Home Sobre Mim Resenhas Colunas Contato Parceiros

Resenha: Um parafuso a mais


Sinopse: A Coleção Vida em Pedaços apresenta as lembranças de infância de Fabrício Carpinejar. Nas crônicas, os acontecimentos cotidianos ganham de volta a magia perdida com a chegada da vida adulta. Através das memórias do autor, temos acesso às nossas felicidades de criança. 
Páginas: 96




 Recebi esse livro como cortesia da editora edelbra, fiquei fascinada com o título e a capa, mas quando comecei a ler percebi que o livro era bem mais que o título e a capa, ele é muito bom. Em "Um parafuso a mais", Fabrício conta alguns casos de sua infância e adolescência, ele até diz que o livro é sua biografia, mas avisa que talvez algo seja inventado, será? 


 Na primeira crônica nos deparamos com Fabrício falando de sua avó e filme, mas quando nos damos conta ele está falando sobre o amor, a mudança do assunto é rápida, mas Fabrício faz de uma forma que não se torna uma mudança brusca, ele encaixa um assunto no outro utilizando metáforas e deixa a leitura agradável.

"Eu confio, ainda confio que amar é quando o casal olha para frente. Despistando o nervosismo de suas mãos enlaçadas."

 Tem uma cronica do autor que eu achei muito bonita e ela traz uma crítica, nessa cronica o autor relembra os tempos de escola em que os alunos adoravam presentear os professores, mas faziam isso por carinho e não por qualquer outro interesse. Eu lembro que eu fazia isso, mas hoje em dia acredito que não ocorra mais isso ou é raro acontecer. Está ai a crítica do autor, atualmente o professor não recebe mais carinho de seus alunos, o salário dele não o valoriza e cada vez mais estão sendo desvalorizados pelos alunos. Essa cronica me fez refletir muito, quando eu ainda estudava (ano passado) eu via muito o desrespeito que os professores sofriam, isso é algo tão triste.

"Não há gafe que não vire uma grande história depois para rir."

 Nesse livro, Fabricio nos conta várias experiencias de sua vida e faz com que a gente pare e pense em algumas coisas. O autor tem um jeito incrível de apresentar um tema que parece simples e no final fazer com que ele se transforme em algo para refletir.

"Quando criança, errar é poesia. Quando adulto, errar é malandragem."

 Ele fala sobre coisas sérias, mas com um toque de comédia que deixa tudo mais descontraído. Tem um texto em especial que me fez rir muito, mesmo o autor pedindo para que o leitor não risse. Nesse texto ele conta que não conseguia fazer cocô em locais públicos, porque morria de vergonha. Esse é um tema muito engraçado, mas é algo que muitas pessoas passam, mas por qual motivo? É ai que Fabrício lança uma crítica para que o leitor pense e repense sobre.


 A diagramação desse livro está tão bonita, esse verde é tão alegre e deixa a capa tão chamativa, a ilustração dela está linda e representa bem o título do livro, as letras e o espaçamento do texto estão ótimos, a folha é branca, o que pode afastar alguns leitores, mas tentem dar uma chance para o livro, as crônicas não são muito longas, então a leitura é bem rápida, não vai nem dar tempo de cansar os olhos por causa da cor da página (risos) O livro está todo recheado com belas ilustrações, todas elas são em preto e branco, mas possuem algum toque de verde, o que as deixa ainda mais bonitas.

"Era o orgulho ou a dor. Escolhemos o orgulho para superar a dor. O orgulho não cura a dor, mas faz esquecê-la."

 Enfim, "Um parafuso a mais" é um livro muito interessante, o autor fala sobre coisas que aconteceram com o leitor ou que podem acontecer, são coisas do cotidiano de uma pessoa normal, o que faz com que o leitor se identifique várias vezes, esse livro faz o leitor rir e pensar bastante em vários assuntos, a leitura dele é muito fluída, o trabalho da editora e do ilustrador estão tão bonito que agrada os olhos de quem está com o livro, por tudo isso eu recomendo a leitura do livro, quem gosta de crônicas irá adorar, quem não gosta também.

