Home Sobre Mim Resenhas Colunas Contato Parceiros

Resenha: A Agenda - O acaso tem suas próprias regras




Sinopse: Sandra Macedo é uma alta executiva de marketing. Obstinada e competente, sua eficiência é reconhecida pelos funcionários e pela diretoria da holding onde trabalha. Exemplo de mulher bem-sucedida, Sandra vive atolada entre as obrigações profissionais e uma filha que não lhe dá muita atenção. Em meio a essa correria, fica difícil dedicar um tempo ao lado afetivo. Assim, ela acaba se envolvendo com pessoas que podem comprometer sua carreira e sua saúde emocional. A não ser que ela deixe de ser a menininha que, no fundo, continua sendo...
 Páginas: 238




 Quer um livro gostoso de ler? A Agenda é o que eu indico, comecei a ler ele e não conseguia parar mais, é viciante, sem contar que o cheiro das folhas é maravilhoso, tem cheiro de gibi.
 O livro conta a história de Sandra, uma mulher extremamente competente, mas que é solitária, ela vive sozinha e sua filha não lhe dá a minima atenção. Até que um dia Felipe aparece na vida de Sandra e os dois se relacionam tão bem que acaba nascendo um romance entre eles.
  Felipe é um estagiário na empresa em que Sandra trabalha, ele é apenas um garoto, mas tem um grande potencial e é uma pessoa notável, tanto que conquista Sandra rapidinho.
 Depois de algumas poucas páginas, conhecemos Carrano, um homem que não tem uma vida fácil, é pobre, anda com roupas rasgadas e para ganhar dinheiro lê poesias para as pessoas, vale lembrar que ele diz ser um poeta também, mas ele não aparece na vida de Sandra de imediato, no entanto sabemos que ele irá fazer parte da vida dela de alguma maneira, só não sabemos como.
 Então um dia, Sandra perde sua agenda, como lá ela marca todos os seus contatos e compromissos, ela fica desesperada, então tenta encontrá-la, mas não consegue, chega até a pedir para Felipe colocar cartazes pela rua avisando sobre o sumiço de sua agenda e prometendo recompensa a quem devolver.

"Chorava sem motivo, apesar de os ter de sobra."

 E é ai que aparece Carrano, ele encontra a agenda de Sandra e decide devolve-la, mas não devolve diretamente a Sandra. Quando ela recebe sua agenda, fica super feliz, mas a agenda está em um mal estado de conservação, então Sandra decide que não irá usar a agenda, só que ela vê que em algumas folhas onde não havia nada escrito antes, agora está com trechos de poesias, ela fica intrigada e depois de ler algumas, fica encantada, pois sente como se elas fossem escritas para ela, por alguém que a conhece muito bem.
 A partir dai, Sandra decide ir atrás de Carrano, o homem em que ela acredita ter escrito em sua agenda, quando o encontra, ele não nega nada e ela decide que irá ajudá-lo a iniciar uma carreira de poeta e dai em diante a história se desenrola e nos surpreende.
               
    "A gente só esquece o que quer." 

 A diagramação é ótima, as letras são de um tamanho agradável que permite lermos até mais tempo, sem cansar muito a vista. Quanto a capa, eu não daria nada na história por causa dela, não me chamou a atenção, eu não compraria esse livro se o visse, mas me arrependi de julgá-lo pela capa e esse foi um dos poucos livros que para mim fez valer o famoso ditado: "Não julgue um livro pela capa."
 Enfim, a história é simplesmente maravilhosa, bem diferente de tudo que já li, ela me surpreendeu muito, não foi uma daquelas histórias previsíveis e o final foi ótimo. A leitura é rápida e agradável, eu adorei esse livro e super recomendo.
        

Deixe um comentário:

  1. Oi amiguinha tudo bem, já tinha visto esse livro mas ele não faz parte da minha lista de leitura, adorei o cheiro de gibi. Depois da sua resenha fiquei com vontade de ler!
    bjkas
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani, tudo sim e você? AAAH! Esse livro me conquistou de uma forma, que olha, nenhum outro tinha conquistado, me arrependi muito de julgá-lo pela capa, como fiz :c Enfim, se tiver oportunidade, leia ele, talvez você goste, assim como eu gostei *-*'
      Beijos :*

      Excluir
  2. Olá!
    Quando este livro foi lançado eu não me interessei, agora lendo a resenha eu mudei de ideia, rs.
    Não sabia que ele seria tão gostosinho assim de ler.

    Adorei a resenha!!!

    Bjkas

    Lelê
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lelê, pensei a mesma coisa que você, mas é realmente muito gostosinho de ler, é bem calmo e relaxante <3

      Obrigada pela visita e o comentário, beijos :*

      Excluir
  3. A capa realmente não chama a atenção, e lendo a sinopse também não despertou meu interesse. Mas pela sua resenha o livro parece realmente bom!
    Beijos!
    http://www.lerimaginarviver.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não chama né? Eu não daria nada pelo livro nem pela capa, nem pela sinopse, mas ele é legal, sabe, é um livro bem interessante e tem um fim completamente imprevisível.

      Beijos :*

      Excluir

 
Criado por: Bruna Borges || Todos os direitos reservados || Tecnologia do Blogger