Home Sobre Mim Resenhas Colunas Contato Parceiros

Hora do anime: Colorful (Movie)


 Hey, bookaholics! Fazia tempo que eu não trazia nenhuma dica de animes para vocês, então esses dias fui assistir um e acabei notando que já tinha assistido ele e esquecido de indicar aqui. Acho que foi porque esse anime me deixou muito surpresa e reflexiva, ele é simplesmente maravilhoso.



 Nesse anime nos deparamos com uma alma em uma estação de trem onde as almas são levadas para a morte eterna, essa alma sabe que morreu, mas não se sente triste por isso, ou seja, ela está conformada em ir para a morte eterna. No entanto, Purapura, um espírito neutro aparece para a alma e lhe dá uma nova chance para viver. 
 Essa alma volta para a terra e assume o corpo de Kobayashi Makoto, um garoto de 14 anos que acabou de tentar suicídio, ela precisa descobrir qual foi o seu maior pecado na sua vida antiga, mas ela tem um tempo para isso, caso não descubra o tempo de Makoto irá acabar e ele irá morrer de verdade e a alma irá voltar para a estação de trem das almas.
 A alma não possui nenhuma memória de sua antiga vida, Purapura está por perto para auxiliar, mas não pode e nem vai lhe contar o que houve com a alma na sua vida passada, isso é uma coisa que a alma precisa descobrir sozinha, além disso a alma precisa tentar entender o que levou Makoto a cometer suicídio.
 Então a alma se vê vivendo a vida de outra pessoa, como a vida não é dela, ela pouco se importa se está magoando alguém, ela nem ao menos se importa com a família de Makoto, a mãe do garoto está muito feliz por ele ter sobrevivido, embora o mesmo esteja diferente e a alma apenas ignora a mãe.
 Mas então ela começa a ver que viver é algo muito bom, que há pessoas boas no mundo, que essas pessoas comentem erros, mas não é por isso que deixaram de ser boas, errar é algo normal que todo mundo irá fazer algum dia.
 Com isso a alma aprende a dar valor à vida e acostuma a viver como o garoto, ela agora precisa entender o que aconteceu com Makoto e onde foi que ela errou na vida passada, caso contrário irá perder a chance de viver novamente.


 Esse anime é muito bonito, ele traz uma mensagem tão linda de vida, nos faz pensar em tantas coisas, é uma história sobre como as pessoas podem perder a vontade de viver e a esperança, mas que mesmo errando nós podemos receber uma segunda chance.
 Em momento algum sabemos se a alma é mulher ou homem, ela não é identificada, durante a história eu ficava me perguntando o que a alma tinha feito e às vezes ficava com muita raiva de algumas atitudes dela, não é porque estava vivendo a vida de outra pessoa que ela devia agir como se não se importasse, mas depois de um tempo a alma conseguiu me conquistar.
 Também passei o anime todo me perguntando o motivo de Makoto ter cometido suicídio e confesso que por um momento tive um pensamento ridículo de que ele não teve motivo algum, que era apenas um garoto egoísta que não dava valor para a vida dele, mas depois que descobri o motivo dele, eu entendi a sua atitude. Ele é um adolescente e geralmente adolescentes são tão solitários e possuem uma mente tão bagunçada que não sabem a forma correta de agir, então optam pelo suicídio, por essa razão o papel da família é importante, pois se ela não for o porto seguro do adolescente, a vida dele desmorona mais fácil.
 O final desse anime me deixou muito surpresa, aconteceu algo que eu não tinha imaginado que aconteceria e me fez pensar bastante em algumas coisas, é um anime que faz a gente refletir muito.


 O Purapura é um excelente auxiliar, super divertido e ficou impossível eu não me apegar à ele, desde o começo do anime eu gostei desse garotinho de cabelo plateado e queria que ele conseguisse cumprir a missão dele que é fazer com que a alma cumpra a dela.
 A família do Makoto não é perfeita, seu irmão é um tanto carrancudo e calado, ele não conversa muito com o garoto e só pensa em estudar, em alguns momentos até parece que ele não gosta do garoto, mas isso não é verdade, em um certo momento ele prova o quanto se importa com o irmão. A mãe de Makoto cometeu vários erros, mas nunca deixou de amar sua família, ela perde o chão ao ver seu filho a tratando tão mal, mas ao mesmo tempo ela sabe que merece o comportamento dele. O pai de Makoto é um homem que vive trabalhando e não chama tanto a atenção no anime.