(livro recebido de parceria com a editora)

Deixe um comentário:

  1. Oi, tudo bem? Espero que sim! Visitei seu blog alguns dias e gostei bastante, estou seguindo e te indiquei para a TAG Sete dias da Semana, tem muito haver com seu blog, acho que vai gostar. Aqui está o link http://luadeneonblog.blogspot.com.br/2015/01/tag-sete-dias-da-semana.html

    BJOS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vanesa.
      Tudo sim e ai? Fico feliz ao ver que visita o meu blog *o* Bom, irei ver a tag lá, caso ela realmente combinar com meu blog eu respondo. Obrigada por indicar ;)

      Beijos :*

      Excluir
  2. Olá,
    Sempre estou vendo o seu blog, e adorei a sua resenha.
    Parabéns <3

    www.livrosmitologiaeromance.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Isaac *-*
      Fico muito feliz ao saber disso, espero que continue me visitando sempre oo/

      Beijos :*

      Excluir
  3. Oooi,

    A cada resenha que você posta dos livros da Edelbra eu morro de vontade de comprar. Que diagramação linda!
    Não sou fã do Capinejar, mas confesso que fiquei com vontade de ler pela digramação e pela sua resenha.
    Gosto de cronicas, voudar uma chance ao livro!


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana!
      A Edelbra arrasa nos livros, ainda não vi uma editora que capriche tanto nos livros quanto ela *o* Espero que você tenha oportunidade de ler o livro e que goste dele o/

      Beijos :*

      Excluir
  4. Olá! Que livro fofo, é bem curtinho pela quantidade de páginas, mas parece bem interessante.
    Parabéns pelo blog é muito fofo.
    http://k-secretmagic.blogspot.com.br/
    Xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Esse livro é muito bacana, ele é curtinho mas vale a pena o/

      Beijos :*

      Excluir
  5. Olá!

    O livro é muito fofo, e essa diagramação é de encher os olhos. Fiquei curiosa para conhecer mais sobre o livro e ler as crônicas, pois são um gênero que gosto muito de ler.

    Beijos!
    http://coolturenews.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bruna!
      Esse livro é muito bacana, o autor é incrível e o trabalho da editora também *o*

      Beijos :*

      Excluir
  6. Estou precisando escolher um livro de crônicas para um desafio desse ano e não fazia ideia de qual escolher! Se eu encontrar esse com um preço bom, é um forte candidato! Fora que esse quadro com o gatinho aí na foto já me ganhou! <3

    Samara - Infinitos Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Samy!
      Esse livro é muito bom, vale a pena ler ele, não sei se o preço é camarada, mas se for um pouquinho carinho ainda vale a pena, pois o trabalho da editora está incrível *o*

      Beijos :*

      Excluir
  7. Oi Lari, tudo bom?

    Já tinha visto outras resenhas desse livro e as crônicas dele são demais! Morro de vontade de conhecer a escrita do autor, mas ainda não tive a oportunidade. Achei muito linda a capa e as crônicas serem sobre a infância do autor, mesmo que supostamente alguma coisa tenha sido modificada/inventada. É adorável e acredito que a leitura seja bem agradável pelas quatro estrelas que ele recebeu!! Parabéns pela resenha!

    Beijos, Rob
    http://estantedarob.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rob!
      Estou bem e você? Esse livro é muito bacana, o autor escreve crônicas incríveis e a editora fez um trabalho maravilhoso no livro, vale muito a pena o/

      Beijos :*

      Excluir
  8. Oii, tudo bem?
    Não conhecia o livro...é sempre bom quando um livro nos surpreende positivamente...
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo e ai?
      Esse livro é muito bacana, vale a pena ;)

      Beijos :*

      Excluir
  9. Olá, moça

    Adorei a resenha. Nunca li nada do Carpinejar, mas morro de vontade de ler algo dele. Esse livro parece ótimo, adorei saber que ele traz temas sérios com um toque de comédia,e as ilustrações estão perfeitas.

