? Então é difícil se envolver assim :c

      Beijos :*

      Excluir
  4. Oi Larissa, ainda não li nada da Paula, em compensação, minha sobrinha é fã da autora. renho notado que este livro na opinião geral tem ficado na média.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses livros são mais para adolescentes que gostam de livros leves, sabe? Então acredito que por isso a sua sobrinha seja fã.

      Beijos :*

      Excluir
  5. Oi, Lari!
    O estilo da autora não segue minha linha de leitura. Já dei umas foleadas no livro e achei o mesmo de sempre, como você mesma citou: clichê. Adoro livros adolescentes, mas algo mais envolvente...
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lilian.
      Assim como você gosto de livros adolescentes, mas que não sejam tão clichês, sabe? Por isso eu acredito que não irei ler mais nada da autora :c

      Beijos :*

      Excluir
  6. Oi Lari,
    Sempre vejo resenhas muito Legais sobre os livros da Paula.
    Mais acho que não faço parte do público alvo, por isso não sinto muito entusiasmo pela leitura. Parabéns pela resenha, foi bem clara e detalhida, tenho certeza que o livro é uma super pedida, para os entusiastas desse estilo.
    Beijos
    Conversas de Alcova ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Kris.
      Eu sempre quis ler algo dela, mas depois desse livro percebi que eles não vão me agradar, então não lerei outros, acredito eu kkkk Enfim, fico feliz que tenha gostado da resenha s2

      Beijos :*

      Excluir
  7. Eu amo releitura salário mas esses da Paula Pimenta não tive vontade de ler nenhum e não sei explicar o motivo, acho que só teria ele na estante pra fazer parte da parte de releitura msm, bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, eu também gosto de releituras, mas não gostei muito desse kkk

      Beijos :*

      Excluir
  8. Eu não tenho nenhuma vontade de ler Paula Pimenta. Acho meio sei lá kkkk Tinha pensado em ler princesa adormecida, mas achei a sinopse muito nonsense.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, confesso que você não está perdendo grandes histórias kkkk

      Beijos :*

      Excluir
  9. Oiiie
    Poxa, estou louca para ler esse livro e o primeiros pois adoooro a autora e nao tive oportunidade de ler o conto.
    A capa esta linda, e amei o enredo.

    Beijos
    Reality of Books

    ResponderExcluir
  10. Lari lindona que pena que o livro não te conquistou, compartilho com você sobre amores relâmpagos parece que não é real aquele amor, gosto de amores bem construídos e que me convençam. A premissa do livro em si já não havia chamado muito minha atenção. Dessa vez vou deixar passar a leitura. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  11. Oii Lari!
    Eu gosto da capa.. mas tenho certeza q não curtiria a história rssrrs
    Pelo que você contou, eu acertei hahaha
    Já tentei ler Paula Pimenta, mas ela não me conquistou... achei bem adolescente também.
    Beeijos

    ResponderExcluir
  12. Também não gosto muito desses romances mal construídos, que a pessoa se apaixona sem ao menos conhecer de verdade a outra pessoa. Acho que são livros pras meninas que estão iniciando o gosto pela leitura, de uns dez, onze anos, e claro, isso é muito bom, incentivá-las a ler.
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Oi Larissa, tudo bem?
    Já li o conto Cinderela Pop no Livro das Princesas e gostei, como o livro é uma versão estendida do conto provavelmente gostarei, agora a questão do cliché acho meio óbvio, principalmente se tratando de uma releitura.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  14. Ola! Tudo bem?
    Esse livro parece bem interesante. Acho que posso gostar dele.
    Adorei a sua resenha.
    Eu leio voce depois. :)
    Boas leituras!
    http://abracalibro.blogspot.com.es

    ResponderExcluir
  15. Preciso começar a ler Paula Pimenta e sua resenha me lembrou disso e estou com peso na consciencia agora kkk
    Ai pelo menos é rápido, acho que começarei por essa série.

    Beijos

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi Lari, minha lindona!!
    Eu morro de vontade de ler algo da Paula, ouço só coisas ótimas sobre os seus livros.
    Uma pena você não ter curtido tanto o livro, é bem clichezão pelo que eu percebi né? Não sei dizer se eu gostaria ou não

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  17. Oie, tudo bom?
    Cinderela Pop me conquistou como um conto no Livro das Princesas e quero muito ler o livro todo. Não tenho muitas expectativas, pois como a sua resenha disse, a história não é a melhor história do mundo. Quero ler pela narrativa leve e juvenil.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

 
Criado por: Bruna Borges || Todos os direitos reservados || Tecnologia do Blogger