Home Sobre Mim Resenhas Colunas Contato Parceiros

Resenha: Um Longo Caminho Para Casa - Danielle Steel

Título: Um longo caminho para casa
Autor(a): Danielle Steel
Editora: Record
Gênero: Romance
Páginas: 366

Sinopse: Com apenas sete anos, Gabriella sabe que a culpam por algo, e por isso sua mãe irascível a submete a terríveis castigos e maus-tratos. O seu mundo, uma confusa mescla de medo, solidão e dor, dá uma virada repentina quando sua mãe a abandona em um convento.
Ali crescerá amparada pelo carinho e afeto das monjas. Mas o amor proibido despertado por um jovem sacerdote provocará outra mudança dramática em sua vida, que a obrigará a sair ao mundo real pra enfrentar duros propósitos... 


 Uma amiga tinha me indicado esse livro para ler, mas como eu tinha alguns na pilha de não lidos e não estava mais comprando livros, acabei nem dando muita atenção para a indicação,  então no dia do meu aniversário ela chegou com esse livro para mim.


 Um Longo Caminho Para Casa conta a história de Gabriella, uma garota que teve a infelicidade de ser filha de uma mulher extremamente cruel e que não a amava, desde muito pequena Gabriella sofreu na mão da sua mãe, qualquer coisa que a garota fizesse era motivo para a mãe bater nela, ou melhor, espancar ela. Toda mãe já perdeu a paciência com o filho e acabou dando umas palmadinhas, né? Mas a mãe de Gabriella perdia paciência com a filha sem a mesma ter feito nada e batia tanto na garota que quase a matava.
 Gabriella não entendia o motivo da mãe dela ser tão cruel, mas de tanto sua mãe jogar a culpa nela, Gabriella acabou acreditando que tudo o que a mãe fazia para ela era merecido. O pai de Gabriella apenas observava sua mulher espancar a filha, ele não tinha coragem para defender a garota, então um dia ele decidiu que iria embora e abandonou sua mulher e sua filha.
 A mãe de Gabriella ficou muito brava, mas acabou arrumando um namorado, esse homem parecia ser uma pessoa boa, mas a mãe de Gabriella o tinha proibido de conversar com a garota. 

"Às vezes é mais fácil do que pensamos. Acho que somos nós que complicamos  as coisas para nós mesmos. Pelo menos é o que estou começando a achar. As coisas podem ser mais fáceis, se deixarmos."

 Um dia a mãe de Gabriella mandou a garota arrumar suas malas, pois ela iria viajar com a mãe e seu novo namorado, a garota ficou toda feliz e acompanhou a mãe, mas para surpresa de Gabriella sua mãe não estava levando ela para viajar junto, sua mãe a estava levando para um convento. 
 Mas segundo sua mãe Gabriella não iria morar lá, logo ela voltaria para buscar sua filha, mas o tempo passou e nada dela voltar, então as freiras viraram a sua família e lhe deram o amor que ela nunca tinha recebido.
 Gabriella vivia feliz no convento, estava decidida a se tornar uma freira e viver para sempre ao lado das freiras que cuidaram dela, mas um padre acaba aparecendo na sua vida e faz com que Gabriella questione se realmente quer viver no convento. Com o tempo o padre e Gabriella acabam se apaixonando, mas esse amor é proibido, eles não podem ficar juntos, com isso Gabriella acaba sendo expulsa do convento, a partir dai ela precisa tentar sobreviver no mundo real, ela vai ter que ser forte.


 Confesso que a leitura desse livro foi bem arrastada, eu demorei um bom tempo para concluir a leitura, mas não pense que é porque não gostei da história, eu gostei muito, mas eu não conseguia ler o livro no meu ritmo normal, acho que é por conta das letras serem menores do que estou acostumada e os capítulos serem um pouquinho longos, as folhas são amareladinhas e a troca de capítulos é simples, mas bonita.
 A capa eu achei muito bonita e bem feita, as fontes escolhidas são lindas e as cores da capa também, a fotografia no meio da capa eu achei interessante, parece uma estrada solitária, igual o caminho que Gabriella teve que seguir e o melhor, o livro tem a capa dura.