 Também há os amigos de Makoto, uma garota linda que a alma tenta impressionar de toda forma e uma garota não tão bonita, que usa óculos e vive atormentando Makoto, pelo menos é o que a alma pensa que ela faz, mas a verdade é que a garota só quer ser amiga dele, pois os dois são muito parecidos. E há um grande amigo que a alma faz, ele faz a alma se divertir e se torna o primeiro amigo verdadeiro que ela já fez.


 Enfim, esse anime possui uma história tão linda que fica impossível por em palavras o quanto a mesma me emocionou, ela me fez ver que para vivermos felizes temos que perdoar as pessoas, que amigo é algo muito importante e que às vezes quem a gente menos imagina vai se tornar o nosso melhor amigo. Colorful me fez ver o quanto é importante dar valor à nossa vida e que se recebermos uma segunda chance devemos aproveitá-la ao máximo. 

PS: Vocês podem assistir esse anime no site AniTube.

Deixe um comentário:

  1. Oii
    Nossa que linda a história desse anime. Fiquei curiosa, e vou com certeza procurar para assistir, mas primeiro preciso terminar Bleach. hehehe
    Obrigada pela indicação.

    Beijos
    Carolina
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carolina *-*
      Fico feliz que tenha gostado da indicação, esse anime é muito lindo e o melhor é que tem ele em filme, então é mais fácil para assistir, não precisa ficar vendo aqueles vários episódios, sabe? Enfim, espero que você assista ele e que goste o/

      Beijos :*

      Excluir
  2. Uau parece ser bem legal , não costumo assistir animes com frequência ( na verdade da pra contar nas mãos quantos assisti >.< ) , mas esse vou querer assistir , achei a historia ótima
    ( que legal que vc deixou a dica de onde assistir , não saberia onde procurar hihi )

    Bjos
    Ariane
    www.resenhasdelivros.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ariane *-*
      Esse anime é muito lindo, vale a pena ver ele, espero que você consiga ver e que goste oo/

      Beijos :*

      Excluir
  3. Oi, Larissa!
    Eu nunca costumei assistir animes, mas como acabei fazendo uma amiga que gosta disso, me estimulei a começar a ver algum. Hoje mesmo fiz isso! Achei interessante esse gênero e pretendo ver mais episódios desse anime que falei. Então acredito que agora é realmente uma boa oportunidade para eu conhecer outros animes e vou tentar assistir Colorful, pelo menos o primeiro episódio. Já estou até indo salvar o nome para não esquecer. Beijos!

    Leitores Forever

    ResponderExcluir
  4. Achei a premissa e a história lindas! Sinto falta de assistir animes e vou recomeçar por esse, com certeza! *-* Gosto muito de histórias de suicídios, pois gosto de desvendar o porquê a pessoa o cometeu! Esse anime já me ganhou pelo nome! (Me lembrou uma fanfic que eu lia, haha).

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Eu sempre acho que os japoneses são descendentes de um povo diferente de nós ocidentais. A sabedoria que eles carregam é de outro mundo, certeza!
    Eu não costumo ver animes, mas vou procurar esse, me interessou muito!!

    Beijos
    www.serleitora.com.br

    ResponderExcluir
  6. Esse ano eu quero ver mais animes e esse entrou na lista, obrigada pela indicação!
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  7. Parece bem legal. A trama é ótima, acho que vale a pena separar um tempinho para assistir. Afinal sua dica pareceu bem positiva.

    cafeecomletras.blogspot
    Com.br

    ResponderExcluir
  8. Oii, tudo bem?
    Apesar da premissa ser bem interessante, sendo anime eu deixo passar, não curto muito.
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Lari lindinha adorei a história, não costumo assistir muito anime , mas sempre anota as dicas como a sua, passar lindas mensagens de vida é lindo, falar sobre tentativa de suicídio , temas fortes, com lindas lições. Gostei muito. Anotado beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  10. Oi Lari, tudo bem?
    Eu não sou grande fã de animes.. Mas confesso que nunca parei para acompanhar nenhum, de fato. Pela forma como você falou a história parece muito interessante e eu confesso que acho os desenhos fofos <3 hahaa

    Grande beijo ♥

    Thati Machado;
    http://nemteconto.org

    ResponderExcluir
  11. Olá!

