Home Sobre Mim Resenhas Colunas Contato Parceiros

Resenha: O menino que falava a língua dos cães


Título: O menino que falava a língua dos cães • Autora: Joanna Gruda • Editora: Bertrand Brasil • Páginas: 272 • Ano: 2018

 Quando eu vi esse livro fiquei muito animada, porque eu adoro cães, logo gosto de histórias com esses animais, e porque gosto de histórias sobre guerra. E quando se fala de histórias sobre guerra, já se espera algo dramático e que faça o leitor chorar muito, e como eu não costumo ler sinopses, foi isso que esperei desse livro.
 Acontece que esse livro não é dramático, ele possuí várias partes comoventes, mas nada que me fez chorar.

Resenha: A Farsa


Título: A Farsa • Autora: C. L. Taylor • Editora: Bertrand Brasil • Páginas: 393 • Ano: 2018

 Thriller psicológico não é o meu gênero literário favorito, mas vez ou outra acabo ficando curiosa com alguma obra nesse estilo e dessa vez o livro que me deixou animada foi "A Farsa" de C. L. Taylor.

Resenha: Um segredo doce e amargo


Título: Um segredo doce e amargo • Autora: Barbara Delinsky • Editora: Bertrand Brasil • Páginas: 392 • Ano: 2018

 Eu nunca li nada dessa autora, mas gosto bastante de histórias sobre amizade, por essa razão fiquei bem curiosa com esse livro. No entanto, como sempre faço, realizei a leitura sem saber praticamente nada da história.

Resenha: Os quase completos


Título: Os quase completos • Autor: Felippe Barbosa • Editora: Arqueiro • Páginas: 384 • Ano: 2018

 Logo de cara eu quis esse livro porque me apaixonei pela capa (é, sou dessas leitoras que escolhem por capa) e como sempre faço não busquei saber nada sobre o livro, pois gosto de ler às escuras. 
 Bom, esse livro não me conquistou logo nas primeiras páginas, na verdade eu me vi um pouco confusa com algumas coisas, mas com o desenrolar da história fui sendo cada vez mais cativada e conclui a leitura apaixonada por tudo.

Resenha: A mulher na janela


Título: A mulher na janela • Autor: A. J. Finn • Editora: Arqueiro • Páginas: 352 • Ano: 2018

 Eu não costumo ler livros de mistério, mas alguma coisa chamou a minha atenção nesse e, como sempre faço, eu li esse livro sem saber muita coisa sobre ele, logo eu não sabia o que iria encontrar nessas páginas e por isso não tinha nenhuma grande expectativa. Acontece que esse livro me arrebatou logo nas minhas páginas e embora tenha sido um pouco confuso em várias partes, eu gostei muito da história.

Resenha: A luz que perdemos


Título: A luz que perdemos • Autor: Jill Santopolo • Editora: Arqueiro • Páginas: 272 • Ano: 2018

 Um dos meus gêneros favoritos é o romance e quando li na capa que os fãs de "Como eu era antes de você" iriam se apaixonar por esse livro, eu fiquei muito animada para realizar a leitura. 
 "A luz que perdemos" é um romance que conseguiu me envolver facilmente, gostei muito da história, mas devo confessar que não me apaixonei pela mesma como era o esperado.

Resenha: Um dia ainda vamos rir de tudo isso


Título: Um dia ainda vamos rir de tudo isso • Autora: Ruth Manus • Editora: Sextante • Páginas: 176 • Ano: 2018

 Devo confessar que crônicas não são meu gênero favorito, mas de vez em quando não há nada melhor que ler um livro nesse estilo, principalmente se ele for tão bem escrito quanto o livro da Ruth é.

Resenha: A virtude da raiva


Título: A virtude da raiva • Autor: Arun Gandhi • Editora: Sextante • Páginas: 176 • Ano: 2018

 Acredito que a maioria das pessoas possuem alguma noção de quem foi Mahatma Gandhi e toda a importância que esse homem tem. Eu tinha noção de quem ele foi, mas queria saber mais sobre suas ideias, por isso quando vi esse livro fiquei muito animada, pois poderia conhecer um pouco mais de Gandhi através das palavras de seu neto e dos ensinamentos que ele ensinou ao mesmo.

Resenha: Sonhos em Flor


Título: Sonhos em flor • Autor: Estelle Laure • Editora: Arqueiro • Páginas: 272 • Ano: 2018

 Eu já tinha lido um livro da autora e gostado muito, mas não foi por esse motivo que escolhi esse livro para ler. Na realidade eu nem prestei muito atenção no nome da autora e como faço na maioria das vezes, eu comecei a ler esse livro sem saber quase nada da história.
 Mas logo nas primeiras páginas eu me vi completamente envolvida com o livro e nem percebi as páginas dele passando, e isso era algo que fazia tempo que não acontecia comigo.
 O livro anterior da autora é o "Essa luz tão brilhante", ele tem uma relação com o "Sonhos em Flor", pois ele narra a história de uma personagem presente no segundo livro. No entanto, são histórias que dá para ler separadas, não é uma série que possui sequência ou algo assim.

 
Criado por: Bruna Borges || Todos os direitos reservados || Tecnologia do Blogger