"Era o eco da voz do mundo inteiro, que achava que os pais tinham o direito de fazer tudo o que quisessem aos filhos, por mais cruel, perigoso, inumano ou violento que fosse. Mas e se ninguém os fizesse parar? O que aconteceria então? Quem defenderia aquelas crianças? Somente os fortes e bravos."

 A leitura embora tenha sido bem devagar e quase nada fluída, foi agradável, terminei a leitura com aquele sentimento bom de ter captado umas mensagens maravilhosas que a autora passou para os leitores, mas também terminei o livro com uma revolta por conta do que Gabriella passou, era só uma menininha e sofria tanto, é horrível pensar que até hoje há crianças que são espancadas sem nem ao menos terem feito nada e o pior é que tem gente que apenas observa e não ajuda as pobres crianças. 
 Esse livro também falou sobre o suicídio, uma maneira que muitas pessoas utilizam para fugir dos problemas, ou fugir de suas responsabilidades, confesso que na parte do suicídio do personagem (não irei falar quem é para não soltar spoilers) eu fiquei muito furiosa, porque essa pessoa cometeu suicídio para fugir de uma responsabilidade, a pessoa foi egoísta pensando apenas em facilitar tudo para ela e deixando as outras pessoas para trás, mesmo que essa pessoa tivesse motivo, eu definitivamente quis entrar na história e colocar fogo no personagem. (risos)

"O ato de escrever sempre libertava alguma coisa em seu íntimo. Era como se não fosse ela prórpia escrevendo, mas um espírito que atuasse através dela. Não tinha a menor consciência de sua própria importância ao escrever. Sentia-se, pelo contrário, como se não existisse; como se fosse um vidro através do qual outro espírito viesse espreitar."

 A Gabriella é uma personagem extremamente forte, passou por tantas situações difíceis, mas nunca deixou que essas situações destruíssem a sua vida, sempre foi educada e bondosa com todos mesmo passando por situações ruins. Foi a luta quando foi preciso, enfrentou seus medos para poder ser feliz mesmo depois de tudo o que passou.
 O padre é um personagem muito educado e de bem com a vida, sempre sendo divertido com as pessoas para que assim elas se sentissem bem e sorrissem, mas assim como Gabriella ele também passou por momentos difíceis na vida.
 Há outros personagens importantes na história, como a Madre Superiora que foi quem cuidou de Gabriella e acabou se tornando como uma mãe para ela, essa mulher sempre quis o bem de Gabriella, mas quando a mesma errou ela teve que fazer o que era certo, mesmo com o coração destruído ela disse adeus para Gabriella e tentou ajudar a garota pela última vez.
 Os pais de Gabriella são pessoas horríveis que eu odiei com todas as minhas forças, a mãe dela era um monstro, como tinha coragem de espancar uma garotinha tão indefesa? Não consigo imaginar o motivo para uma mãe odiar seu próprio filho. E o pai de Gabriella era um covarde, como um pai consegue apenas olhar um filho sofrendo tanto? Como ele teve coragem de abandonar a garota com uma pessoa tão cruel? Ele seguiu sua vida e fingiu que a Gabriella nunca existiu, assim como a mãe dela fez.

“Muito cedo Gabriella compreendera o que era importante e o que não era. O amor representava tudo para ela. Sonhava com ele, e sobre ele, pensava e escrevia. O amor era o que lhe havia escapado completamente na vida”. 

 A Danielle criou uma história linda com uma personagem muito forte e que sofreu demais, quando eu estava achando que ela iria parar de sofrer, a autora vinha e trazia mais sofrimento para a vida da pobrezinha, é difícil acompanhar a história de Gabriella, você acaba ficando revoltado com o quanto ela sofre e mais ainda com as pessoas que passam pela vida dela, você se pega pensando no quanto as pessoas podem ser cruéis e baixas. Mas a Gabriella nos ensina que mesmo com todo o sofrimento que passamos, devemos seguir em frente e buscar a nossa felicidade, devemos correr atrás dos nossos sonhos e para ser realmente feliz é preciso deixar os problemas do passado no passado, devemos acertar as contas com o que nos atormenta e assim iremos ter uma vida feliz.
 Enfim, eu super recomendo esse livro, confesso que quando terminei ele e não sabia muito bem o que ele tinha me causado, não sabia nem ao menos se realmente tinha gostado, mas depois da leitura acabei passando um bom tempo pensando no livro e definitivamente eu entendi que eu amei a história e que essa história vai ser uma das que eu me lembrarei para sempre, esse livro entrou na minha lista de favoritos.