    Att,
    decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Pedro!
      Esse livro é muito bacana, espero que tenha oportunidade e que goste o/

      Beijos :*

      Excluir
  10. Oi Lari!
    Tenho muuuuita curiosidade em ler um dos livros do Carpinejar! Ele escreve muito bem, e realmente essa diagramação é linda demais, parabéns para a editora? Gosto de livros de crônicas, sempre ensinam várias coisas! Adorei a resenha e os quotes!
    Beijos
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol!
      Leia um livro desse autor, gente, ele é muuuito bom *o* A diagramação dos livros dele pela edelbra estão um arraso, essa editora é simplesmente incrível o/ Enfim, espero que tenha oportunidade de ler algum livro dele o/

      Beijos :*

      Excluir
  11. Lari lindinha amei a diagramação do livro, esses contos baseados na infância de Carpinejar devem ser bem interessantes, e ainda rende alguns risos já me conquistou. Já li um livro dele e sou apaixonada pela forma direta de expressar sentimentos. Já entrando em minha lista de leitura. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Joyce!
      O Carpinejar é demais, né? Já tive oprotunidade de ler alguns livros dele e todos são tão bacanas *o* Esse não fica para trás, o trabalho da edelbra serve para deixar o livro mais maravilhoso ainda. Enfim, espero que tenha oportunidade de ler o/

      Beijos :*

      Excluir
  12. Já gostei desse livro! Você falou que há uma crônica, onde critica o fato dos alunos não darem mais carinho aos seus professores. O descaso com essa profissão tão importante é tanta que os próprios profissionais chegam à escola onde trabalham desanimados, fazendo com que a aula se torne algo bem maçante.
    O livro é bem bonito, parabéns para a editora!
    Haha! Fiquei interessada nessa crônica que fala da vergonha de fazer cocô em público. Só em saber do assunto já começo a rir, mesmo esse Fabrício dizendo que não!
    Beijos!

    http://eueminhacultura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Karina!
      Fico feliz ao ver que gostou do livro, ele é muito bacana, é cheio de críticas e essa sobre os professores me chamou muito a atenção, uma profissão tão maravilhosa que está cada vez mais sendo desvalorizada, isso é tão triste :'( A Edelbra sempre arrasa nos livros, é incrível o trabalho e cuidado dessa editora *o* Enfim, espero que tenha oportunidade de ler esse livro e rir com ele o/

      Beijos :*

      Excluir
  13. Oi, Larissa!
    Gostei do livro, ele me cativou primeiramente pela capa e diagramação, que coisa mais linda! E eu adoro crônicas, então... adorei! hehe
    Achei uma graça, e essas situações engraçadas ou não podem acontecer com a gente a qualquer momento.
    Adorei a resenha!

    Beijos
    Rayssa
    http://diariosdleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rayssa.
      Fico feliz que tenha gostado da resenha, esse livro é muito bacana, então se tiver oportunidade de ler, leia! E espero que goste bastante o/

      Beijos :*

      Excluir
  14. Gostei de o autor ter levantado em seu texto a questão do desrespeito com o professor. E quando a situação dos banheiros públicos dei muita risada AHUhauHAuhauHA, me reconheci na fala! O livro aborda uma diversidade de assuntos e parece ser bem divertido!
    Beijos
    Porão da Liesel
    Fan page

    ResponderExcluir
  15. Oie!!
    Adoro os livros do Carpinejar! Estou louca por este também... Li por enquanto Não atravesso a rua sozinho e Olhos de raposa... Menina, a parceria com a edelbra está meio parada rsrs vou entrar em contato com eles pra ver o que está acontecendo. Desde agosto não recebo nada deles!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Boa tarde novamente Lari, tudo bom?
    Eu só li um único livro dessa série do Carpinejar, eu adorei realmente toda a premissa do livro e me conquistei bastante com a escrita dele narrando passagens de sua infância, eu adoro crônicas e para falar a verdade, essa foi a primeira obra do gênero que tive oportunidade de apreciar. Outra coisa qual você citou em sua bela resenha foi quando o autor tinha uns assuntos bem sérios mas ele tinha também o seu toque de comédia e gostei muito do que ele propôs para seus leitores. A resenha está maravilhosa como sempre e pelamordedeus me dá esses post-its lindos HAUHAUAHAUAHU.

