Home Sobre Mim Resenhas Colunas Contato Parceiros

Resenha: Reboot



Sinopse: Quando grande parte da população do Texas foi dizimada por um vírus, os seres humanos começaram a retornar da morte. Os Reboots eram mais fortes, mais rápidos e quase invencíveis. E esse foi o destino de Wren Connolly, conhecida como 178, a Reboot mais implacável da CRAH, a Corporação de Repovoamento e Avanço Humano. Como a mais forte, Wren pode escolher quem treinar, e sempre opta pelos Reboots de número mais alto, que têm maior potencial. No entanto, quando a nova leva de novatos chega à CRAH, um simples 22 chama sua atenção, e, a partir do momento que a convivência com o novato faz com que ela comece a questionar a própria vida, a realidade dos reinicializados começa a mudar.





 Eu não costumo ler livros desse gênero, mas assim que bati os olhos em Reboot eu o quis, então comecei a ler o livro esperando uma história fantástica e para a minha felicidade esse livro realmente foi fantástico e me tirou da minha zona de conforto literária. 


 Em "Reboot" conhecemos Wren 178, a melhor Reboot da organização CRAH, como seu número é alto ela se tornou uma treinadora de Reboots novatos e sempre escolheu os números mais altos, pois assim sua chance de sucesso como treinadora era bem maior, mas um dia chega até a organização o número 22 e ele acaba atraindo a atenção de Wren e a conquistando, como resultado Wren decide treiná-lo.
 No entanto, o 22 não é nada fácil de controlar, como seu número é mais baixo ele é mais sensível que Wren e decidi que não irá matar nenhum Reboot ou humano, mas ele precisa fazer o que a CRAH manda e a mesma o mandou matar o próximo alvo que ele encontrar, caso contrário Wren irá ter que matá-lo.
 Então Wren precisa convencer 22 a cumprir as ordens, mas ele não sabe se irá conseguir matar alguém e Wren acredita que não, por isso ela precisa de um novo plano, pois não quer perder o 22.


 Uma das primeiras coisas que me conquistaram nesse livro foi a personagem feminina ser muito forte e determinada, geralmente elas são fracas e precisam da proteção de outra pessoa, mas não é o caso de Wren, ela é incrível e imbatível, também é muito inteligente e dá o seu melhor para conseguir o que quer. Mas ao mesmo tempo ela é apenas uma garota delicada que sofreu muito e precisa de alguém para cuidar dela e amá-la do jeito que ela é.
 O 22 é um personagem muito cativante, ele vê todas as qualidades de Wren que ninguém nunca se permitiu ver, embora seja um número baixo, ele também é bem forte e determinado.
 O romance dos dois acontece de forma bem devagar e natural, não é nada forçado, embora o leitor saiba que algo vai acontecer entre os dois logo que 22 aparece. Juntos eles são determinados e encontram uma razão para serem felizes mesmo depois de terem perdido tanta coisa.

"Os Reboots eram a cura para o vírus que dizimara grande parte da população. Eram mais fortes e mais velozes e quase invencíveis."

 Acompanhar todo o percurso de Wren e 22 é algo realmente bem interessante, vemos um mundo totalmente diferente do nosso, onde os humanos vivem com medo e doentes, onde há uma organização que diz estar ajudando todos, mas na verdade está apenas ajudando a si mesma e dominando tudo.
 A ideia de Reboots é algo bem curioso também, eles são humanos que reiniciaram depois de morrer, mas ao reiniciar a pessoa se torna bem mais forte do que era e os minutos em que permanece morta é o que definirá sua sensibilidade para as coisas e a sua força também.
 Como o mundo está dividido, muitas famílias foram destruídas, pois a CRAH se torna responsável por todo Reboot e não há motivo para discutir, a organização vai pegar todos e levar para onde os Reboots ficam, caso a família for contra eles serão mortos.


 A leitura desse livro é muito fluída, as páginas passam em um piscar de olhos, pois a autora instiga o leitor com sua história e prende a atenção do mesmo desde o começo do livro.
 O trabalho da editora está muito agradável, as folhas são amareladas e a troca de capítulo é simples, mas está ótima, além disso não me lembro de ter encontrado algum erro de revisão.
 Agora a capa está simplesmente linda ao mesmo tempo que está simples, ela está muito bem feita e deixa o leitor curioso, também simboliza bem a história de Wren com o código de barras com o número dela.


 O final do livro foi tão bom que eu queria mais e de certa forma a história teve um final aberto, então eu fui pesquisar e pelo o que tudo indica há uma continuação para esse livro, o que é maravilhoso e me deixa bem curiosa, pois imagino que será uma história tão boa quanto Reboot.
 Enfim, Reboot é um livro incrível que prende a atenção do leitor desde o começo e o faz querer mais da história, possui personagens cativantes que te conquistam logo de início e vai entrar para a lista de favoritos de muitos leitores, por isso eu super indico a leitura.