Deixe um comentário:

  1. Poxa, esse livro parece muito bom Larissa!
    A Gabriella deve ter sofrido muito nas mãos da mãe dela, espero que ela tenha conseguido ficar junto do amor da vida dela. :)
    Certas coisas acontecem na vida para provar que o verdadeiro propósito é o amor em primeiro lugar.

    http://leroujogar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jeniffer, ele é muito bom e emocionante, se tiver oportunidade de ler, leia! Acredito que você vai adorar a história oo/

      Beijos :*

      Excluir
  2. O livro parece ser bem interessante! Vou procurar pelas livrarias de minha cidade, apesar de não ser uma 'devoradora de livros' a historia me chamou muito a atenção, você fez uma ótima resenha, parabéns!!! Xau xau!

    http://bonequinha-de-luxo01.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é um livro muito bonito, mas é um tanto antigo, então pode ser que seja difícil encontrá-lo, recomendo ir em um sebo :c Mas espero que encontre para ler e que goste da história oo/ E muito obrigada pela visita <3

      Beijos :*

      Excluir
  3. Parabéns pelo post! Ficou lindo! Eu adorei e com toda certeza quero ler ele! Adorei mesmo!
    Sucesso com o blog! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Joe *-*
      Fico feliz que tenha gostado, espero que tenha oportunidade de ler e goste da história, ela é muito linda *-*
      Muito obrigada s2

      Beijos :*

      Excluir
  4. Me parece ser ótimo este livro, pena q seja antigo, deve ser difícil encontrar nas livrarias :c
    Parabéns pela resenha, muito boa!

    http://iii-threegeeks.blogspot.com.br/2015/01/os-livros-mais-vendidos-de-2014.htm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro lindo, mas como é antigo fica difícil achar nas livrarias mesmo, minha amiga teve que comprar em um sebo D: Enfim, obrigada pela visita, fico feliz que tenha gostado da resenha *-*

      Beijos :*

      Excluir
  5. Amo os livros de Danielle Steel, já li vários livros dela!!!
    Beijos
    www.bhparaomundo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse foi o primeiro livro que li da autora, mas imagino que todos os outros dela devem ser lindos *-*

      Beijos e obrigada pela visita :*

      Excluir
  6. Oiii
    Nossa, esse livro deve ser muito bom! Fiquei com muita vontade de saber mais sobre a Gabriella e tudo o que ela passou e se ela vai poder ficar com seu amor.
    Vou colocar na minha listinha.
    Parabéns pela resenha!

    Beijos
    http://www.sacudindoaspalavras.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Denise!
      Esse livro é muito bacana, espero que você tenha oportunidade de ler e que goste da história.

      Beijos :*

      Excluir
  7. Essa capa hadcover é linda. Não é meu genêro favorito, mas eu gostei tanto da sua resenha que acho que vou dar uma chance á ele, haha.
    http://hey-mygod.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jeremias *-*
      Fico feliz que tenha gostado da resenha, a capa é simplesmente maravilhosa mesmo, espero que você tenha oportunidade de ler esse livro e goste dele oo/

      Beijos :*

      Excluir
  8. Oiee ^^
    Não conhecia esse livro, mas não fiquei muito curiosa para ler não. É um pouco por você ter dito que é cansativo em algumas partes, e também porque a história não me pareceu muito interessante...
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi :)
      Esse livro é muito bacana, pena que você não se interessou :c

      Beijos :*

      Excluir
  9. Olá Larissa !
    Como está ! ?
    Espero que bem !
    Adorei está parte "Às vezes é mais fácil do que pensamos. Acho que somos nós que complicamos as coisas para nós mesmos. Pelo menos é o que estou começando a achar. As coisas podem ser mais fáceis, se deixarmos." (Retirada do post )
    Tudo é se torna fácil na vida quando queremos algo e lutamos por ele !
    Beijooos
    Eduarda Rosa
    eduardaarosaa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Eduarda.
      Estou bem e você?
      Essa parte é um quote que eu retirei do livro e é linda mesmo :)