    Não conhecia este anime, mas gostei da história. É bem diferente dos lançamentos das últimas temporadas e o design dele me lembrou dos animês dos anos 90, que eu acho muito fofos.

    Vou procurar pra assistir.

    Beijos
    http://coolturenews.com.br/

    ResponderExcluir
  12. cara adoro animes, esse é bem interessante e eu nem conhecia.
    apesar de parecer ser legal os traços n me agradaram muito =/
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  13. OOi,

    Eu não sou fã de animes. Gosto dos desenhos, dos traços sabe? Mas não gosto de assistir.
    Acho que as mensagens que eles nos transmite é algo unico e muito valioso.
    Gostei de saber da mensagem desse. Realmente,as vezes quem menos esperamos nos torna nossos melhores amigos e estão do nosso lado para nos apoiar


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  14. Eu não sou muito fã de animes, então a princípio já não ficaria interessada. E sabendo que a história tem um pouco de espiritualidade, não me animo mesmo. Esse lance de almas que precisam ser levadas e acabam tendo outra chance... não é pra mim! =/
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  15. Eu não posso me considera Otaku (eu acho) Mas eu AMO animes e assim de terminar de assistir os que eu estou assistindo eu vou ver esse :D

    ResponderExcluir
  16. Não costumo assistir animes, mas amei a premissa desse! Adorei essa história da alma ganhar uma nova chance, mas não curti nem um pouco ela tender a desvalorizar a oportunidade tratando uma vida sem o devido respeito. De qualquer forma, parece mesmo passar belas lições, gostei dele tocar no tema do suicídio, pode até ajudar pessoas que estejam alimentando essa ideia a desistir dela.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  17. Oiii
    Eu não gosto muito de animes mas achei que o conteúdo desse é bem diferente, reflexivo e não apenas para entretenimento.
    Acredito que seja uma excelente maneira de transmitir mensagens aos jovens de hoje.
    Beijos
    Chrys

    ResponderExcluir
  18. Lari não sou muito fã de animes, as as vezes encontro alguns interessantes. Só que fiquei meio confusa com esse. Ok, algumas almas voltam mas como assim ele habita o corpo da pessoa sem se lembrar nada a vida antiga? Ela perde a memoria? Sei lá, achei confuso demais rs Mas acredito que ele traga uma mensagem muito bonita sobre a vida.

    Beijiinhos ;*
    Andressa - Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  19. Olá

    O enredo do filme me lembrou um pouquinho Bleach haha e é um anime que eu gosto muito, então acho que eu provavelmente posso gostar bastante deste já que não o conhecia. Ultimamente tenho assistido às animações de Satoshi Kon e tô recomendando pra todo mundo. Obrigado pela dica!

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  20. Eu gosto bastante de anime, e esse me pareceu bem interessante! A história parece meio densa, o tema por si só né? Mas mesmo assim, gosto de reflexões sobre a vida, essas mudanças, e talz, e fiquei bastante curiosa sobre o motivo de ele se suicidar! Que tenso! Vou guardar na cabeça, pra mais pra frente assistir, só acabar o que to vendo agora! =D

    ResponderExcluir
  21. Caramba, parece que esse anime é muito envolvente e emocionante. Eu ainda não assisti a esse anime e nem sei se está na minha lista de animes que quero assistir, se não estiver na lista vou colocar.
    Se der visita meu blog e se possível segue também.
    http://animeseriesforall.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

 
Criado por: Bruna Borges || Todos os direitos reservados || Tecnologia do Blogger