(livro recebido de parceria com a editora)

Deixe um comentário:

  1. Lari não sou fã desse tipo de leitura também, mas sempre tem uma história bacana pra quebrar a regra não é mesmo? Lendo a premissa jamais compraria o livro, porém o seu ponto de vista sobre a história foi incrível e me fez enxergar um outro lado que realmente aguçou minha vontade pela leitura, amei sua resenha e como sempre arrasou no post,
    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fer s2
      Fico muito feliz por ver que gostou da resenha *-* Eu também não costumo ler livros assim, mas Reboot é muito bom, acredito que você vai gostar também se ler ele oo/

      Beijos :*

      Excluir
  2. Hey Lari! Adoro livros desse gênero, apesar de não estar lendo tanto ultimamente dele. Adorei a premissa do livro, sua resenha me deixou curiosa em relação ao 22 e Wren vou ter que ler para descobrir hehe :D

    Beijão da Lari <3
    Brilliant Diamond | Fan Page | Twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lari ooo/
      Fico feliz que tenha gostado da resenha, como você já gosta desse gênero imagino que vai amar o livro, então corre ler *-*

      Beijos :*

      Excluir
  3. Oi Lari, tudo bem?
    Gostei muuito de tua resenha, o livro parece ser realmente muuuito bom. Eu amo distopias e fiquei fascinado pelo mundo de Reboot, parece ser algo bem original. Wren parece ser uma personagem no qual eu vou gostar muito, mas para ter certeza só lendo.
    Abraços.

    Italo T - Eu li, e você?
    http://www.ler-e-ser-feliz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Italo! Tudo e ai?
      Fico contente ao ver que gostou da resenha *-* Como você já gosta do gênero imagino que vai adorar o livro, a Wren é uma personagem muito bacana mesmo e acho que ela vai te conquistar também.

      Beijos :*

      Excluir
  4. Estou precisando sair da minha zona de conforto, pois não gosto de livros nesse estilo, mas confesso que a capa é linda, me chamou bastante a atenção, e sua resenha ficou impecável e detalhes, fiquei muito curiosa a respeito.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Josielma o/
      Esse livro é muito bacana, fico feliz em ver que minha resenha te deixou curiosa e espero que quando ler Reboot, goste o/

      Beijos :*

      Excluir
  5. Oii!
    Por enquanto eu estou numa espécie de quarentena de Harry Potter, estou terminando de ler a saga pra só depois ler outra coisa.
    Mas gostei da estória. Eu amo livros com personagens fortes, que não ficam lá no canto toda insegura esperando o príncipe encantado. Gosto de personagens assim, que saem lutando mesmo e são determinadas!

    Beijo,
    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Raissa o/
      Depois da terminar a saga, tenta dar uma chance para Reboot, acredito que você vai gostar muito :3

      Beijos :*

      Excluir
  6. Olá!
    Adorei sua resenha. Adoro sua distopias e o que me chamou a atenção foi saber que a personagem principal é forte e determinada. Sua resenha também me deixou curiosa pra conhecer o 22. Espero ler o livro em breve, parece ser muito bom.

    http://escritasnachuva.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dani o/
      Fico feliz em ver que gostou da resenha e se você gosta desse gênero acredito que vai adorar o livro *o* A Wren é uma personagem incrível e o 22 também :3

      Beijos :*

      Excluir
  7. Quero muito ler esse livro e seu comentário sobre a personagem feminina me deixou ainda mais ansiosa, porque geralmente esse é o motivo de eu abandonar alguns livros. Beijos http://chegadetalvez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Stela o/
      Espero que você leia em breve e que goste da história *o*

      Beijos :*

      Excluir
  8. ADOREI SABER QUE VOCÊ GOSTOU DESSE LIVRO! HAUHAUHUA Sério, eu estava muito interessada pela história, mas ouvi algumas pessoas falarem que não era tão bom e me desanimei :( Encontrar alguém que amou foi maravilhoso hahahaha Estou novamente animada com a história e vou tentar comprar logo pra ler! Amo livros que voam, que nos faz ler tudo como se o tempo nem estivesse passando, acho isso demais! Espero que eu goste da história tanto quanto você, porque a premissa é demais. Beijos! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ursulla o/
      Sério que viu comentários negativos? Eu só vi gente falando bem sobre o livro kkkk Enfim, espero que você leia o livro em breve e goste tanto quanto eu :3

      Beijos :*

      Excluir
  9. Eu já tinha lido uma resenha desse livro, mas por algum motivo não me encantou tanto. Depois de ler a sua eu me interessei muito! Bom saber que a leitura flui e nos prende! Fico feliz em constatar que cada vez mais têm surgido personagens femininas fortes e determinadas, como a Wren! (Como se pronuncia esse nome, pelo amor de Deus? hahahaha)
    Ótima resenha! :**

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Samy o/
      Fico feliz em saber que a minha resenha te deixou curiosa e espero que você leia e goste do livro tanto quanto eu :3 E sobre o nome Wren, eu não sei se pronuncio certo, sempre sofro com os nomes dos personagens kkkk

      Beijos :*

      Excluir
  10. Gosto muito de livros assim, instigantes. A gente lê e se sente leve! =) Sua resenha está muito linda! e vou te dizer Se eu tivesse visto este livro antes já teria comprado. Gosto de experimentar novas leituras!