      Beijos :*

      Excluir
  10. Gosto de ler mais nunca vi falar dese livro mais deve ser interessante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Claudia *-*
      Esse livro é um pouquinho antigo, mas ele é muito bacana mesmo, vale a pena ;)

      Obrigada pela visita, beijos :*

      Excluir
  11. Olá, Larissa;
    Esse parece ser um livro bem intrigante.
    Não é o que eu procuro normalmente para ler, mas é um daqueles que eu poderia abrir uma brecha.
    Amei sua resenha!

    Beijos
    Bárbara
    Toca dos Livros
    www.btocadoslivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bárbara *-*
      Fico feliz que tenha gostado da minha resenha, espero que você tenha oportunidade de ler esse livro, ele é bem interessante, vale a pena conhecer a história da Gabriella.

      Beijos :*

      Excluir
  12. Oei.

    Não conhecia a obra, mas por sua resenha deve ser mesmo muito bom. Gosto de livros mais sofridos, pois sempre aprendo muito e espero gostar

    Beijos
    http://www.amorliterario.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fernanda.
      Esse livro é muito bonito, é bem sofrido mesmo, mas livros sofridos sempre são os que nos passam as melhores mensagens, né?

      Beijos :*

      Excluir
  13. Oi Lari, tudo bom?

    Os livros da Danielle Steel são muito bonitos e surpreendentes. Geralmente há crianças envolvidas e muito sofrimento que modifica os personagens ao longo da história. As mensagens são lindas! Indico "Um Porto Seguro" da autora, apesar de odiar a cor da capa, a história é linda. Parabéns pela resenha!

    Beijos, Rob
    http://estantedarob.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rob, tudo e ai?
      Esse foi o primeiro livro que li da autora, mas se tiver oportunidade irei ler mais, pois gostei muito *0* Vou ver se acho o livro que você indicou, obrigada ;)

      Beijos :*

      Excluir
  14. Já ouvi falar muito dessa autora, mas nunca peguei. O livro aparenta ser mesmo muito lindo, ainda mais do lado dessa girafinha. ^_^
    Os temas abordados são interessantes, difíceis de serem abordados na literatura. Ainda bem que, mesmo sendo arrastada, vc não desistiu da leitura.
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro é lindo, vale muito a pena, mesmo se a leitura for arrastada como foi comigo :c kkk

      Beijos :*

      Excluir
  15. Oi Larissa, tudo bom? Acredita que eu tenho uma girafinha igualzinha a sua :3 ganhei de presente de uma amiga!
    Nunca li nada da Danielle, mas várias pessoas já me indicaram. Essa história parece ser bem tensa, mas eu gosto de conflitos e dramas e acho que leria numa boa!
    Adorei sua resenha, parabéns!
    Beijão
    http://www.sarahmarques.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi Lari, tudo bem?

    Ainda não conhecia este livro, mas fiquei interessada. Possui temas fortes e quase não são encontrados em uma obra, mas isto sempre me chama a atenção. Assim que tiver uma oportunidade vou ler. Fiquei aqui pensando o que será que vai acontecer, fiquei bastante curiosa.

    Beijos,
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  17. Boa tarde Lari, tudo bom?
    Quando tu me avisou da resenha eu me confundi com aquele livro do Nicholas Sparks "Uma Longa Jornada" (rs) mas no entanto o livro me parece ser bem interessante, nunca tinha ouvido falar mas eu fiquei bem instigado para me aventurar na história da Gabriela, realmente sofrer nas mãos de quem deu a luz e saber que a própria mãe não gosta dele é bem difícil na vida de um ser. A mensagem dele parece ser bem bacana e já deixei essa dica anotada aqui :) Bela resenha coisinha!