    Beijocas ♥
    Luan || Um Grande Vício Literário

    ResponderExcluir
  17. Olá! Adorei a resenha! Que capa mais linda *-*

    Beijos!

    http://albumdeleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oi Larissa. Tudo bem? Adorei a resenha. Já havia lido uma e me interessado pelo livro, mas agora lendo a sua fiquei me coçando para lê-lo. Adoro crônicas e o Fabrício faz isso lindamente, pois nos coloca para pensar sobre assuntos do cotidiano. Adoro! :D Bjoks da Gica.

    umaleitoraaquariana.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Adorei você ter dito que o autor tem um jeito incrível de apresentar um tema aparentemente simples e fazê-lo se tornar algo para refletir. Sempre quis ler algo dele, e espero ter a oportunidade de ler esse livro um dia, apesar de não ser muito chegada a crônicas. Achei o livro lindo, estou apaixonada pela ilustração do gatinho!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  20. Oi Lari, sua linda, tudo bem?
    Não conhecia o autor, mas gosto bastante do tema da infância. As coisas eram tão mais fáceis antes, as pessoas mais inocentes, mais amigas, não tínhamos a violência de hoje. Na minha escola ninguém presenteava os professores, mas os respeitávamos. A literatura, minha paixão, foi incentivada por um dos meus professores.
    Espero ter a oportunidade de ler esse livro, sucesso apra o autor.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi,
    Venho conhecendo títulos super elogiados da Edelbra aqui no seu blog. Isso me instiga a procurá-los para ler, mas tá difícil adquirir livros agora! rs
    Gostei dessa construção das crônicas, enquanto narrativas de lembranças do passado do autor. É bom saber que a narrativa dele, faz com que o leitor goste ainda mais do que lhe é apresentado!
    Adorei a resenha e o livro parece ser bom mesmo!

    Abraços
    Adriano
    GeraçãoLeitura.com || http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Oi, Lari!
    Desde que vi esse livro pela primeira vez fiquei bastante interessada. Conheço uma autora que é super fã do Carpinejar, então só por isso já fiquei curiosa pra conhecer a escrita dele. Não sou muito de crônicas, mas esse eu iria encarar numa boa, ainda mais com esses assuntos que mesclam realidade e ficção com uma pitada de humor. Adorei a proposta! E, pra completar, o livro é visualmente lindo. Amei!
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  23. Olá Larissa, não sou muito fã de cronicas, mas esse livro parece ser muito bom e vai entrar na minha listinha de desejados *--* amo livros ilustrados <3 além dele ter um pouco de humor que deixa tudo mais leve e fácil de lidar.

    Visite o blog "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  24. Oi Larissa!

    Recebi os livros de parceria e devorei-os assim que chegaram! Gostei muito das crônicas desse livro, foi um dos meus favoritos! As ilustrações estão lindas e a edição bem caprichada! Adorei sua resenha =)

    Beijinhos, De
    http://www.sacudindoaspalavras.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Lari, sou dessas que preferem páginas amareladas, mas em se tratando de livros mais infantis, as brancas raramente atrapalham, justamente pelo espaçamento do texto. Fiquei apaixonada pro essa diagramação.. Esses toques em verde deram uma leveza e um colorido. Adorei. Quanto a proposta do livro, eu curti bastante! Não sou de ler crônicas, mas acho que nao teria problemas com esse livro =)

    Beeeijinhos ;*
    Andressa - Mais que Livros

    ResponderExcluir
  26. Oie,

    não gosto de crônicas, e talvez seja por isso que eu não tenha ficado interessada no livro, apesar de amar saber que é um livro ilustrado e que fala de realidade e que critica algumas coisas. Talvez, quem sabe no futuro eu não dê uma oportunidade a ele? rs

    Beijos!

    ResponderExcluir
  27. Olá Larissa!
    Eu não conhecia o livro e me pareceu muito bom. Adorei a crítica que ele fez sobre os professores. Hoje em dia o respeito está escasso. Os professores são desvalorizados e a sociedade acha que é obrigação deles educarem as crianças e isso não é bem assim. Mas enfim. Que bom que você gostou do livro.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Olá Larissa!
    Eu não conhecia o livro e me pareceu muito bom. Adorei a crítica que ele fez sobre os professores. Hoje em dia o respeito está escasso. Os professores são desvalorizados e a sociedade acha que é obrigação deles educarem as crianças e isso não é bem assim. Mas enfim. Que bom que você gostou do livro.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Olá, adorei a resenha, não conhecia o livro, quem sabe entra para minha lista.

    ResponderExcluir

 
Criado por: Bruna Borges || Todos os direitos reservados || Tecnologia do Blogger