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vanessa o/
      Fico feliz que você tenha gostado da resenha e espero que dê uma chance para o livro, ele é ótimo :3

      Beijos :*

      Excluir
  11. Cenários apocalípticos contaminação viral sempre vão me lembrar uma coisa: os melhores jogos de vídeo game. A leitura da resenha foi agradável, a proposta do livro parece muita boa. Adorei a relação da escolha do titulo do livro com a trama, tem tudo a ver "reboot" foi sem duvidas uma escolha inteligente por parte do autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Augusto.
      Fico feliz em ver que a leitura da minha resenha foi agradável e o nome do livro é muito bacana mesmo.

      Beijos :*

      Excluir
  12. Olááá
    Eu estou muuuito curiosa por essa leitura, tanto depois de ver a capa e o enredo e agora a sua resenha que está ótima por sinal, que bom que gostou tanto da leitura, ás vezes é bom nos surpreendemos assim.

    http://realityofbooks.blogspot.com.br/
    Catharina
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Catharina o/
      Esse livro é muito bom, acredito que você iria gostar muito se o lesse :3

      Beijos :*

      Excluir
  13. Menina pela sinopse eu ia pensar que Reboots eram uma espécie de zumbis, hauhauha
    mas, pela resenha percebi que não tem nada a ver com isso.
    Legal, curti a temática do livro, bem inusitada. Eu leria sim!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, Kris, eles são meio que mortos-vivos kkkk
      Reboot é um livro bacana, espero que tenha oportunidade de ler e que goste :3

      Beijos :*

      Excluir
  14. Por sua resenha, vejo o livro com outros olhos, principalmente pela característica da personagem. De fato, as personagens são mulheres fracas, submissas e que precisam de um homem; o posto disso é uma luz no fim do túnel literário. Fico feliz de o livro tem uma nova abordagem feminina, mais que necessário.
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá boa tarde,
    Definitivamente Distopias é o meu fraco! Constatei isso lendo sua resenha, esse livro é bem o tipo de livro que passo a madrugada em claro até ler o fim e ou a palavra "Continua..." o que eu acho q será o caso de Reboot. Caramba adorei saber que a "Mocinha" na verdade é quem leva o livro nas costas, "Mocinhas" me irritam, acho q com a Wren será diferente!
    Ansiosa e já colocando na estante!

    Beijos

    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  16. Ja tinha ouvido falar desse livro, mas depois da sua resenha fiquei com vontade de ler.A resenha ficou mt boa, parabéns e adorei e o Blog.Sucessos!! <3

    ResponderExcluir
  17. Oi Larissa, tudo bem?
    Também gosto muito de personagens femininas fortes e determinadas, porém essa coisa de seres humanos retornarem da morte não é comigo, me lembra zumbis e tenho medo de zumbis...
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  18. Oi Larissa, não conhecia o livro e adorei saber que a protagonista não é nenhuma coitadinha que vive precisando de perigo. Muito bom quando saímos de nossa zona de conforto e nos deparamos com uma ótima leitura.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  19. Lari lindinha confesso que não gosto muito desse gênero, sua resenha me deixou bastante animada ainda mais com uma protagonista forte e carismática, já me deixou curiosa. Anotei a dica, e fico feliz ao saber que gostou do livro , é bom sairmos um pouco de nossa zona de conforto e abrir novos horizontes . beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  20. Oi, não gosto muito do gênero, pareceu me não muito legal, talvez pelo fato de não gostar hahaha ando corrida com os livros do colégio!
    http://letrasemvida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. ie, tudo bom?
    A premissa desse livro é muito instigante e misteriosa. Li outra resenha que também fez muitos elogios sobre a narrativa. Gostei de saber que temos uma personagem feminina forte, pois ninguém merece mulheres mimizentas.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Oi, tudo bem?
    Já ouvi falar deste livro, esta sendo um dos lançamentos bem comentados, assim como você não estou acostumada a ler este tipo de livro, pois não é do tipo que me prende, mas como você deu cinco estrelas para ele, deve ser muito bom.

    http://leiturasdamary.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  23. Oi, tudo bem?
    Já ouvi falar deste livro, esta sendo um dos lançamentos bem comentados, assim como você não estou acostumada a ler este tipo de livro, pois não é do tipo que me prende, mas como você deu cinco estrelas para ele, deve ser muito bom.

    http://leiturasdamary.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

 
Criado por: Bruna Borges || Todos os direitos reservados || Tecnologia do Blogger