    Beijocas ♥
    Luan || Um Grande Vício Literário

    ResponderExcluir
  18. Oie,

    não conhecia o livro, e devo te confessar que se visse o livro por aí eu nem daria bola pra ele rsrs Diferentemente de você eu não gostei da capa, e quando você disse que foi bem arrastada eu desanimei mais ainda, massssssssss tem uma coisa que eu gostei, foi do fato do amor proibido, eu gosto de romances assim, mas não sei se leria u.u Apesar de ter ficado curiosa para saber se tudo ficou bem. rsrs

    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Hey ^^
    Esse livro não em nada o meu estilo de leitura, rsrsr, e apesar de você ter gostado, acho que por ser muito longo não iria arriscar a leitura :p
    www.muchdreamer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. LAri esse livro me pareceu emociante! Nunca li nada da autora, mas sempre vejo seus livros ao lado de Nora Roberts, então acredito que sejam muito bons.
    Achei as temáticas diferentes.. pena que ele é meio arrastado (odeio essas letras pequenas também), mas quando a história é boa sempre vale a pena insistir.,

    Beijiinhos ;*
    Andressa - Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  21. Não sei quem odiei mais, a mãe que espancava a filha ou o pai que ficava quieto assistindo. Que bom que a Gabriella não deixou que todas as situações ruins destruíssem a vida dela, é realmente uma personagem forte. Que bom que gostou tanto, apesar da leitura ter sido arrastada, deve ter tido mesmo a ver com o tamanho da letra.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  22. Ainda não li nada da Danielle Steel, mas sempre tive vontade! Todo mundo fala muito bem dessa história, que pelo que você disse, deve ser linda de acompanhar, com muitas mensagens importantes durante a leitura! Fiquei curiosa pra saber se esse romance proibido vai deslanchar ou se o livro foca apenas na superação da personagem e da luta dela pra encarar o mundo real.
    Tenho alguns problemas com livros que são arrastados, porque me faz perder o interesse na história, mas quem sabe.. o enredo parece bom o suficiente pra eu dar uma chance!
    PS: Amei saber que é de capa dura! Amo livros assim *-----*
    Beijos!

    ResponderExcluir
  23. Oie, tudo bom?
    Não conhecia o livro, mas parece ser um bom drama com vários elementos interessantes. Apesar da leitura arrastada, seria um livro que eu leria facilmente por causa dos assuntos que ele tem.
    Recentemente também li um livro com letras pequenas e isso influenciou no meu ritmo de leitura também.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Oi, tudo bem?
    não conhecia esse livro, mas parece ser muito bonito mesmo. Esses pais da Gabriella são monstruosos, rs, e a coitada ainda foi se apaixonar por um padre! É sofrer demais, rs
    Pena que a leitura é arrastada, isso dá um pouco de preguiça mesmo.
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Gostei. Mas devido ao tempo li somente pela metade. Resenha muito grande. Anotei o nome do livro para comprar. Interessante a parte do convento.

    ResponderExcluir
  26. Oi Larissa, tudo bem?
    Esse livro tem um enredo bem atípico, viu ? Não conhecia a abra e adorei ler sua resenha. Senti muito por Gabriela ter uma vida tão sofrida, mas infelizmente é uma realidade. Tive um certo interesse em lê-lo porém vou deixar para depois, quando estiver vago nas leituras.

    ResponderExcluir
  27. Oi Lari... tudo bem?? Uau, que resenha!! Essa parece ser o tipo de história que eu gosto... com esse certo drama psicológico e cheio de reflexões. Realmente a Gabriella deve ter sofrido demais, e nossa, deve ser realmente revoltante ver como os pais dela eram horríveis... sei exatamente como é essa sensação de querer entrar na história e matar esse tipo de personagem. Mas que bom que gostou do livro e que ele trouxe ótimas mensagens para você. Com certeza vou querer ler!!

    Beijinhos,

    Rafaella Lima

    ResponderExcluir
  28. Olá Larissa, tudo bem?

    Infelizmente este tipo de romance não me agrada. Na verdade, quase nenhum me desce. Vou ter que deixar pra próxima.

    beijos

    ResponderExcluir
  29. Lari! Eu nunca li nada da autora mesmo com muitos elogios, ainda não consegui encaixar nada dela na minhas leituras! Gostei da resenha e dos elogios! Beijos

    ResponderExcluir

 
Criado por: Bruna Borges || Todos os direitos reservados || Tecnologia do Blogger